O recurso da tecnologia (GoAnimate) e a aprendizagem de conceitos matemáticos no Ciclo II

Autores

  • Gilberto de Almeida Meireles Patrocínio Universidade Cruzeiro do Sul
  • Ismar Frango Silveira Universidade Cruzeiro do Sul

DOI:

https://doi.org/10.26843/.v3i3.410

Palavras-chave:

Tecnologia, Histórias em Quadrinhos, Matemática

Resumo

O presente artigo tem como objetivo, fazer com que o conhecimento matemático seja construído e aprendido pelos alunos nativos digitais do 5º e 6º ano no ciclo II que apresentam defasagem no processo de aprendizagem através do recurso tecnológico GoAnimate. O GoAnimate é um software, que permite a criação de histórias em quadrinhos dinamicamente. Os professores que interagem com os nativos digitais utilizando as ferramentas da internet obtêm maiores ganhos no aprendizado e obtêm melhora na relação entre aluno, professor e disciplina1. Com base em uma pesquisa de natureza qualitativa, como proposta de aplicação, se pretende identificar o grau de eficiência do trabalho a ser realizado com o grupo de alunos indicados pelo Colégio José Honório Rodrigues (procedimento), aplicando primordialmente uma medida inicial que remeterá uma avaliação de domínio que os participantes têm dos conceitos e noções de Matemática envolvidas nas histórias em quadrinhos. Após o procedimento, será aplicada uma medida posterior, que se refere à mesma avaliação (medida inicial), efetuando assim uma análise sistemática dos resultados das avaliações antes e depois do procedimento. Para a medida inicial, serão eleitos alguns itens da Prova Brasil, juntamente com os Cadernos de Estudos de Recuperação Matemática indicados pela Secretaria da Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CALAZANS, F. Histórias em quadrinhos na escola. São Paulo: Paulus, 2004.

GOANIMATE. Disponível em: http://www.boorlix.com/goanimate-cria-os-teus-proprios- desenhos-animados/. Acesso em 18/06/2011.

PRENSKY, M. Digital Natives, Digital Immigrants. Disponível em http://www.marcprensky.com/writing/prensky%20-%20digital%20natives,%20digital%20immigrants%20-%20part1.pdf. Acesso em 13/03/2012. MOYSÉS, L. O Desafio de saber ensinar. 13ª ed. São Paulo: Papirus, 1994.

PATTO, M. A produção do fracasso escolar. Histórias de submissão e rebeldia. São Paulo: Queiroz. 1990.

REIS, L.; SILVEIRA, I.F. A apropriação do saber tecnológico dos professores da rede pública estadual de São Paulo enquanto imigrantes digitais: um estudo de caso. Disponível em http://laclo2011.seciu.edu.uy/publicacion/laclo/laclo2011_submission_93.pdf. Acessado em: 15/03/2012.

RAMOS, R. L. Por uma Educação Lúdica. In: Luckesi, C. C. (org). Ludopedagogia – Ensaio 1: Educação e Ludicidade. Salvador: UFBA/FACED/Programa de Pós-graduação em educação, 2000.

UGULINO, W. e PIMENTEL, M. Templates para Colaboração: Recomendações de Planejamentos para Dinâmicas de Grupo. Anais do XX SBIE, Florianópolis, p. 1-10. 2009. Disponível em http: //www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/viewFile/1114/1017. Acesso em 20/05/2011.

VALENTE, J. A. Diferentes usos do computador na Educação, s/d. Disponível em http://cmapspublic.ihmc.us/rid=1GGFLDMXV-1LQ3J4G- 2BJ3/ValenteDiferentesusosComputadoeducacao.pdf. Acesso em 26/06/2011.

Downloads

Publicado

2012-10-01

Como Citar

PATROCÍNIO, G. de A. M.; SILVEIRA, I. F. O recurso da tecnologia (GoAnimate) e a aprendizagem de conceitos matemáticos no Ciclo II. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 339–347, 2012. DOI: 10.26843/.v3i3.410. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/410. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)