Temas e referenciais presentes nas dissertações do Mestrado Nacional Profissional de Ensino de Física

Palavras-chave: Referenciais Teóricos, Temas de Física, Dissertações do MNPEF

Resumo

Este trabalho investigou todas as dissertações disponíveis do Mestrado Nacional Profissional de Ensino de Física (MNPEF), dentre os anos de 2013 e 2020. O foco desta pesquisa foi identificar temas e referenciais teóricos mais utilizados nas dissertações, com o intuito de proporcionar um melhor direcionamento para a escolha de temas de Física para futuras propostas de pesquisas. Foram analisadas 1208 dissertações. Os resultados mostraram que os tópicos mais abordados foram: Física Moderna; Dinâmica; Eletromagnetismo e Cinemática, e que os referenciais teóricos mais utilizados foram: a Teoria da Aprendizagem Significativa, de David Ausubel; a Teoria Sociointeracionista, de Lev Vygotsky; e a Teoria da Aprendizagem Significativa Crítica, de Marco Antônio Moreira. A partir dos resultados foi possível identificar problemas na confecção das dissertações e tendências de temas de pesquisa, além de verificar que a produção analisada aparece como um forte aliado para a discussão de Física Moderna e Contemporânea em sala da aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANJOS. Maurício Dantas dos. Gamificação e Games no ensino de Mecânica Newtoniana: Uma proposta didática utilizando o jogo Bunny Shooter e o aplicativo Socrative. 2017. 206f. Dissertação (Mestrado em Física) — Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Pará. Universidade Federal do Pará. Belém.

AUSUBEL, David Paul. Aquisição e retenção de conhecimento: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano Edições Técnicas. Tradução ao português de Lígia Teopisto, do original The acquisition and retention of knowledge: A cognitive view, 2003.

BARROS, Marconi Frank. Os movimentos dos planetas e os modelos de universo: Uma proposta de sequência didática para o Ensino Médio. 2014. 167f. Dissertação (Mestrado em Física) — Centro de Ciências Exatas. Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória.

BONJORNO, José Roberto; et al. Física: Mecânica. 3. ed. São Paulo: FTD, 2016.

BONJORNO, José Roberto; et al. Física: Termologia • Óptica • Ondulatória. 3. ed. São Paulo: FTD, 2016.

BONJORNO, José Roberto; et al. Física: Eletromagnetismo • Física Moderna. 3. ed. São Paulo: FTD, 2016.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. CAPES. Documento de área 2013.

FANDI, Jordette Crystinne Lunz. Movimentos da Terra no Ensino Fundamental. 2018. 138f. Dissertação (Mestrado em Física) — Instituto de Física. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro.

GAMA. Aline Costalonga. O Ensino de Física na EJA: uma proposta com foco na utilização de atividades experimentais demonstrativas — um exemplo no estudo da Hidrostática. 2015. 343f. Dissertação (Mestrado em Física) — Centro de Ciências Exatas. Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória.

LIMA, Felipe Renier Maranhão. LEGO® ZOOM: Ferramenta para obtenção de dados experimentais na Física para o Ensino Fundamental. 2015. 130f. Dissertação (Mestrado em Física) – Programa de Pós-Graduação da Universidade de Brasília. Universidade de Brasília. Brasília.

MARINHO, Rodrigo Ferreira. Curso a Distância Preparatório para Olimpíadas de Física e Astronomia. 2015. 148f. Dissertação (Mestrado em Física) — Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física. Universidade Federal de Goiás. Catalão.

MNPEF — MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA. Apresentação. 2022. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/mnpef/. Acesso em: 14 abr. 2022.

MNPEF — MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA. Orientações para Dissertações e Produtos. Comunicado SBF/MNPEF 07-2018. 2018.

MNPEF — MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA. 2015. Orientações sobre o Currículo. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/mnpef/orientacoes-sobre-o-curriculo. Acesso em: 14 abr. 2022.

MNPEF — MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA. Regimento Geral em vigor do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física. 2020. Disponível em: http://www.www1.fisica.org.br/mnpef/sites/default/files/anexospagina/RegimentoMNPEF-Setembro-2020.pdf. Acesso em: 14 dez. 2021.

MOREIRA. Marco Antônio. Teorias de aprendizagem. 2. ed. São Paulo. EPU, 2011.

MOURA, Frederico Pereira. Utilização de um livro paradidático no processo de ensino e aprendizagem de conceitos de Física. 2017. 66f. Dissertação (Mestrado em Física) – Programa de Pós-graduação em Física. Universidade Federal Rural do Semiárido. Mossoró.

PAULO, Iramaia Jorge Cabral de; ALMEIDA, Rita Maria Cunha de. Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física: uma história de sucesso; um futuro. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 44, 2021.

REGO, Teresa Cristina. Vygotsky: Uma perspectiva histórico-cultural da educação. 14° ed. Petrópolis. Editora Vozes. 1995.

SCHÄFER, Eliane Dias Alvarez. Impacto do Mestrado Profissional em Ensino de Física da UFRGS na prática docente: Um estudo de caso. 2013. 318f. Tese (Doutorado em Física) — Programa de Pós-graduação em Ensino de Física. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

XAVIER, Eliúde Maia. Abordagem de tópicos de física moderna e contemporânea na escola básica por meio de processo avaliativo progressivo. 2016. 114f. Dissertação (Mestrado em Física) — Programa de Pós-graduação em Física. Universidade Federal do Semiárido. Mossoró.

Publicado
2022-05-12
Como Citar
PEREIRA, Z.; ERTHAL, J. P. Temas e referenciais presentes nas dissertações do Mestrado Nacional Profissional de Ensino de Física. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 13, n. 3, 12 maio 2022.
Seção
Artigos Gerais