Sentidos de currículos em Matemática captados nos memoriais de formação de docentes que lecionam na EJA da zona rural de Sobral

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v14n1a12

Palavras-chave:

Sentidos de Currículos, Educação de Jovens e Adultos, Memorial de Formação de Docentes, Ensino de Matemática

Resumo

Neste artigo, destacamos os docentes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) como produtores de currículos em Matemática, frisando a relevância da escuta de suas narrativas à construção de um ensino condizente às realidades dos estudantes. Trazemos discussões a partir dos memoriais de formação de dois docentes que lecionam Matemática na zona rural de Sobral, Ceará, analisados à luz de estudos dos campos do Currículo e da Educação Matemática na EJA. Dentre os resultados, verificamos que os professores foram convidados a lecionar na zona rural e constroem práticas pedagógicas considerando os aspectos culturais dos discentes e das localidades rurais em que lecionam. Há um sentido de currículo prescritivo que orienta suas ações e pretende homogeneizar suas práticas pedagógicas, entretanto, eles elaboram aulas de Matemática usando atividades que prezam pelas culturas e diferenças dos estudantes, construindo, assim, sentidos de currículos enquanto narrativas de identidades ligadas às realidades culturais rurais em que estão inseridos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOTINI, M. F. O currículo experienciado pelo estudante da EJA: estudo de caso no município de Cachoeira de Macacu. 2019. 112f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal Fluminense. Niterói.

BRASIL. Projeto de Lei nº 3700/2019. Confere ao Município de Sobral, no Estado do Ceará, o título de Capital Nacional da Educação. Brasília: Senado Federal, 2019.

BRASIL. Parecer nº 11, de 10 de maio de 2000. Aprova Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos.. Brasília: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Básica, 2000.

BRASIL. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Aprova a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Diário Oficial da União, 23 dez. 1996.

CALIL, A. M. G. C. A formação continuada no município de Sobral (CE). 2014. 202f. Tese (Doutorado em Psicologia da Educação). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo.

CAVALCANTE, J. Educação de Jovens e Adultos na ordem pós-democrática: desaparecimento da modalidade e invisibilidade institucional. e-Curriculum, São Paulo, v.17, n.3, p. 1123-1143, 2019.

D’AMBROSIO, U. A História da Matemática: Questões Historiográficas e Políticas e Reflexos na Educação Matemática. In: BICUDO, M. A. V. (Org.). Pesquisa em Educação Matemática: Concepções & Perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 1999, p. 97-115.

FERRO, J. I. A ação docente: desvelando o currículo na EJA. 2015. 180f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal.

FONSECA, M. C. F. R. Educação matemática de jovens e adultos: especificidades, desafios e contribuições. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

FRANCISCO, V. R.; LIMA, I. M. da S. Interpretação de gráficos estatísticos por alunos do ensino médio na Educação de Jovens e Adultos – EJA. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 147-166, 2018.

FREITAS, A. V. Educação Matemática e Educação de Jovens e Adultos: estado da arte de publicações em periódicos (2000 a 2010). 2013. 360f. Tese (Doutorado em Educação Matemática). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo.

GOODSON, I. F. Currículo, narrativa pessoal e futuro social. Tradução de Henrique Calado Carvalho. Revisão de tradução: Maria Inês Petrucci-Rosa e José Pereira de Queiroz. Campinas: Editora Unicamp, 2019.

INEP — Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Vencendo os desafios da aprendizagem nas séries iniciais: a experiência de Sobral/CE. Brasília, 2005.

LOPES, A. C.; MACEDO, E. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

OLIVEIRA, I. B. Reflexões acerca da organização curricular e das práticas pedagógicas na EJA. Educar, Curitiba, n. 29, p. 83-100, 2007.

PASSEGGI, M. C. Memoriais auto-bio-gráficos: a arte profissional de tecer uma figura pública de si. In: PASSEGGI, M. C.; BARBOSA, T. M. N. (Org.). Memórias, memoriais: pesquisa e formação docente. Natal: EDUFRN, 2008, p. 27- 42.

POOLER, M. How simple steps led to a big leap for Brazil’s schools: the city of Sobral is seen by many as a model of geeting the basics right. Financial Times. [On-line]. 2021. Disponível em: https://www.ft.com/content/426f716f-b739-4995-917c-a2eb05715a52. Acesso em: 4 abr. 2022.

PUNTEL, E.; TIBULO, V. C. Educação Financeira na educação de jovens e adultos: um olhar em pesquisas acadêmicas desenvolvidas nas últimas duas décadas. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 1-25, 2021.

RIBEIRO, W. G.; CRAVEIRO, C. B. Precisamos de uma Base Nacional Comum Curricular? Linhas Críticas, Brasília, v. 23, n. 50, p. 51- 69, 2017.

SACRISTÁN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Tradução de Ernani Ferreira da Fonseca Rosa. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SILVA, M. A. Currículo, Educação Matemática, Política e Podres Poderes. RIPEM, Brasília, v. 12, n. 1, p. 09-28, 2022.

SOUZA, E. C.; SOUZA, G. A. S.; RAMOS, M. D. P. Narrativas de professoras de escolas rurais e condições de trabalho: modos de viver e dizer. TraHs Trayectorias Humanas Trascontinentales, Limoges [França], n. 8, p. 1-16, 2020.

UNIC. Centro de Informação das Não Unidas no Brasil. [On-line]. Sobral (CE) ocupa o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Matéria publicada em 3 de janeiro de 2020. Disponível em :https://nacoesunidas.org/sobral-ce-ocupa-primeiro-lugar-no-indice-de-desenvolvimento-da-educacao-basica/. Acesso em 3 abr. 2022.

XAVIER, F. J. R. A influência de práticas pedagógicas matemáticas na EJA sobre a permanência de estudantes na zona rural de Sobral. 2019. 195f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal Fluminense. Niterói.

Downloads

Publicado

2023-01-01

Como Citar

XAVIER, F. J. R.; FREITAS, A. V. Sentidos de currículos em Matemática captados nos memoriais de formação de docentes que lecionam na EJA da zona rural de Sobral. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 1–22, 2023. DOI: 10.26843/rencima.v14n1a12. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3895. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos