Elaboração de material didático mediacional e suas aplicações na Formação Inicial de Professores de Ciências na modalidade a distância

Autores

  • Carlos Adriano Martins Universidade Cruzeiro do Sul
  • Silvia Renata Oliveira dos Santos Centro Universitário Claretiano
  • Carlos Fernando de Araújo Jr Universidade Cruzeiro do Sul

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v3i3.529

Palavras-chave:

Ciência-Tecnologia-Sociedade, Formação de Professores, Material didático mediacional

Resumo

Este artigo abre espaço para discussões sobre o ensino de ciências naturais do ponto de vista das TIC´s (tecnologias da informação e comunicação) e suas aplicações em ambientes virtuais de aprendizagem. Novos desafios se configuram nos modelos atuais de educação, um deles é a formação de professores de Ciências e o uso de novas tecnologias para promover sua qualificação. Para tanto, novas formas e métodos de ensino se fazem necessários. A elaboração de MDM (material didático mediacional) exige uma atenção especial em sua concepção, seja na linguagem específica para educação a distância, na abrangência, na densidade e na profundidade de conteúdo. A aplicação correta desse MDM pode contribuir para uma formação de professores de qualidade na área das ciências naturais e atingir, ao longo desta formação, a emancipação do licenciando e a difusão das relações entre as CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade), preconizadas em documentos oficiais na área da educação, como os Parâmetros Curriculares Nacionais e os Referenciais de Qualidade para Cursos a Distância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-01

Como Citar

MARTINS, C. A.; SANTOS, S. R. O. dos; ARAÚJO JR, C. F. de. Elaboração de material didático mediacional e suas aplicações na Formação Inicial de Professores de Ciências na modalidade a distância. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 663-673, 2012. DOI: 10.26843/rencima.v3i3.529. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/529. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos