Potencialidades de tarefas para o cálculo de medida de áreas de superfícies de prismas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v15n1a01

Palavras-chave:

Conjunto de Tarefas, Níveis de Raciocínio, Tecnologias Digitais, Geometria Espacial

Resumo

O artigo é recorte de uma pesquisa de abordagem qualitativa que se orientou pela questão Como criar oportunidades de aprendizagem para o cálculo de medida de áreas de superfícies dos prismas com a incorporação de um conjunto de tarefas na prática docente?. Para a produção de dados, foi empregado um questionário inicial, seguido da resolução de um conjunto de tarefas pelo participantes e, posteriormente, um questionário final. Uma das principais contribuições do conjunto de tarefas foi a criação de um ambiente que estimulou o compartilhamento de ideias, a discussão e a socialização de estratégias, resultando na produção de conhecimentos geométricos. Ao longo do estudo, foi possível constatar que as tarefas baseadas em enunciados abertos potencializaram, nos estudantes, a flexibilidade de explorar diferentes procedimentos de resolução, incentivando a criatividade e a autonomia no processo de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMARAL-SCHIO, R. B. Livro didático de Ensino Médio, Geometria e a presença das tecnologias. Renote, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 1-11, 2018.

ANDRADE, L. N. Geometria espacial com GeoGebra. Revista do Professor de Matemática, Rio de Janeiro, n. 87, p. 36-41, 2015.

BATISTA, B. Técnicas de recolha de dados em investigação: Inquirir por questionário e/ou inquirir por entrevista. In: SÁ, P.; COSTA, A. P.; MOREIRA, A. (Coord.). Reflexões em torno de Metodologias de Investigação: recolha de dados. Aveiro: Universidade de Aveiro, 2021, p. 13-36.

BIEMBENGUT, M. S.; HEIN, N. Modelagem matemática no ensino. 5. ed. 2. reimp. São Paulo: Contexto, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/SEB, 2018.

BUENO, S.; ALENCAR, E. S.; OVIEDO, S. Reflexões e desafios da resolução de problemas nas aulas de Matemática: um ensaio teórico. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 1, n. 1, p. 9-27, jan./abr. 2017.

COELHO, J. R. D.; GÓES, A. R. T. Geometria e Desenho Universal para Aprendizagem: uma revisão bibliográfica na Educação Matemática Inclusiva. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 5, n. 11, p. 1-26, 2021.

DOYLE, W. Academic work. Review of Educational Research, v. 53, n. 2, p. 159-199, 1983.

FERREIRA. A. F.; DRULISB. P. B. L.; SALES, A. Diferentes tipos de raciocínios na Geometria: uma revisão sistemática. Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática, Londrina, v. 15, n. 3, p. 338-353, 2022.

FONSECA, C. S.; NASCIMENTO, A. B.; BRASILEO, A. G. P. Softwares e tecnologias no ensino-aprendizagem de Matemática: uma experiência pibidiana. Anais do 6º Encontro Goiano de Educação Matemática. Goiânia, 2017, p. 138-147.

GIL, A. C.. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

HATTIE, J. Visible learning: a synthesis of over 800 meta-analyses relating to achievement. Abingdon: Routledge, 2009.

LAKATOS, E.; MARCONI, M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1992.

LOPES, L. R. P. Estado do Conhecimento da abordagem dada às disciplinas dos ramos de Análise Matemática, Álgebra e Geometria nos cursos de licenciatura em Matemática (2001-2019). 2020, 172f. Tese (Doutorado em Educação Matemática). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo.

MARINO, C. A.; MENDES, M. T. O delineamento de tarefas matemáticas à luz da pesquisa de desenvolvimento: uma oportunidade de reflexão para a prática pedagógica. Actio, Curitiba, v. 3, n. 3, p. 431-450, set./dez. 2018.

MARTINS, A. C. P.; MARQUES, G. S.; RAMOS, J. C. B. O ensino da Geometria por meio do tangram no 9º ano do Ensino Fundamental. Amapá: UNIFAP, 2015.

MINAS GERAIS. Revista Pedagógica Matemática 3º ano do Ensino Médio. Belo Horizonte: SEE, 2022.

NETO, H. D. S. M.; MORADILLO, E. F. D. O jogo no ensino e a mobilização da atenção e da emoção na apropriação do conteúdo científico: aportes da psicologia histórico-cultural. Ciência & Educação, Bauru, v. 23, n. 2, p. 523-540, 2017.

NOVAK, F. I. L.; BRANDT, C. F. A semiótica de Peirce e Saussure, contributos e limites para a teoria das representações semióticas de Raymond Duval e a análise da forma e conteúdo em Matemática. Revista Eletrônica de Educação Matemática, Florianópolis, v. 12, n. 2, p. 1-15, 2017.

PONTE, J. P.; QUARESMA, M.; BRANCO, N. (2012). Tarefas de exploração e investigação na aula de Matemática. Educação Matemática em Foco, Campina Grande, v. 1, n. 1, p. 9-29, 2012.

REID, D.; KNIPPING, C. Proof in mathematics education: research, learning and teaching. Canada: Sense Publishers, 2010.

REZENDE, A. A.; SILVA-SALSE, A. R. Utilização da aprendizagem baseada em problemas (ABP) para o desenvolvimento do pensamento crítico (PC) em Matemática: uma revisão teórica. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 5, n. 11, p. 1-21, 2021.

SANTOS, A. O.; OLIVEIRA, G. S. A prática pedagógica em Geometria nos primeiros anos do ensino fundamental: construindo significados. Revista Valore, v. 3, n. 1, p. 388-407, 2018.

SILVA, A. J. N; SANTOS, I. S.; CRUZ, I. S. O ensino de Matemática nos Anos Finais e a ludicidade: o que pensam professora e alunos? Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 4, n. 10, p. 1-19, 2020.

SILVA, N. M. R.; SANTOS, M. L.; RAMOS, A. J. Ensino de Geometria: ações do Pibid e a Teoria de Van Hiele. Anais do Encontro Internacional de Formação de Professores. 2018, p. 1-13.

VIEIRA, N. S. O. A formação Matemática do pedagogo: reflexões sobre o ensino de Geometria. 2017. 113f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática). Universidade Federal do Ceará. Fortaleza.

VILLA, L. Educação financeira no Ensino Médio: uma análise a partir da aprendizagem significativa de David Ausubel. 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática). Universidade de Passo Fundo. Passo Fundo.

Downloads

Publicado

01.01.2024

Como Citar

RÊGO, Marcelo Gonçalves; LOPES, Lailson dos Reis Pereira; MOTA, Janine Freitas. Potencialidades de tarefas para o cálculo de medida de áreas de superfícies de prismas. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 1–19, 2024. DOI: 10.26843/rencima.v15n1a01. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/rencima/article/view/4682. Acesso em: 20 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos