O corpo humano na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no Ensino de Ciências: uma análise discursiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v14n2a07

Palavras-chave:

Ensino de Ciências, Currículo, Discursos Biológicos e Socioculturais

Resumo

A noção de corpo no currículo escolar, geralmente, é vista somente pelo viés biológico, porém, partimos do pressuposto de que o corpo é uma construção social e cultural. Assim, este artigo tem como objetivo analisar as abordagens sobre o corpo no Ensino de Ciências na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para problematizar as construções discursivas que se formam sobre ele e refletir acerca das subjetividades que podem ser produzidas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que utiliza o conceito foucaultiano de discurso como ferramenta teórico-metodológica para a análise documental. O corpus de análise foram os objetos de conhecimento e as habilidades na organização do 1° ao 9º ano, na área de Ciências da Natureza. Como resultado, destaca-se a predominância de discursos biológicos e, discretamente, possibilidades de abordagem do corpo sob aspectos sociais e culturais, os quais são pertinentes para os adolescentes lidarem com as problemáticas que envolvem o corpo na contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei 867/2015. Inclui, entre as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, o “Programa Escola sem Partido”, 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: Brasília, MEC/SEB, 2018.

COURTINE, Jean Jacques. Decifrar o corpo: pensar com Foucault. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Foucault e a análise do discurso em educação. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 114, p. 197-223, nov. 2001.

FONSECA, Daniel José Rocha. Análise discursiva sobre a Base Nacional Comum Curricular. 2018. 89f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Federal de Goiás. Jataí.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: a vontade de saber. 15. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2003.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: Aula Inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 2006.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 8. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 30. ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

FURLANI, Jimena. Educação sexual: possibilidades didáticas. In: LOURO, Guacira Lopes; FELIPE, Jane; GOELLNER, Silvana Vilodre. (Org.). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2007, p. 66-81.

GOELLNER, Silvana Vilodre. A produção dos corpos, dos gêneros e das sexualidades e o reconhecimento da diversidade. Cadernos de Formação RBCE, Florianópolis, v. 1, n. 2, p. 71-83, mar. 2010.

LE BRETON, David. A sociologia do corpo. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

LOURO, Guacira Lopes. O currículo e as diferenças sexuais de gênero. In: COSTA, Marisa Vorraber. (Org.). O currículo nos limiares do contemporâneo. Rio de Janeiro: DP&A, p. 85-92. 2005.

MALDONADO, Kalyane Kélem Ávila; SUDÉRIO, Fabrício Bonfim. Metodologias de intervenção pedagógica no ensino de temáticas sobre sexualidade no Ensino Médio. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 4, p. 1-24, 30 set. 2021.

MONTEIRO, Solange Aparecida de Souza; RIBEIRO, Paulo Rennes Marçal. Sexualidade e Gênero na atual BNCC: possibilidades e limites. Pesquisa em Ensino, Barreiras (BA), v. 1, p. 1-24, 2020.

MORANDO, André. O Ensino de Biologia e suas articulações com práticas médico-moralizantes direcionadas ao governamento do corpo, das sexualidades e dos gêneros. 2021. 219f. Tese (Doutorado em Educação e Ciências: Química da Vida e da Saúde) — Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa; SILVA, Tomaz Tadeu da. (Org.). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 1994. p. 1-7.

QUADRADO, Raquel Pereira; RIBEIRO, Paula Regina Costa. O corpo na escola: alguns olhares sobre o currículo. Enseñanza de las Ciências, número extra, VII Congresso, 2005, p. 1-4.

RAKOWSKI, Ítalo Kenne; OLIVEIRA, Wemerson Castro. Que corpo é esse: a temática sexualidade em uma produção animada. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 6, p. 1-25, 29 dez. 2021.

REIS, Hellen José Daiane Alves. O corpo humano é: discursos sobre o corpo em livros didáticos de ciências do Ensino Fundamental de escolas municipais de São Luís – MA. 2017. 209f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) — Universidade do Maranhão, São Luís.

SILVA, Caio Samuel Franciscati da; BRANCALEONI, Ana Paula Leivar; OLIVEIRA Rosemary Rodrigues de. Base Nacional Comum Curricular e diversidade sexual e de gênero: (des)caracterizações. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. esp. 2, p. 1588-1555, 2019.

SILVA, Elenita Pinheiro de Queiroz. Q. Quando o corpo é uma (des) construção cultural. In: AMORIM, Antônio Carlos Rodrigues et al. Ensino de Biologia: conhecimentos e valores em disputa. Niterói: Eduff, 2005, p. 141-150.

SILVA, Ricardo Desidério da. A exclusão da temática sexualidade nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental na BNCC e seus reflexos para o Ensino de Ciências. Horizontes, v. 8, n. 15, p. 98-112, 2020.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.); HALL, Stuart; WOODWARD, Kathryn. Identidade e Diferença: A perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis: Vozes, 2000, p. 73-102.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução as teorias do currículo. 3. ed. 4. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

SOARES, Emerson de Lima. As representações do corpo humano nas práticas de professoras de Ciências do Ensino Fundamental. 2017. 85f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria.

SOMMER, Luís Henrique. A ordem do discurso escolar. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 34, p. 57-67, jan./abr. 2007.

SOUZA, Nadia Geisa Silveira de. Que corpo é esse? O corpo na família, mídia, escola, saúde.... 2001. 167f. Tese (Doutorado em Bioquímica) — Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

TALAMONI, Ana Carolina Biscalquini. Corpo, ciência e educação: representações do corpo junto a jovens estudantes e seus professores. 2007. 225f. Dissertação (Mestrado em Educação para a Ciência) — Universidade Estadual Paulista. Bauru.

Downloads

Publicado

03.04.2023

Como Citar

MARONN, Tainá Griep; RIGO, Neusete Machado. O corpo humano na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no Ensino de Ciências: uma análise discursiva. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 14, n. 2, p. 1–19, 2023. DOI: 10.26843/rencima.v14n2a07. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/rencima/article/view/4075. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos