Experiência com robótica na Residência Pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v14n1a20

Palavras-chave:

Educação Matemática Inventiva, Formação Inventiva de Professores, Robótica Educacional, Ensino Remoto

Resumo

O presente artigo objetiva relatar experiências, resultados de ações e apresentar uma proposta de aprendizagem diferente da vivenciada pelos estudantes em aulas convencionais. Utilizamos a robótica como dispositivo provocador da aprendizagem de conceitos geométricos, por meio, de problemas elaborados a partir da observação de um caminhão de brinquedo, carregado de sólidos geométricos que compõem o Mundo Inventivo apresentado em vídeo. Nossas ações e práticas estiveram em consonância com a Educação Matemática Inventiva (EMI) no Programa Federal de Residência Pedagógica, que foram discutidas/planejadas por meio de encontros virtuais entre preceptores, orientador e residentes. Foram produzidas propostas de aprendizagem, levando em conta o contexto dos estudantes e o raciocínio lógico, não só para a resolução de exercícios, mas também para a criação de novas situações-problemas, resultando em uma diferente abordagem do ensino da Matemática alicerçado nas concepções da EMI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, Fernando da Costa. Rede de Aprendizagem em Robótica: uma perspectiva educativa de trabalho com jovens. 2016. 366f. Tese (Doutorado em Educação) — Faculdade de Educação. Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia.

DELEUZE, Gilles. O Mistério da Ariana. 3. ed. São Luis: Passagens, 2015.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Vida e resistência: formar professores pode ser produção de subjetividade? Psicologia em Estudo, Maringá, v. 19, n. 3, p. 415-426, jul./set. 2014.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. (Org.). Formação Inventiva de Professores. Rio de Janeiro: Lamparina, 2012.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Deslocamentos na formação de professores: aprendizagem de adultos, experiência e políticas cognitivas. 2008. 224f. Tese (Doutorado em Psicologia) — Faculdade de Psicologia. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Deslocamentos na formação de professores: aprendizagem de adultos, experiência e políticas cognitivas. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011a.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Formação Inventiva de Professores e Políticas de Cognição. Informática na Educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 12, n. 2, p. 164-174, jul./dez. 2009.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Formação Inventiva de Professores. Rio de Janeiro: Lamparina, 2012.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Pesquisa–intervenção, cartografia e estágio supervisionado na formação de professores. Fractal: Revista de Psicologia, Niterói, v. 23, n. 2, p. 269-290, maio/ago. 2011.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. RODRIGUES, Heliana de Barros Conde. (Org). Escritas de si. Rio de Janeiro: Lamparina, 2019.

DIAS, Rosimeri de Oliveira; BARROS. Maria Elizabeth; RODRIGUES, Heliana Conde de Barros. A questão da formação a partir de ‘proust e os signos’ — o acaso do encontro e a necessidade do pensamento. Educação Temática Digital, Campinas, v. 20, n. 4, p. 947-962, out./dez. 2018.

KASTRUP, Virgínia. Aprendizagem, arte e invenção. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 6, n. 1, p. 17-27, jan./jun. 2001.

KASTRUP, Virgínia. A invenção de si e do mundo: uma introdução do tempo e do coletivo no estudo da cognição. Belo Horizonte: Autêntica, 2007a.

KASTRUP, Virgínia. Aprendizagem da atenção na cognição inventiva. Psicologia & Sociedade, Porto Alegre, v. 16, n. 3, p. 7-16, set./dez. 2004.

KASTRUP, Virgínia. O devir-criança e a cognição contemporânea. Psicologia Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 13, n. 3, p. 373-382, 2000.

KASTRUP, Virgínia. Políticas cognitivas na formação do professor e o problema do devir-mestre. Educação & Sociedade, Campinas, v. 26, n. 93, p. 1273-1288, set./dez. 2005.

KASTRUP, Virgínia. TEDESCO, Silvia. PASSOS, Eduardo. Políticas da cognição. Porto Alegre: Sulina, 2015a.

MATARIĆ, Maja J. Introdução à robótica. Tradução de Humberto Ferasoli Filho, José Reinaldo Silva, Silas Franco dos Reis Alves. São Paulo: Editora Unesp/Blucher, 2014.

MATURANA, Humberto.; VARELA, Francisco. A árvore do conhecimento. Tradução Jonas Pereira dos Santos. São Paulo: Editorial Psy II, 1995.

MATURANA, Humberto; VARELA, Francisco. De Máquinas e seres vivos: autopoiese — a organização do vivo. 3. ed., 2. reimp. Tradução de Juan Acuna Llorens. Porto Alegre: Artes Médicas. 2002.

PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da. (Org.). Pistas do método da cartografia: pesquisa intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2010.

SILVA, Marcos Roberto da, SOUZA JUNIOR, Arlindo José de. O uso da robótica na perspectiva da educação matemática inventiva. Educação Temática Digital, Campinas, v. 22, n. 2, p. 406-420, abr./jun. 2020a.

SILVA, Marcos Roberto da. Experiência com robótica educacional no estágio-docência: uma perspectiva inventiva para formação inicial dos professores de matemática. 2020. 252f. Tese (Doutorado em Educação) — Faculdade de Educação. Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia.

SILVA, Marcos Roberto da. SOUZA JR, Arlindo José de. Educação Matemática Inventiva: fruto de uma pesquisa com o uso de robótica no estágio-docência. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 13, 2019, Cuiabá. Anais do 13º ENEM: Educação Matemática com as Escolas da Educação Básica — interfaces entre pesquisas e sala de aula. Cuiabá: SBEM, 2019, p. 1-15.

SILVA, Marcos Roberto. SOUZA JR, Arlindo José de. Educação Matemática Inventiva: interfaces entre universidade e escola. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 11, n. 3, p. 212-224, 2020b.

Downloads

Publicado

2023-01-21

Como Citar

FREITAS, G. A.; SILVA, M. R.; SOUZA JÚNIOR, A. J. Experiência com robótica na Residência Pedagógica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 1–19, 2023. DOI: 10.26843/rencima.v14n1a20. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3853. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos