Jogos e avaliação no processo ensino-aprendizagem: uma relação possível

  • Tania Cristina Silva Universidade Cruzeiro do Sul
  • Carmem Lúcia Costa Amaral Universidade Cruzeiro do Sul
Palavras-chave: Avaliação, Jogos Pedagógicos, Ensino de Ciências

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar uma experiência realizada em uma escola pública de São Paulo que utilizou a construção de jogos pelos alunos como instrumento de avaliação da aprendizagem na disciplina de Ciências. Participaram dessa experiência trinta e cinco alunos da 8a série do Ensino Fundamental II. O processo de avaliação ocorreu durante e após a construção dos jogos, pois os mesmos foram trocados e jogados entre eles. O conteúdo escolhido pelos alunos para a construção foi o olho humano e sua estrutura. Os resultados dessa experiência mostraram que a ação pedagógica por meio do desenvolvimento dos jogos contribuiu para a prática avaliativa e culminou na melhoria da aprendizagem do aluno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, P.N. Educação lúdica: prazer de estudar técnicas e jogos pedagógicos. São Paulo: Loyola. 2003.

CANTO, A, R; ZACARIAS, M. A. Utilização do jogo Super Trunfo Árvores Brasileiras como instrumento facilitador no ensino dos biomas brasileiros. Ciência e Cognição, v.14, n.1, p. 121-143, 2009.

FERNANDES, M. Métodos de Avaliação Pedagógica, 2002. Disponível em: http://portaldasnac.no.sapo.pt/mava.pdf. Acesso em: 28/09/2009.

FIORENTINI, D.; MIORIM, M. A. Uma reflexão sobre o uso de materiais concretos e jogos no ensino da matemática. Boletim da SBEM-SP, v. 4, n. 7, 1990.

LIBÂNEO, J. C. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LOPES, M. G. Jogos na Educação: criar, fazer, jogar. São Paulo:Cortez, 2000.

MACEDO. L., PETTY, A. L. S. E PASSOS, N. C. Os jogos e o lúdico na aprendizagem escolar. Porto Alegre: Artmed, 2005.

PIAGET, J. A formação do símbolo na criança. Rio de janeiro: Zahar, 1975.

RIZZI, L.; HAYDT, R.C. Atividades lúdicas na educação da criança. São Paulo: Ática, 1986.

SANT’ANNA, l. M. Por que avaliar? critérios e instrumentos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

SÃO PAULO SEE - PROPOSTA CURRICULAR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Ciências/ Coord. Maria Inês Fini. – São Paulo:SEE, 2008.

Publicado
2012-01-10
Como Citar
SILVA, T. C.; AMARAL, C. L. C. Jogos e avaliação no processo ensino-aprendizagem: uma relação possível. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 2, n. 1, p. 1-8, 10 jan. 2012.
Seção
Artigos Gerais