A estratégia da ‘tabela’ na resolução de problemas: possibilidades e limitações apontadas por licenciandos em Matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a10

Palavras-chave:

Estratégias de Resolução, Ensino de Matemática, Formação Inicial de Professores

Resumo

O presente artigo busca responder ao questionamento: Que possibilidades e limitações são apontadas por licenciandos em Matemática acerca do uso de tabelas como estratégia para a resolução de problemas? Para a coleta de dados, utilizaram-se os registros em duas situações de Matemática, para as quais o uso de tabela era uma das possíveis estratégias de resolução, bem como um questionário online com cinco perguntas. Os resultados mostraram que, ao serem incentivados a utilizar a estratégia da tabela, os licenciandos tiveram que repensar suas resoluções, criar caminhos e formas de organização. Assim, apontaram como possibilidades do uso da tabela a melhor visualização dos dados e informações e o auxílio em outras estratégias. Como limitações, citaram o fato de se tratar de um processo extenso, principalmente no caso de grande quantidade de dados, e a impossibilidade de usar a tabela em todos os tipos de problema

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BALL, D. L.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content Knowledge for Teaching. Journal of Teacher Education, v. 59, n. 5, p. 389-407, 2008.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRITO, M. R. F. Alguns aspectos teóricos e conceituais da solução de problemas matemáticos. In: BRITO, Maria Regina Ferreira de. (Org.). Solução de problemas e a matemática escolar. 2. ed. Campinas: Alínea, 2010, p. 13-53.

CARDOZO, D.; POSSAMAI, J. Resolver e investigar: possibilidades para o ensino de funções exponenciais. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 164-183, 2019.

CHI, M. T. H.; GLASER, R. A capacidade para a solução de problemas. In: STERNBERG, R. As capacidades intelectuais humanas: uma abordagem em processamento de informações. Tradução de Dayse Batista. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992, p. 249-275.

ECHEVERRÍA, M. D. P. P. A solução de problemas em matemática. In: POZO, Juan Ignácio. (Org.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Porto Alegre: ArtMed, 1998, p. 43-65

ECHEVERRÍA, M. D. P. P.; POZO, J. I. Aprender a resolver problemas e resolver problemas para aprender. In: POZO, Juan Ignácio. (Org.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Porto Alegre: ArtMed, 1998, p. 13-42.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GOLDENBERG, M. A arte de Pesquisar. Rio de Janeiro: Editora Record, 2004.

KLAUSMEIER, H. J.; GOODWIN, W. Manual de psicologia educacional: aprendizagem e capacidades humanas. Tradução de Maria Célia Teixeira Azevedo de Abreu. São Paulo: Harper & Row, 1977.

KRULIK, S.; RUDNICK, J. A.; Teaching problem solving to preservice teachers. Arithmetic Teacher. Reston, v. 29, n. 6, p. 42-45, 1982.

LAIER, S. S. S. Álgebra e aspectos do pensamento algébrico: um estudo com resolução de problemas na licenciatura em Ciências Naturais – UFMT/Sinop. 2014. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá.

MARTINS, E. R. Possibilidades do uso da Metodologia de Ensino-Aprendizagem-Avaliação de Matemática através da Resolução de Problemas em um Curso de Licenciatura Matemática na Rede Federal de Educação Tecnológica no Estado de São Paulo. 2019. 222 f. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual Paulista.

MAYER, R. E. Thinking, problen solving, cognition. 2 ed. New York: WH Freeman and Company, 1992.

MUSSER, G. L.; SHAUGHNESSY, J. M. Estratégias de resolução de problemas na matemática escolar. In: KRULIK, Stephen; REYS, Robert. (Org.). A resolução de problemas na matemática escolar. Tradução de Hygino Hugueros Domingues e Olga Corbo. São Paulo: Atual, 1997, p. 188-201.

POLYA, G. A arte de resolver problemas: um novo enfoque do método matemático. Tradução de Heitor Lisboa de Araújo. Rio de Janeiro: Interciência, 1995.

PROENÇA, M. C. A resolução de problemas na licenciatura em Matemática: análise de um processo de formação no contexto do estágio curricular supervisionado. 2012. 210f. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência) – Universidade Estadual Paulista. Bauru.

PROENÇA, M. C. Favorecendo a compreensão do ensino por meio da resolução de problemas: experiência da Prática como Componente Curricular. Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 21, n. 49B, p. 52-60, 2016.

PROENÇA, M. C. Resolução de Problemas: encaminhamentos para o ensino e a aprendizagem de Matemática em sala de aula. Maringá: Eduem, 2018.

PROENÇA, M. C. Generalização de padrões algébricos no ensino via resolução de problemas: compreensão de licenciandos em matemática. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 21, n. 3, p. 419-437, 2019.

PROENÇA, M. C. Generalização de padrões algébricos no ensino e aprendizagem de matemática via resolução de problemas: análise de propostas de futuros professores. Quadrante, Lisboa, v. 30, n. 2, p. 354-376, 2021.

ROCHA, P. M. A resolução de problemas no ensino de estatística: contribuições na formação inicial do professor de matemática. 2016. 254 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual da Paraíba. Campina Grande.

SCHOENFELD, A. H. Mathematical problem solving. Orlando: Academic Press, 1985.

SHULMAN, L. S. Those Who understand: knowledge growth in teaching. Educational Researcher, v. 15, n. 2, fev., p. 04-14, 1986.

STEELE, M. D. Exploring the mathematical knowledge for teaching geometry and measurement through the design and use of rich assessment tasks. Journal of Mathematics Teacher Education, v. 13, p. 245-268, 2013.

STERNBERG, R. J. Psicologia cognitiva. Tradução por Maria Regina Borges Osório. Porto Alegre: ArtMed, 2000.

TRIANA, I. M. La formación de la habilidad para resolver problemas de matemáticas: una experiencia investigativa sustentada en el enfoque histórico cultural. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n. 18, p. 17-33, jul./dic 2005.

VALE, I.; PIMENTEL, T. Resolução de Problemas. In: PALHARES, Pedro. (Coord.), Elementos de Matemática para Professores do Ensino Básico. Lisboa: Lidel, 2004, p. 7-52.

Downloads

Publicado

2022-04-22

Como Citar

OLIVEIRA, A. B. de; PROENÇA, M. C. de. A estratégia da ‘tabela’ na resolução de problemas: possibilidades e limitações apontadas por licenciandos em Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 1–22, 2022. DOI: 10.26843/rencima.v13n2a10. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3472. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos