[1]
C. T. W. da Rosa, L. M. Darroz, e M. A. S. Trentin, “Da ação histórica à reação ao ensino remoto síncrono: percepções dos discentes de um programa de pós-graduação stricto sensu”, REnCiMa, vol. 13, nº 3, p. 1–24, maio 2022.