Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas: considerações sobre mais de uma década de Produtos Educacionais

Palavras-chave: Produto Educacional, Mestrado Profissional, Ensino de Ciências Exatas, Formação Docente

Resumo

Neste artigo são apresentadas e discutidas as produções acadêmicas dos pós-graduandos do Mestrado Profissional, obtidas como produtos educacionais (PE), constituintes do texto de suas dissertações. Estes produtos viabilizaram pesquisas na formação docente e possibilitaram práticas pedagógicas no ensino em diferentes áreas do conhecimento, em diferentes níveis de ensino, atendendo professores com uma pluralidade de formação. O estudo mostra que no Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas da Universidade do Vale do Taquari, no período 2008 a 2019, foram gerados 211 textos que constituem os produtos educacionais. Os fundamentos metodológicos utilizados nesta investigação são de natureza documental, com caráter exploratório e descritivo, e se caracteriza como um estudo de caso. A averiguação do significado do conteúdo dos materiais foi referenciada na análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa trazem importantes contribuições para fomentar discussões sobre a formação dos professores no contexto dos mestrados profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2015.

BRANDÃO, M. A.; DECCCAHE-MAIA, E.; BOMFIM, A. M. Os desafios da construção de um Mestrado Profissional: um panorama dos sete anos do Propec. Polyphonía, Goiânia, v. 24, n. 2, p. 319-337, 2013.

BRASIL, CAPES. Documento de Área - Ensino. Brasília, 2019.

CABRAL, M. M. W. A utilização da taxonomia de Bloom no processo de ensino-aprendizagem para alunos do ensino superior. Revista Calafiori, São Sebastião do Paraíso, v. 3. n. 1, p. 32-38, 2019.

CHEMIN, B. F. Manual da Univates para trabalhos acadêmicos: planejamento, elaboração e apresentação. 4. ed. Lajeado: Editora Univates, 2020.

COUTINHO, C. P. Metodologia de Investigação em Ciências Sociais e Humanas: Teoria e Prática. 2. ed. Coimbra: Almedina, 2011.

FAZENDA, I. C. A. (Org.) O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008.

FERRAZ, A. P. C. M.; BELHOT, R. V. Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos instrucionais. Gestão & Produção, São Carlos, v. 17, n. 2, p. 412-431, 2010.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa cientifica. Fortaleza: UEC, 2002.

FREIRE, G. G.; GUERRINI, D.; DUTRA, A. O Mestrado Profissional em ensino e os produtos educacionais: a pesquisa na formação docente. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 100-114, 2016.

GALHARDI, A. C.; AZEVEDO, M. M. Avaliações de aprendizagem: o uso da taxonomia de Bloom. In: WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DO CENTRO PAULA SOUZA, 8., 2013. São Paulo. Anais [...]. São Paulo: CPS, 2013. p. 237-247. Tema: Sistemas produtivos: da inovação à sustentabilidade.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA D. T (org.) Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GIL, A. C. Dados e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

KALINKE, M. A.; MATTOS, S. G.; BALBINO, R. As tecnologias digitais presentes nos produtos educacionais de matemática na Região Sul do Brasil. Revista de Investigação Tecnológica em Educação em Ciências e Matemática, Foz do Iguaçu, v. 1, p. 4-23, 2021.

LEAL, R. B. Planejamento de ensino: peculiaridades significativas. Revista Iberoamericana de Educación, Madrid, v. 37, n. 3, p. 12-25, 2005.

LEITE, P. S. C. Produtos Educacionais em Mestrados Profissionais na Área de Ensino: uma proposta de avaliação coletiva de materiais educativos. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA, 7., 2018, Corunha. Atas [...]. Espanha: Universidade da Corunha, 2018. v. 1, p. 330-339. Eixo temático: Investigação qualitativa em Educação.

MOREIRA, M. A. Metodologias de pesquisa em ensino. São Paulo: Livraria da Física, 2011.

MOREIRA, M. A. O Mestrado (Profissional) em Ensino. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 1, n. 1, p. 131-142, 2004.

MOREIRA, M. A.; NARDI, R. O Mestrado Profissional na área de Ensino de Ciências e Matemática: alguns esclarecimentos. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Tecnologia, Ponta Grossa, v. 2, n. 3, p. 1-9, 2009.

OSTERMANN, F.; REZENDE, F. Projetos de desenvolvimento e de pesquisa na área de Ensino de Ciências e Matemática: uma reflexão sobre os mestrados profissionais. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 66-80, 2009.

RIZZATTI, I. M; MENDONÇA, A. P.; MATTOS, F.; RÔÇAS, G.; SILVA, M. A. B.; CAVALCANTI, R. J. S.; OLIVEIRA, R. R. Os produtos e processos educacionais dos Programas de Pós-graduação Profissionais: proposições de um grupo de colaboradores. Actio Docência em Ciências, Curitiba, v. 5, n. 2, p. 1-17, 2020.

SHERRE, M. M. P.; NARO, A. J.; CARDOSO, C. R. O papel do tipo de verbo na concordância verbal no português brasileiro. Documentação e estudos em linguística teórica e aplicada (DELTA), São Paulo, v. 23, n. 3, p. 283-317, 2007.

SOUZA, J. S.; MORAES, E. L. S.; PAIVA, D.F.G.; CASTRO, H. G. C.; MAZZÉ, F. M. Produtos educacionais do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática da UFRN: uma análise de 2014-2019. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS - ENPEC, 13, 2021, Recife. Anais [...]. Recife: UFPE, 2021. p. 1-10.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

Publicado
2022-05-12
Como Citar
LASTE, J.; OLIVEIRA, E.; DEL PINO, J. Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas: considerações sobre mais de uma década de Produtos Educacionais. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 13, n. 3, p. 1-17, 12 maio 2022.
Seção
Artigos Gerais