Matemática e Tecnologia: Políticas Públicas para Aprendizagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v14n5a18

Palavras-chave:

Matemática, Tecnologia, Aprendizagem, Políticas Públicas

Resumo

A proposta do Currículo da Cidade de São Paulo considera a formação dos estudantes, sendo protagonistas e dando ênfase às suas potencialidades e utilidade na sociedade, visando à melhoria do processo de construção de conhecimentos, considerando possibilidades metodológicas com o uso da tecnologia nesse processo de aprendizagem. O conhecimento matemático é necessário para todos os estudantes, seja por sua grande aplicação no mundo contemporâneo, seja por suas potencialidades na formação de cidadãos críticos. Para isso, a Base Nacional Comum Curricular apresenta competências especificas da área da matemática para o Ensino Fundamental, as quais tendem a corroborar sua integração crítica com as tecnologias digitais de informação e comunicação, cada vez mais presentes na vida de todos. Com isso, grande parte das informações produzidas pela humanidade está armazenada digitalmente, mostrando o quanto o mundo produtivo e o cotidiano estão sendo movidos por tecnologias digitais, situação que tende a se acentuar fortemente no futuro (BNCC, 2018).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; VALENTE, José Armando. Web Currículo: integração de mídias nas escolas com base na investigação com o estudo de fatos científicos para o fazer científico. In: RAMAL, Andréa.; SANTOS, Edméa Oliveira dos. (Orgs.). Currículos – teorias e práticas. Rio de Janeiro: LTC, 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

CERNY, Roseli Zen; BURIGO, Carla Cristina Dutra; TOSSATI, Nayara Müller. O currículo na cultura digital: impressões de autores de materiais didáticos para formação de professores. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 25, n. 59, p. 341-353, maio/ago. 2016.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. São Paulo: Editora 34, 2016.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

LÉVY, Pierre. O que é virtual? São Paulo: Editora 34, 2011.

MAIA, Dennys Leite; BARRETO, Marcilia Chagas. Tecnologias digitais na educação: uma análise das políticas públicas brasileiras. Educação, Formação & Tecnologias, v. 5, n. 1, p. 47-61, maio 2012. Disponível em: https://eft.educom.pt/index.php/eft/issue/view/11. Acesso em: 30 ago. 2021.

MORAN, José Manuel. Ensino e Aprendizagem inovadores com tecnologias. Informática na educação: teoria & prática, [s. l.], v. 3, n. 1, p. 137-144, set. 2000. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/InfEducTeoriaPratica/article/view/6474/3862. Acesso em: 6 jun. 2021.

MORAN, José Manuel; MASSETTO, Marcos Tarciso; BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediações pedagógicas. Campinas: Papirus, 2012.

PIRES, Célia Maria Carolino. Educação Matemática: conversas com professores dos anos iniciais. São Paulo: Zapt Editora, 2012

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Coordenação Pedagógica. Currículo da Cidade: Ensino Fundamental: Matemática. São Paulo: SME/COPED, 2017a.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Coordenação Pedagógica. Currículo da Cidade: Ensino Fundamental: Tecnologias para Aprendizagem. São Paulo: SME/COPED, 2017b.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Coordenação Pedagógica. Currículo da Cidade: Educação de Jovens e Adultos: Tecnologias para Aprendizagem. São Paulo: SME/COPED, 2019.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Coordenação Pedagógica. Orientações didáticas do Currículo da Cidade: Tecnologias para Aprendizagem. 2. edição. São Paulo: SME/COPED, 2019.

SOFFNER, Renato Kraide; BARBOSA, Anderson Luiz. Tecnologia educacional e o enfoque sociocomunitário. Revista de Ciências da Educação – UNISAL, Americana-SP, ano XIII, n. 25, p. 333-341, 2011.

VALENTE, José Armando. Integração do Pensamento Computacional no Currículo da Educação Básica: Diferentes estratégias usadas e questões de formação de professores e avaliação do aluno. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 14, n. 3, p. 864-897, jul./set. 2016. Programa de Pós-graduação em Educação: Currículo – PUC-SP. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/29051/20655. Acesso em 2 set. 2021.

WING, Jeannette Marie. Computational thinking. Communications of the ACM. v. 49, n. 3, p. 33- 35, mar. 2006. Disponível em: https://dl.acm.org/doi/10.1145/1118178.1118215. Acesso em: 05 de set. 2021.

WING, Jeannette Marie. Computational thinking. What and why? Carnegie-Mellon School of Computer Science Research Notebook. mar. 2011. Disponível em: https://people.cs.vt.edu/~kafura/CS6604/Papers/CT-What-And-Why.pdf. Acesso em: 01 de set. 2021.

Downloads

Publicado

06.11.2023

Como Citar

MAZZARO, Paola; SCHIMIGUEL, Juliano. Matemática e Tecnologia: Políticas Públicas para Aprendizagem. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 14, n. 5, p. 1–16, 2023. DOI: 10.26843/rencima.v14n5a18. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/rencima/article/view/4325. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>