A Experimentação nos Cursos de Licenciaturas em Química na modalidade a distância

Autores

  • Fernanda Alves Ponticelli Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Andréia Modrzejewski Zucolotto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.26843/.v9i4.1298

Palavras-chave:

Educação à Distância, Projeto Pedagógico de Curso, Formação de Professores

Resumo

O presente artigo discute resultados de uma pesquisa qualitativa acerca das compreensões de experimentação encontradas nos Projetos Pedagógicos de cursos de Licenciatura em Química ofertados na modalidade a distância de Instituições de Ensino Superior localizadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste do Brasil. A investigação emerge da identificação das políticas públicas de incentivo à formação de professores na modalidade a distância e a consequente ampliação de matrículas nesse sistema. O objetivo da pesquisa foi compreender como a experimentação está inserida nos Projetos Pedagógicos desses cursos, os quais constituíram o corpus de análise. A metodologia teve por base a Análise Textual Discursiva.  Os resultados indicam que a é experimentação entendida como parte de uma estrutura curricular que tem por objetivo desenvolver habilidades manipulativas de equipamentos de laboratório e que devem ser realizadas de forma presencial nos polos de apoio presencial. Desse modo, a educação a distância por possuir características específicas e exigir a necessidade de alunos autônomos e críticos, apresenta-se como modelo em potencial para desenvolver as potencialidades da experimentação.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29.09.2018

Como Citar

PONTICELLI, Fernanda Alves; ZUCOLOTTO, Andréia Modrzejewski. A Experimentação nos Cursos de Licenciaturas em Química na modalidade a distância. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 9, n. 4, p. 21–37, 2018. DOI: 10.26843/.v9i4.1298. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/rencima/article/view/1298. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos