Investigações a respeito da construção de conhecimentos geométricos pelas crianças dos anos Iniciais do Ensino Fundamental

Autores

  • Débora Reis Pacheco Pntifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Célia Maria Carolino Pires Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v5i2.899

Palavras-chave:

Geometria, Investigações, Anos Iniciais

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar contribuições de investigações sobre a construção de conhecimentos geométricos pelas crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental e indicar como elas podem orientar as práticas docentes nas aulas de Matemática. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica desenvolvida com base em material já elaborado, constituído de livros e artigos científicos, a partir do qual buscamos identificar similaridades e diferenças. Explora as ideias de pesquisadores como os Van Hiele (apud CROWLEY, 1994), Parzysz (1988; 2006), Hannibal (1999) e autores brasileiros, em especial Pais (1996), Pires, Curi e Campos (2012). Como resultados, destacamos que a construção das noções geométricas inicia-se no espaço perceptivo, mas que deve haver um cuidado com as confusões entre conceitos e representações e com a redução das intervenções no espaço perceptivo às manipulações de objetos. Além disso, as pesquisas mostram que a transição dos conhecimentos físicos/perceptivos para os conhecimentos abstratos é um grande desafio no ensino da Geometria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Célia Maria Carolino Pires, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora Doutora do PEPGEM - PUC/SP

Referências

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental: Matemática. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEE, 1997.

CLEMENTS, D. et. al. Young children’s concept of shape. Journal for Research in Mathematics Education, v. 30, n. 2, p. 192-212, 1999.

CLEMENTS, D. H.; SARAMA, J. Early childhood teacher education: the case of geometry. Journal of Mathematics Teacher Education, v. 14, p. 113-148, 2011.

CROWLEY, L. M. O modelo Van Hiele de desenvolvimento do pensamento geométrico. In: LINDQUIST, M. M.; SHULTE, A. P. (Org.). Aprendendo e ensinando geometria. São Paulo: Atual, 1994. p. 1-20.

CURI, E. O currículo prescrito e avaliado pelo SAEB no que se refere ao tema relações espaciais: algumas reflexões. In: CURI, E.; VECE, J. P. (Org.). Relações espaciais: práticas educativas de professores que ensinam Matemática. São Paulo: Terracota, 2013.

CURI, E., VECE, J. P. Relações espaciais: práticas educativas de professores que ensinam Matemática. São Paulo: Terracota, 2013.

HANNIBAL, M. Young Children’s Developing Understanding of Geometric Shapes. Teaching Children mathematics, v. 5, n. 6, p. 353-357, 1999.

JAIME, A.; GUTIÉRREZ, A. Una propuesta de fundamentación para la enseñanza de la geometría: El modelo de Van Hiele. In: LLINARES S.; SÁNCHEZ, M.V.(Ed.). Teoría y Teoría y práctica en educación matemática. Sevilla: Alfar, 1990. p. 295-384. (colección "Ciencias de la Educación" n° 4).

MACIEL, A. C. O conceito de semelhança: uma proposta de ensino. 2004. 261 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

MORAES, J. M. Construção de conceitos geométricos num contexto de formação inicial de professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental. 2008. 206f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

NASCIMENTO, J. C. P.; FERNANDES, M. J. A importância da contextualização no ensino das relações espaciais nos anos iniciais do ensino fundamental. In: CURI, E.; VECE, J. P. (Org.). Relações espaciais: práticas educativas de professores que ensinam Matemática. São Paulo: Terracota, 2013.

PAIS, L. C. Intuição, experiência e teoria geométrica. Revista Zetetiké, v. 4, n. 6, p. 65- 74, jul/dez 1996.

PARZYSZ, B. “Knowing” vs “Seeing”. Problems of the Plane Representation of Space Geometry Figures.

Educational Studies in Mathematics, v. 19, n. 1, p. 79-92, 1988. Disponível em: <http://www.jstor.org/stable/3482201> Acesso em: 08 abr. 2013.

PARZYSZ, B. A geometria no ensino secundário e na formação de professores para séries iniciais: do que se trata? In: Quaderni di Ricerca in Didática, n. 17. Tradução de Coutinho e Almouloud, 2006.

PIAGET, J.; INHELDER, B. A representação do espaço na criança. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

PIRES, C. M. C. Educação Matemática: conversas com professores dos anos iniciais. São Paulo: Zapt Editora, 2012.

PIRES, C. M. C.; CURI, E.; CAMPOS, T. M. Espaço & forma: a construção de noções geométricas pelas crianças das quatro séries iniciais do Ensino Fundamental. São Paulo: PROEM, 2012

ZAMBON, A. E. C. A Geometria em Cursos de Pedagogia da Região de Presidente Prudente-SP. 2010. 186 f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente – FCT/UNESP, Presidente Prudente/SP, 2010.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

PACHECO, D. R.; PIRES, C. M. C. Investigações a respeito da construção de conhecimentos geométricos pelas crianças dos anos Iniciais do Ensino Fundamental. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 18-34, 2014. DOI: 10.26843/rencima.v5i2.899. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/899. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos