Ensino e Aprendizagem de Inequações na Escola: um estudo exploratório a partir de dissertações e teses

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v13n4a14

Palavras-chave:

Revisão Bibliográfica, Ensino-Aprendizagem, Inequação

Resumo

A presente pesquisa teve como objetivo identificar, sintetizar e analisar o que as pesquisas brasileiras de mestrado e doutorado vêm investigando sobre ensino e/ou aprendizagem de inequações e quais são as tendências de ensino e bases teóricas-metodológicas orientadoras das pesquisas. Foi realizado um levantamento bibliográfico o qual nos retornou 14 pesquisas. Para a análise, criamos eixos separados por nível de ensino e subeixos separados pelo viés investigativo das pesquisas. Sínteses descritivas e integrativas das pesquisas foram feitas, analisando a tendência de ensino e as abordagens teórico-metodológicas utilizadas. Os resultados apontam que duas pesquisas têm como foco o ensino, três, a aprendizagem e nove, o ensino-aprendizagem. Referente às tendências de ensino, cinco seguem a construtivista, três, a empírico-ativista, duas, a formalista clássica e tecnicista e uma, a formalista clássica. Quanto às abordagens teórico-metodológicas, destacam-se o uso dos Campos Conceituais, a Engenharia didática e a Teoria dos Registros de Representação Semiótica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-08-29

Como Citar

TRAVASSOS, W. B.; PROENÇA, M. C. de. Ensino e Aprendizagem de Inequações na Escola: um estudo exploratório a partir de dissertações e teses. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 4, p. 1–21, 2022. DOI: 10.26843/rencima.v13n4a14. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3528. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos