A constituição do conhecimento matemático com a Investigação Matemática no Ensino Superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v13n4a30

Palavras-chave:

Filosofia da Educação Matemática, Fenomenologia, Prática de Ensino

Resumo

Este artigo enfoca a constituição do conhecimento matemático de alunos de um curso de licenciatura em matemática, que estiveram com a Investigação Matemática. Os dados foram construídos com aquilo que esses sujeitos expressaram da vivência por meio da linguagem escrita, de desenhos e de símbolos matemáticos, registrados em relatórios de aula, e com a linguagem falada, gravada e transcrita. Com a postura fenomenológica-hermenêutica, a constituição do conhecimento matemático pôde ser compreendida em duas regiões de convergências. A primeira diz dos conhecimentos matemáticos constituídos, quais sejam: função, taxa de variação, sequência numérica e progressão aritmética; e a segunda diz dos modos constituintes, os quais se revelaram movimentos iniciados com a mobilização do já sabido, avançando na direção do que poderia emergir. Esses movimentos foram se fazendo com aspectos do fazer matemático da tradição, sem ser, por ele, condicionados, mas orientados pelas escolhas dos sujeitos da vivência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, Sandra Malta. A produção do conhecimento matemático: uma abordagem gráfica para a função composta. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 3, n. 1, p. 68-82, jan. 2012.

BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. Aspectos da pesquisa qualitativa efetuada em uma abordagem fenomenológica. In: Bicudo, Maria Aparecida Viggiani. (Org.). Pesquisa qualitativa segundo a visão fenomenológica. São Paulo: Cortez, 2011, p. 29-40.

BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. Filosofia da Educação Matemática segundo uma perspectiva fenomenológica. In: BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. (Org.). Filosofia da Educação Matemática: fenomenologia, concepções, possibilidades didático-pedagógicas. São Paulo: Editora da UNESP, 2010, p. 23- 47.

DOLCE, Osvaldo; POMPEO, José Nicolau. Fundamentos de matemática elementar: geometria plana. 8. ed. São Paulo: Atual, 2005.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Mini Aurélio: o dicionário da Língua Portuguesa. 8. ed. Curitiba: Positivo, 2010.

HEIDEGGER, Martin. Ensaios de conferências. 8. Petrópoles: Vozes, 2012.

HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo. 10. ed. Petrópolis: Vozes, 2015.

MONDINI, Fabiane; MOCROSKY, Luciane Ferreira; PAULO, Rosa Monteiro. O ensino de Cálculo Diferencial e Integral I: possibilidades de investigação. Educação Matemática em Revista, v. 23, n. 59, p. 150-162, 2018.

PAULO, Rosa Monteiro; FIRME, Ingrid Cordeiro; TONÉIS, Cristiano Natal. Tecnologias digitais como possibilidade para compreender a produção de conhecimento em matemática. Revista Brasileira de Educação em Ciências e Educação Matemática, v. 3, n. 1, p. 17-39, abr. 2019.

PONTE, João Pedro; BROCARDO, Joana; OLIVEIRA, Hélia Margarida. Investigações Matemáticas na Sala de Aula. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

ROSA, Maurício; BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. Focando a constituição do conhecimento matemático que se dá no trabalho pedagógico que desenvolve atividades com tecnologias digitais. In: PAULO, Rosa Monteiro; FIRME, Ingrid Cordeiro; BATISTA, Carolina Cordeiro (Org.). Ser professor com Tecnologias: sentidos e significados. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2018, p. 13-24.

SOUZA, Jesaías da Silva. Abdução e a produção do conhecimento matemático. 2020. 111 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro.

WICHNOSKI, Paulo. Fenomenologia da Investigação Matemática na Educação Matemática. 2021. 215 f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências e Educação Matemática). Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Cascavel

WICHNOSKI, Paulo; KLÜBER, Tiago Emanuel. A (re)formulação de tarefas de Investigação Matemática. Revista Eletrônica de Educação Matemática, v.13, n.1, p.59-75, 2018.

Downloads

Publicado

2022-09-07

Como Citar

WICHNOSKI, P. A constituição do conhecimento matemático com a Investigação Matemática no Ensino Superior. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 4, p. 1-21, 2022. DOI: 10.26843/rencima.v13n4a30. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3578. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos