Visão experimental da Engenharia Eletrônica para o Ensino Médio: conquista de público e reconquista de egresso

  • Mario Elias Marinho Vieira Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Caroline Peixoto Santos Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Carla Cristiane Trauchinski Dal Col Secretaria Estadual de Educação do Paraná
  • Sergio Luiz Stevan Jr. Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Edson Luiz Salgado Silva Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Murilo Oliveira Leme Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Palavras-chave: Matemática, Física, Experimentação, Engenharia

Resumo

Este trabalho relata o desenvolvimento de um projeto que objetivou aplicar as metodologias de Teoria à Experimentação, em disciplinas de Física e Matemática do Ensino Médio relacionadas com o conteúdo programático de eletrônica e eletricidade, como estratégia de internalização dos conteúdos teóricos abordados. O projeto foi desenvolvido em um colégio estadual da periferia de Ponta Grossa/PR, e teve a duração de um ano com encontros semanais de aproximadamente 20 horas. O conhecimento desenvolvido pelos alunos participantes do projeto foi avaliado de forma processual, contínua e cumulativa, onde os principais instrumentos de avaliação foram: seminários no próprio colégio ou em eventos na universidade, relatórios dos experimentos, listas de exercícios conceituais e avaliações teóricas. Como resultados, pode-se verificar que 80% dos alunos envolvidos classificaram as práticas como essencial no aprendizado dos conteúdos e 100% deles apontaram a falta de um laboratório em seu colégio. Buscou-se treinar os alunos para que associassem as teorias abordadas nas disciplinas envolvidas com as práticas laboratoriais, buscando desenvolver raciocínio correlacionado, de modo a serem capazes de aplicar conceitos teóricos aos problemas enfrentados. Assim, desejou-se despertar o interesse destes alunos aos cursos de exatas, incentivando-os, ao final do ensino médio, a disputarem vagas dos cursos de Engenharia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRES, M. Resolver problemas de física; como enseñar? Boletín Cenamec 4: Centro Nacional para el Mejoramento de La Enseñanza de la Ciência, Caracas, Venezuela, p.89-103, 1991.

BARBOSA, J. O. Investigação do papel da experimentação na construção de conceitos em eletricidade no Ensino Médio. Caderno Catarinense de Ensino de Física, Florianópolis, v. 16, n. 1, p.105-122, 1999.

BARROS, A. A. C. B et al. Projeto Conecte - Palestras nas Escolas de Ensino Médio como Estratégias Para a Divulgação Dos Cursos De Engenharia. Anais: XXXVIII Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Fortaleza: 2010.

BROCKVELD JUNIOR, Sergio Luis et al. Projeto Tecnologia e Mobilidade: Incentivo na Engenharia Ferroviária e Metroviária. Anais do XXXIX Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Blumenau: 2011.

INEP. Censo da Educação Superior. 2011. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/educacao-superior>. Acesso em: 12 mar. 2013.

KAPPA, Magazine. Brasil precisará de 300 mil engenheiros. 2013. Ano 3, Edição 67, n.19. Disponível em: <http://www.revistakappa.com.br/edicoes/saocarlos/edicao_67/files/revista kappa.pdf>. Acesso em: 25 mar. 2013.

LOBO, Maria Beatriz de Carvalho Melo. Panorama da Evasão no Ensino Superior Brasileiro: Aspectos Gerais das Causas e Soluções, Seminários ABMES. 2011. Disponível em: <http://www.institutolobo.org.br/imagens/pdf/artigos/art_087.pdf>. Acesso em: 20 mar. 2013.

MABUCH, Setsuko Takara. Transformações geométricas: a trajetória de um conteúdo ainda não incorporado às práticas escolares nem à formação de professores. 2000. Dissertação (Mestrado) – Curso de Mestrado em Educação Matemática, Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

NASCIMENTO, P. A. M. M.; GUSSO, D. A.; MACIENTE, A. N., ARAÚJO, T. C.; da SILVA, A. P. T. Escassez de engenheiros: realmente um risco? Radar: Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, Brasília, n. 6, 2010.

PARANÁ, DCFEB - Diretrizes Curriculares de Física para a Educação Básica, Governo do Estado do Paraná, 2008.

PARANÁ, DCMEB - Diretrizes Curriculares de Matemática para a Educação Básica, Governo do Estado do Paraná, 2008.

PEDUZZI, L. O. Q.; MOREIRA, M. A.. Solução de problemas em Física: um estudo sobre o efeito de uma estratégia. Revista Brasileira de Física, São Paulo, v. 4, n. 11, p.1067- 1083, 1981.

POLYA, George. A Arte de Resolver Problemas: um novo aspecto do método matemático. 2.ed. Rio de Janeiro: Interciência, 1995.

QUINTAS, Patrícia. Procuram-se engenheiros: CIMM, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2013.

WORLD ECONOMIC FORUM, 2013 - The Human Capital Report, http://www3.weforum.org/docs/WEF_HumanCapitalReport_2013.pdf, 2013.

Publicado
2015-01-01
Como Citar
VIEIRA, M.; SANTOS, C.; DAL COL, C.; STEVAN JR., S.; SILVA, E.; LEME, M. Visão experimental da Engenharia Eletrônica para o Ensino Médio: conquista de público e reconquista de egresso. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 6, n. 2, p. 54-69, 1 jan. 2015.
Seção
Artigos Gerais