PIC/OBMEP: programa de ensino para estudantes com talento em Matemática

Autores

  • Ana Schirlo Secretaria de Educação do Estado do Paraná
  • Sani de Carvalho Rutz da Silva Universidade Tecnológica Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v5i1.547

Palavras-chave:

Ensino de Matemática, Programa de Iniciação Científica, Inclusão social

Resumo

A promoção da inclusão social é um dos principais temas de ação do governo brasileiro na atualidade. Nesse contexto, políticas educacionais têm criado projetos de inclusão e o Programa de Iniciação Científica (PIC) da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é um deles. Diante do exposto, questionam-se quais contribuições, o PIC, proporciona para seus participantes. Procurando respostas para esse questionamento, no decorrer do PIC da OBMEP 2010, realizou-se um estudo de caso com os participantes do PIC do Pólo de Ponta Grossa/Paraná. Essa pesquisa visa elencar algumas contribuições que o PIC proporciona para a aprendizagem dos estudantes que participam desse programa. Cabe clarificar que os dados foram analisados dentro da abordagem qualitativa, desvelando que o PIC é um fator positivo para a aprendizagem desses estudantes, pois promove o aperfeiçoamento dos conhecimentos matemáticos dos participantes do Pólo de Ponta Grossa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-01-01

Como Citar

SCHIRLO, A.; SILVA, S. de C. R. da. PIC/OBMEP: programa de ensino para estudantes com talento em Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 49-62, 2014. DOI: 10.26843/rencima.v5i1.547. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/547. Acesso em: 29 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos