A realidade aumentada na aprendizagem de Geometria Espacial e as contribuições da Sequência Fedathi

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v13n4a11

Palavras-chave:

Realidade Aumentada, GeoGebra, Geometria Espacial

Resumo

O ensino de Geometria apresenta desafios de compreensão conceitual, comprovado nas avaliações externas. Objetiva apresentar a Realidade Aumentada (RA) como estratégia pedagógica para a aprendizagem de Geometria Espacial através do software GeoGebra mediada pela Sequência Fedathi (SF). Pesquisa Exploratória de natureza Qualitativa. Os procedimentos utilizados foram a realização de encontros formativos utilizando o GeoGebra via Google Meet. Os dados apontam que a RA favorece os processos de ensino e aprendizagem de Geometria Espacial, engajando os estudantes no processo educativo. A SF contribuiu para a postura do professor nas atividades propostas na sala de aula virtual. Considerando que os jovens fazem parte da geração tecnológica, sugere-se a utilização do GeoGebra e a RA como suporte pedagógico para o professor, para o ensino de Geometria Espacial e desenvolvimento do pensamento geométrico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORBA, M. de C; SILVA, R. S. R.; GADANIDIS, G. Fases das tecnologias digitais em Educação Matemática: Sala de aula e internet em movimento. 1ª ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, abr. 2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução n. 2, de 28 de abril de 2008. Estabelecem diretrizes complementares, normas e princípios para o desenvolvimento de políticas públicas de atendimento da Educação Básica do Campo. Brasília: Diário Oficial da União, 29 abr. 2008.

BARROS, J. S. de; ANDRADE, A. N. de; NEGRÃO, F. da C.; GONÇALVES, C. B. Geometria plana com o GeoGebra: intervenção pedagógica com alunos do ensino fundamental II. Revista REnCima. São Paulo, v. 12 n. 4, set. 2021, p. 1-19.

BORGES NETO, H. Sequência Fedathi: fundamentos. 3. Edição. Curitiba: Editora CRV, 2018.

CARVALHO, D. L. de. Metodologia do ensino Matemática. 2. edição – São Paulo: Cortez, 1994.

CEARÁ. Secretaria de Educação do Estado do Ceará. Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica: resultados dos municípios. Fortaleza, 2020.

CAETANO, V. I. O uso do software GeoGebra como ferramenta que pode facilitar o processo de ensino e aprendizagem da Matemática no ensino fundamental series iniciais. 2021. 86f.Monografia (Especialização em educação matemática). Centro Universitário Barriga Verde. Orleans.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

KIRNER, C.; SISCOUTTO, R. A. Fundamentos de Realidade Virtual e Aumentada. In: REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA: CONCEITOS, PROJETO E APLICAÇÕES. IX Symposium on Virtual and Augmented Reality. Porto Alegre: SBC, 2007, p. 2-21.

LORENZATO, S. (Org.). O Laboratório de Ensino de Matemática na formação de professores. 3. ed. São Paulo: Autores Associados, 2010.

MINAYO, M. C. de L. (Org.) Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 21ª ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

MORAN, J. M. Nos novos espaços de atuação do professor com as tecnologias. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 4, n.12, p. 13-21, maio/ago. 2004.

NACARATO, A. M.; PASSOS, C. L. B. A geometria nas séries iniciais: uma análise sob a perspectiva da prática pedagógica e da formação de professores. São Carlos: EDUFSCAR, 2003.

PAIS, L. C. Ensinar e aprender Matemática. Belo Horizonte: autêntica, 2006.

SANTOS, M. J. C. A formação do professor de matemática: metodologia Sequência Fedathi (SF). Revista Lusófona de Educação. Campinas, v. 38, n.38, p. 81-96, dez. 2017.

SANTOS, M.J.C. Reaprender Frações por meio de Oficinas Pedagógicas: Desafios para a formação inicial. 2007. 134f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza.

SOUSA, F. E. E. de. A pergunta como estratégia de mediação didática no ensino de matemática por meio da Sequência Fedathi. 2015. 283f. – Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação (FACED), Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza.

TORI, R; KIRNER, C.: SISCOUTO. R. Fundamentos e Tecnologia de Realidade Virtual e Aumentada. In: VIII SYMPOSIUM ON VIRTUAL REALITY, 2006, Belém. Pré-Simpósio, p. 2-21, maio de 2006.

VALENTE, J. A. A Comunicação e a Educação baseada no uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação. Revista Unifeso, São Paulo, v.1, n. 1, p. 144-166, jan./abr. 2014.

VAN-HIELE, P. Structure and Insight. Academic Press, Orlando, v. 33, n. 65, p. 1533-1548, dez. 2019.

WIEBUSCH, E. M. Avaliação em larga escola: uma possibilidade para a melhoria da aprendizagem. IX ANPED Sul. Seminário de Pesquisa em Educação da Região sul. Caxias do Sul: A Universidade do Estado de Santa Catarina, 2012, p. 2-38.

Downloads

Publicado

2022-08-20

Como Citar

SOARES, F. R.; SANTANA, J. R.; SANTOS, M. J. C. dos. A realidade aumentada na aprendizagem de Geometria Espacial e as contribuições da Sequência Fedathi. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 4, p. 1-25, 2022. DOI: 10.26843/rencima.v13n4a11. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3537. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos