A Janela Azul: uma releitura poética da astronomia como ferramenta para a divulgação científica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v13n4a22

Palavras-chave:

Divulgação Científica, Astronomia, Poesia, Público Infantojuvenil

Resumo

Ciência e poesia talvez sejam as mais belas linguagens usadas para representar a natureza. Com base nesse preposto, o presente artigo relata as experiências vivenciadas no projeto de divulgação científica “A Janela Azul”, que, usando a linguagem poética, se propôs a falar de temas da astronomia para o público infantojuvenil. A poesia e o desenho foram escolhidos como formas de promover e aprimorar o encantamento gerado por esses temas. Para tanto, foram criados textos poéticos ilustrados, dando origem a um livro digital, apresentado ao público infantojuvenil em oficinas de divulgação científica, juntamente a outras estratégias lúdicas. As interpretações foram feitas a partir dos desenhos produzidos pelos participantes, bem como de suas declarações espontâneas ao longo das oficinas. O público sinalizou percepções positivas a respeito do conteúdo, indicando que a linguagem poética e artística, aliada à ludicidade, resulta em um eficiente meio para introduzir crianças e adolescentes no mundo científico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVAIDE, N.; PUGLIESE, A. Clube da Lua: o clube de astronomia de crianças dos anos iniciais do ensino fundamental. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 1, n. 6, p. 209-231, out./dez. 2020.

ANDRADE, J. P. Z. O papel da Ilustração no livro-ilustrado: Uma discussão sobre autonomia da imagem. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE LETRAS E LINGUÍSTICAS, 2013, Uberlândia. Anais do SILEL, Uberlândia: Instituto de Letras e Linguísticas da Universidade Federal de Uberlândia e EDUFU, 2013, p. 4-8.

ANDRADE, M. M. de. Como preparar trabalhos para cursos de pós-graduação: noções práticas. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

BISCH, S. M. Introdução à astronomia. Vitória: Liceu, 2012, p. 6-112.

BRETONES, P. S. O que é astronomia? Encontros regionais de ensino de astronomia, 2013. Disponível em: http://www.erea.ufscar.br/?q=noticia/o-que-%C3%A9-astronomia. Acesso em: 19, maio. 2022.

CANDOTTI, E. Ciência na educação popular. In: MASSARANI, L., MOREIRA, I. C., e BRITO, F (Orgs). Ciência e público: caminhos da divulgação científica no Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Ciência - UFRJ, 2002, p. 15-230.

CHIZZOTTI, A. A pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais: evolução e desafios. Revista portuguesa de educação, Braga, v.16, n. 2, p. 221-236, jul./dez. 2003.

COSTA JÚNIOR, E.; FERNANDES, B. S.; LIMA, G. S.; SIQUEIRA, A. J.; PAIVA, N. M.; SANTOS, M. G.; TAVARES, J. P.; SOUZA, T. V.; GOMES, T. M. F. Divulgação e ensino de Astronomia e Física por meio de abordagens informais. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 1-7, out./dez. 2018.

DAMINELI, A.; STEINER, J. (Org.). O Fascínio do Universo. 1. ed. São Paulo: Odysseus Editora, 2010, p. 93-110.

ELLWANGER, M. O ensino da arte na educação infantil: reflexões sobre estética. 2011. 51f. Monografia (Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Estética: Perspectivas Contemporâneas) — Universidade do Extremo Sul Catarinense/ UNESC. Criciúma/SC.

FLECK, L. Gênese e desenvolvimento de um fato científico. 1. ed. Belo Horizonte, MG: Fabrefactum, 2010.

FIGUEIREDO, R. B. O.; BRUGGE, U. L. A importância do ensino de Astronomia: Um estudo de caso em escolas do Alto do Rodrigues/RN. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 2017, Campina Grande. Anais do IV CONEDU. Campina Grande: Instituto Federal da Paraíba, 2017, p. 2-11.

FIOLHAIS, C. Imaginação, ciência e arte. Estudo Geral — Repositório Científico da UC, 2008.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GALVÃO, C. Ciência na literatura e literatura na ciência. Revista Interacções. Lisboa, v. 2, n. 3, p. 32-51, jul. 2006.

GIRARDELLO, G. Imaginação: arte e ciência na infância. Revista Pro-posições, Campinas, v. 22, n. 2, 2011, abril/jun. p. 75-92.

GREENE, M. Releasing the imagination: essays on education, the arts and social change. San Francisco: Jossey-Bass, 1995. p. 221.

LORDÊLO, F. S.; PORTO, C. M. Divulgação científica e cultura científica: Conceito e aplicabilidade. Revista Ciência em Extensão, São Paulo v.8, n.1, p. 29-34, jan./mar. 2012.

MARANDINO, M.; ISZLAJI, C.; CONTIER, D. A divulgação da ciência por meio da mídia: Análise textual de websites. In: XIV REUNIÃO BIENAL DA REDE DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE, 2015, Medellín. Anais da XIV reunião da RedPOP: Arte, ciência e tecnologia: novas formas de aprender. Medellín: REDPOP/UNESCO.

MASSARANI, L.; DIAS, E. M. S. (Orgs.). José Reis: reflexões sobre a divulgação científica. Rio de Janeiro: Fiocruz/ COC, 2018. p.

MANZOLI, F.; CASTELFRANCHI, Y.; GOUTHIER, D.; CANNATA, I. O cientista é um bruxo? Talvez não: ciência e cientistas no olhar das crianças. In: REIS, B.; BUYS, B.; KAMEL, C.; BUENA, J.; ROCQUE, L. L.; RAMALHO, M.; BONATTO, P.; COLONESE, P. (Orgs.). Ciência e criança: a divulgação científica para o público infantojuvenil. Rio de Janeiro: Fiocruz/COC, 2008, p. 14-19.

MELO, R. A.; NUNES, A. J. P.; LIMA, F. R. A poesia e o Ensino de Ciências Naturais em escolas do campo: fronteiras entre a criatividade e o desenvolvimento de estratégia metodológicas. Revista Insignare Scientia, Cerro Largo, v. 3, n. 4, 2020.

MENEZES, V. M.; GOMES, E. F.; PIASSI, L. P. C. Refletindo sobre Ciências e astronomia através do rock em um projeto de divulgação científica na escola. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 293-308, jan./mar. 2020.

NEVES, R.; MASSARANI, L. A divulgação científica para o público infanto-juvenil: um balanço do evento. In: REIS, B.; BUYS, B.; KAMEL, C.; BUENA, J.; ROCQUE, L. L.; RAMALHO, M.; BONATTO, P.; COLONESE, P. (Orgs.). Ciência e criança: a divulgação científica para o público infantojuvenil. Rio de Janeiro: Fiocruz/COC, 2008, p. 7-13.

OLIVEIRA, M. P. Divulgação Científica para o público infantil: um instrumento de inclusão social e fortalecimento da cultura científica. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS. 2015, Águas de Lindóia. Anais do X ENPEC. Águas de Lindóia: ABRAPEC, 2015, p. 2-8.

PORTO, C. M. (Org.). Difusão e Cultura Científica: Alguns recortes. Salvador: EDUFBA, 2009.

PIETROCOLA, M. Curiosidade e imaginação: os caminhos do conhecimento nas ciências, nas artes e no ensino. In: CARVALHO, A. M. P. (Org.). Ensino de Ciências: unindo a pesquisa e a prática. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, p. 119-133, 2004.

ROCHA, M.; MASSARANI, L. Divulgação científica na internet: um estudo de caso de comentários feitos por leitores em textos da Ciência Hoje das Crianças Online. Alexandria: Revista de Educação em ciência e Tecnologia, Florianópolis/SC, v. 9, n. 1, p. 207-233. maio/nov, 2016.

RIBEIRO, R. A.; KAWAMURA, M. R. D. Divulgação científica para o público infantil: potencialidades da revista Ciência Hoje das Crianças. In: XIX SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA, 2011, Manaus/AM. Anais do XIX SNEF. Manaus: Sociedade Brasileira de Física, 2011.

SAMPAIO, C. M.; PIASSI, L. P. Astronomia e poesia: os dois focos da elipse. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA, II., 2012, São Paulo. Anais do II SNEA. São Paulo, 2012, p. 139-147.

SILVA, D. F. Ludicidade no processo de aprendizagem: uma análise sob a visão dos educadores. 2016. 31f. TCC (Bacharelado de Psicopedagogia) — Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa.

SMAGARS, N. F. O Gênero poesia como recurso didático ao ensino da leitura. In: Os desafios da escola pública Paranaense na perspectiva do professor PDE: Produções Didático - Pedagógicas Artigos - Cadernos PDE. Ponta Grossa: 2014, p. 1-39.

STUDART, D. C. Conhecendo a experiência museal das crianças por meio de desenhos. In: REIS, B.; BUYS, B.; KAMEL, C.; BUENA, J.; ROCQUE, L. L.; RAMALHO, M.; BONATTO, P.; COLONESE, P. (Orgs.). Ciência e criança: a divulgação científica para o público infanto-juvenil. Rio de Janeiro: Fiocruz/COC, 2008, p. 20-31.

VIEIRA, I. C. R.; SOUZA. M. M. A.; NASCIMENTO, P. C. Mafalda: uma abordagem de literatura infanto-juvenil em classes de língua estrangeira. In: IV ENCONTRO NACIONAL DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL E ENSINO, 2011. Campina Grande. Anais do IV ENLIJE. Campina Grande: UFCG, 2012, p. 1-15.

VOGT, C.; MORALES, A. P. Cultura Científica. In: VOGT, C.; GOMES, M.; MUNIZ, R. (Orgs.). COMCIÊNCIA e divulgação científica. Campinas/SP: BCCL/UNICAMP, 2018, p. 13-22.

VOGT, C.; GOMES, M.; MUNIZ, R. (Org.). COMCIÊNCIA e divulgação científica. Campinas/SP: BCCL/UNICAMP, 2018.

VOGT, C. A Espiral da Cultura Científica. In: CONGRESSO TÉCNICO CIENTÍFICO DA ENGENHARIA E DA AGRONOMIA, 2016. Foz do Iguaçu/PR. Anais do CONTECC 2016. Foz do Iguaçu/PR: Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, 2016, p. 1-23.

VOGT, C. A espiral da Cultura Científica. Com Ciência: Revista Eletrônica de Jornalismo Científico, v. 45, p. 1-7, jul. 2003.

YAMAZAKI, S. C.; YAMAZAKI, R. M. Sobre o uso de metodologias alternativas para o ensino-aprendizagem de Ciências. In: III Jornada de Educação da Região da Grande Dourados, III., 2006, Dourados. Anais... Dourados: Editora da UEMS, 2006, p. 1-14.

Downloads

Publicado

2022-09-04

Como Citar

OLIVEIRA, L. M. de; SANTOS, L. da S. A Janela Azul: uma releitura poética da astronomia como ferramenta para a divulgação científica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 4, p. 1–23, 2022. DOI: 10.26843/rencima.v13n4a22. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3524. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos