A terapia de Wittgenstein em uma análise de referenciais teóricos do ensino de Álgebra

Palavras-chave: Terapia, Referenciais Teóricos, Álgebra, Wittgenstein

Resumo

Este texto é parte de minha tese de doutorado em que busquei utilizar a terapia de Wittgenstein, proposta para uma análise do ensino de álgebra. Na tese realizei análise de textos, documentos, dissertações e teses. Identifiquei referenciais teóricos que abordavam o ensino de álgebra mais utilizados nas pesquisas. Estas obras representam o padrão teórico utilizado nas pesquisas sobre ensino da álgebra no Brasil e por isso serão analisadas terapeuticamente à luz da filosofia de Wittgenstein. Os referenciais estão apoiados em teorias baseadas em concepções essencialista e referencial, pois geralmente apontam para uma essência entre álgebra e outras áreas do conhecimento e colocam a linguagem em um papel apenas referencial. Também se percebe um alinhamento sobre o pensamento algébrico e a proposta de antecipação da álgebra via aritmética, colocando a álgebra com uma natureza extralinguística. Defendo que há uma relação entre álgebra e aritmética, contudo essa relação não se apresenta de forma evidente a quem não teve acesso a partes da álgebra.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: 5ª a 8ª Séries: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1998.

COXFORD, Arthur; SHULTE, Alberto. As idéias da álgebra. São Paulo: Atual, 1995.

FIORENTINI, Dario; MIORIM, Maria Ângela. Miguel Antônio.; MIGUEL, Antônio. Contribuição para um repensar... a educação algébrica elementar. Pro-Posições (Unicamp), Campinas, v. 4, n.1, p. 78-91, jan./mar. 1993.

FIORENTINI, Dario; FERNANDES, Fernando Luís Pereira; CRISTOVÃO, Eliane Matesco. Um estudo das potencialidades pedagógicas das investigações matemáticas no desenvolvimento do pensamento algébrico. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 5, 2005, Porto. Anais do V CIBEM. Porto: APM - Associação de Professores de Matemática de Portugal, 2005, p. 01-22.

GOTTSCHALK, Cristiane Maria Cornelia. O Papel do Mestre: Mênon revisitado sob uma perspectiva wittgensteiniana. Revista Internacional d´Humanitats, São Paulo/Barcelona, v. 10, n.11, p. 13-28, 2007.

GOTTSCHALK, Cristiane Maria Cornelia. A construção e transmissão do conhecimento matemático sob uma perspectiva wittgensteiniana. Cad. cedes, campinas, v. 28, n. 74, p. 75-96, jan./abr. 2008.

LINS, Rômulo Campos; GIMENEZ, Joaquim. Perspectivas em aritmética e álgebra para o século XXI. São Paulo: Papitus, 1997.

MIGUEL, Antônio; FIORENTINI, Dario; MIORIM, Maria Ângela. Álgebra ou Geometria: para onde pende o pêndulo? Pro-Posições (Unicamp), Campinas, v. 3, n. 7, p. 39-54, jan./mar. 1992.

MORENO, Arley Ramos. Introdução a uma pragmática filosófica: de uma concepção de filosofia como atividade terapêutica a uma filosofia da linguagem. Campinas: Editora da UNICAMP, 2005.

MORENO, Arley Ramos. Introdução a uma epistemologia do uso. Caderno crh, Salvador, v. 25, n. spe 02, p. 73-95, 2012.

PONTE, João Pedro da; BRANCO, Neusa; MATOS, Ana. Álgebra no ensino básico. Lisboa: DGIDC, 2009.

SILVEIRA, Marisa Rosâni Abreu da. A ênfase da linguagem na educação matemática: das palavras incertas às palavras com sentido. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), São Paulo, v. 11, n. 1, p. 1-12, jan./mar. 2020.

SCHLIEMANN Analucia Dias; CARRAHER, David William; BRIZUELA, Bárbara. El carácter algebraico de la aritmética: de las ideas de los niños a las atividades em el aula. Traducido por Rolf Biekofsky. Buenos Aires: Paidós, 2011.

TEIXEIRA JUNIOR, Valdomiro Pinheiro. A Terapia de Wittgenstein e o ensino de álgebra. 2016. 356 f. Tese (Doutorado) - Instituto de Educação Matemática e Científica, Universidade Federal do Pará. Belém.

WITTGENSTEIN, Ludwig Joseph Johann. Investigações filosóficas. Tradução de José Carlos Bruni. São Paulo: Nova cultural, 1999.

WITTGENSTEIN, Ludwig Joseph Johann. Observações Filosóficas. Tradução de Adail sobral e Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Loyola, 2005.

Publicado
2021-09-30
Como Citar
TEIXEIRA JUNIOR, V. A terapia de Wittgenstein em uma análise de referenciais teóricos do ensino de Álgebra. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 4, p. 1-26, 30 set. 2021.
Seção
Artigos Gerais