Jogo das congruências: um diálogo entre a aprendizagem de geometria e o pensamento computacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v13n5a20

Palavras-chave:

Geometria, Pensamento Computacional, Congruência de Triângulos, Jogos

Resumo

O tema ‘pensamento computacional’ vem atraindo a atenção de muitos professores e pesquisadores, no entanto, ainda existe uma lacuna de estudos que o articulem com os diferentes conteúdos abordados nas escolas. Tendo em vista esse cenário, este artigo objetiva investigar o ‘Jogo das congruências’ como uma possibilidade de diálogo entre a aprendizagem de geometria e o pensamento computacional. A pesquisa foi desenvolvida sob uma abordagem qualitativa e aplicada com oito alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental de uma escola pública localizada em Campina Grande - Paraíba. Os resultados revelaram que a turma foi capaz de desenvolver diferentes estratégias para verificar a congruência e a não congruência de triângulos e que essas estratégias apresentam conexões com as habilidades do Pensamento Computacional. Além disso, verificou-se que é possível desenvolver novos estudos sobre o Pensamento Computacional e suas associações com outros conteúdos escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso. Etnografia da prática escolar. São Paulo: Papirus, 2009.

BARR, Valerie; STEPHENSON, Chris. Bringing computational thinking to k-12: what is involved and what is the role of the computer science education community? ACM Inroads, Nova Iorque, v. 2, n. 1, p. 48–54, mar. 2011.

BETTIN, Anne Desconsi Hasselmann; LEIVAS, José Carlos Pinto; MATHIAS, Carmen Vieira. Uma conexão geométrica: imagens mentais, visualização e registros matemáticos. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Belém, v. 16, n. 36, p. 114-127, jul. 2020.

BOGDAN, Robert.; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto editora, 1994.

BRACKMANN, Christian Puhlmann. Desenvolvimento do pensamento computacional através de atividades desplugadas na educação básica. 2017. 226f. Tese (Doutorado em Informática na Educação) — Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2018.

CONCEIÇÃO, Jadson de Souza; MERLINI, Vera Lucia. Tecendo reflexões acerca da geometria e seu ensino sob a luz de um olha polivalente. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Belém, v. 14, n. 31, p. 104-116, nov. 2018.

FERNANDES, Julio Cesar Naves; SILVEIRA, Ismar Frango. Jogos digitais educacionais, práticas interdisciplinares e pensamento computacional: relações possíveis. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 10, n. 4, p. 116-136, jul. 2019.

GÓES, Luis Eduardo Silva; TEIXEIRA, Jaylson. Cidade de Primeiro Grau: um jogo digital de RPG para o ensino de função afim. Debates em Educação, Maceió, v. 10, n. 22, p. 316-334, set./dez. 2018.

GONÇALVES, Maria Teresa Serrão Sanches. Pensamento Geométrico: Geometria não euclidiana no ensino secundário. 2019. 233f. Tese (Doutorado em Didática da Matemática) — Faculdade de ciências, Universidade da Beira Interior. Covilhã.

GONÇALVES, Marly de Menezes. A importância do conhecimento geométrico aliado ao uso da Realidade Aumentada. Actas de Diseño, Buenos Aires, Argentina v. 10, p. 98-102, jul. 2010.

KALEFF, Ana Maria Martensen Roland. Vendo com as mãos, olhos e mente: recursos didáticos para laboratório e museu de educação matemática inclusiva do aluno com deficiência visual. Niterói: CEAD/UFF, 2016.

LI, Yeping. et al. Computational Thinking Is More about Thinking than Computing. Journal for STEM Education Research, Berlim, Alemanha, v. 3, p. 1-8, abr. 2020.

MICHAELSON, Greg. Teaching Programming with Computational and Informational Thinking. Journal of Pedagogic Development, Bedford, Inglaterra, v. 5, n. 1, p. 51-65, mar. 2015.

MOITA, Filomena Maria Gonçalves da Silva Cordeiro. Game on: jogos eletrônicos na escola e na vida da geração @. Campinas-SP: Alínea, 2007.

MOITA, Filomena Maria Gonçalves da Silva Cordeiro; VIANA, Lucas Henrique. Missão Polyedros: um diálogo entre a arte analógica e a digital e o ensino de geometria espacial através de atividades gamificadas. Cibertextualidades, Porto, v. 8, n. 1, p. 93-104, maio 2017.

MOTA, Janine Freitas; PINTO, Rieuse Lopes; FERREIRA, Ronaldo Dias. Visualização e pensamento geométrico na Geometria em movimento. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 188-203, jun. 2019.

MURARI, Claudemir; BARBOSA, Ruy Madsen. Um Ensaio Metodológico sobre a Congruência e não Congruência de Triângulos (parte I). Bolema, Rio Claro, v. 7, n. 8, p. 68-82, fev. 1992.

PAPERT, Seymour. Mindstorms: Children, computers, and powerful ideas. Basic Books, Inc., 1980.

RANCAN, Graziele; GIRAFFA, Lucia Maria Martins. Utilizando manipulação, visualização e tecnologia como suporte ao ensino de Geometria. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 3, n. 1, p. 15-27, jan./jun. 2012.

RUIZ-LÓPEZ, Natalia. Medios y recursos para la enseñanza de la geometría en la educación obligatoria. Didácticas Específicas, Madri, n. 3, p. 8-24, dez. 2010.

RUIZ-LÓPEZ, Natalia. Uso integrado de Moodle y GeoGebra en la enseñanza de la Geometría. Revista Contexto & Educação, Ijuí, v. 28, n. 90, p. 5-22, maio/ago.2013.

VAN DE WALLE, John A. Matemática no ensino fundamental. Porto Alegre: Artmed, 2009.

VIANA, Lucas Henrique. O Pensamento Computacional e as suas conexões com o ensino e a aprendizagem da Geometria. 2020. 238f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual da Paraíba. Campina Grande.

WING, Jeanette Marie. Computational thinking and thinking about computing. Philosophical Transactions of the Royal Society A: Mathematical, Physical and Engineering Sciences, Londres, v. 366, n. 1881, p. 3717–3725, jul. 2008.

WING, Jeanette Marie. Computational thinking. Communications of the ACM, Nova Iorque, v. 49, n. 3, p. 33-35, mar. 2006.

WINTER, Victor; LOVE, Betty; CORRITORE, Cindy. The art of the Wunderlich cube and the development of spatial abilities. International Journal of Child-Computer Interaction, Amsterdã, Holanda, v. 18, n. 1, p. 1-7, nov. 2018.

Downloads

Publicado

04.12.2022

Como Citar

VIANA, Lucas Henrique; MOITA, Filomena Maria Gonçalves da Silva Cordeiro; LUCAS, Leandro Mário. Jogo das congruências: um diálogo entre a aprendizagem de geometria e o pensamento computacional. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 13, n. 5, p. 1–24, 2022. DOI: 10.26843/rencima.v13n5a20. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/rencima/article/view/3674. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos