Estatística nos anos iniciais do Ensino Fundamental: as experiências de duas professoras após um processo de formação colaborativa

Palavras-chave: Ensino de Estatística, Letramento Estatístico, Formação de Professores

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo compreender os conhecimentos referentes ao ensino de Estatística que foram desenvolvidos por duas professoras dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, após participarem de um processo de formação colaborativa. A pesquisa tem abordagem qualitativa e apresenta como técnica de análise de dados a análise de conteúdo. Os resultados obtidos apontam que o ensino de Estatística estava centrado na Estatística Descritiva, no livro didático e sem a utilização de pesquisas práticas com os estudantes. Foi observado que após as experiências formativas que incluíram a vivência de um ciclo investigativo com os estudantes, as professoras passaram a: reconhecer o tipo de gráfico mais adequado para representar os dados de uma pesquisa, desenvolver habilidades características do Pensamento e do Letramento Estatístico; conhecer e saber como aplicar a abordagem metodológica do PPDAC em sala de aula. Conclui-se, portanto, que se faz necessário desenvolver mais momentos formativos, visto que os pedagogos ainda vêm de uma realidade em que a Educação Estatística é muito pouco explorada em sua formação inicial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN): matemática. Brasília, DF,1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Educação é a Base. Brasília, DF, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. SAEB 2019. Brasília: INEP, 2019.

CARVALHO, J.B.P. As propostas curriculares de Matemática. In: BARRETO, E.S.S (Orgs.). Os currículos do ensino fundamental para as escolas brasileiras. 2.ed. Campinas, SP: Autores Associados. 2ª ed. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2000. p. 91-125.

CASTRO, J. B. A utilização de objetos de aprendizagem para a construção e compreensão de gráficos estatísticos. 2012. 215 f. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.

CASTRO; J.B.; CASTRO-FILHO; J. A. Desenvolvimento do Pensamento Estatístico com suporte Computacional. Educ. Matem. Pesq. São Paulo, v.17, n.5, pp. 870 – 896, 2015.

CASTRO, J. B. DE; CASTRO FILHO, J. A. DE. Desempenho de estudantes do 5° ano na construção de gráficos de setores: dificuldades e possibilidades pedagógicas. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 2, p. 12-31, 28 maio 2018.

CAZORLA, I. M; UTSUMI, M.C. Reflexões sobre o ensino de Estatística na Educação Básica. In: CAZORLA, I. M.; SANTANA, E. R. dos S. (Orgs.). Do Tratamento da Informação ao Letramento Estatístico, Itabuna-BA: Via Litterarum, 2010.

CAZORLA, I. M., UTSUMI, M. C., & SANTANA, E. R. DOS S. Desempenho em Estatística de estudantes do Ensino Fundamental, no contexto do D-Estat. Zetetiké, 2020.

CAMPOS, C. R. A educação estatística: uma investigação acerca dos aspectos relevantes à didática das estatísticas em cursos de graduação. 2007. 256f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2007.

CAMPOS, C.R.; WODEWOTZKI, M.L.L.; JACOBINI, O.R. Educação Estatística: teoria e prática em ambientes de modelagem matemática. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011. Coleção Tendências em Educação Matemática.

GAL, I. Adult’s Statistical Literacy: meanings, components, responsibilities. International Statistical Review, v. 70, n. 1, p. 1-25, 2002.

INAF. INAF Brasil 2018: resultados preliminares. Instituto Paulo Montenegro em parceria com a ONG Ação Educativa, 2018.

LOPES, C. A. E. O conhecimento profissional dos professores e suas relações com estatística e probabilidade. 2003. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, Campinas, 2003.

LOPES, C. E. Os desafios para Educação Estatística no currículo de Matemática. In: LOPES, C. E. ; COUTINHO, C. Q. S. ; ALMOULOUD, S. A. (Orgs.). Estudos e reflexões em educação estatística. 1.ed. Campinas, SP: Mercado de letras, 2010. p. 47-64.

LOPES, C. E. Educação estatística no curso de licenciatura em matemática. Bolema, Rio Claro, vol.27, ed. n. 47, 2013.

NACARATO, A.; MENGALI, B.; PASSOS, C. A matemática nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017. (Coleção tendência em educação matemática).

ONU. Organização das Nações Unidas.Resolución aprobada por la Asamblea General el 29 de enero de 2014: Principios Fundamentales de las Estadísticas Oficiales.

PONTE, P. Perspectivas de Desenvolvimento Profissional de Professores de Matemática. In. PONTE, J. P. et. al. (Orgs.). Desenvolvimento Profissional dos Professores de Matemática: Que Formação? 1. ed. Lisboa: Sociedade Portuguesa de Ciência da Educação, 1996.

PONTES, M.M; CASTRO, J.B. A construção do conhecimento Matemático do pedagogo: uma investigação sobre os saberes para a prática pedagógica com Estatística. Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática - JIEEM. v.13, n. 4, 2020.

PONTES, M.M; CASTRO, J.B. Uma Breve discussão sobre a presença da Estatística no currículo do Ensino Fundamental. Revista Espaço do Currículo, v. 14, n. 2, p.1 - 14, 2021.

PONTES, M.M. Processo formativo com Estatística: Pensamentos e reflexões de professoras. 150 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) –Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Fortaleza, CE, 2021.

SANTANA, M.S.Traduzindo Pensamento e Letramento Estatístico em atividades para sala de aula: construção de um produto educacional. Bolema [online]. 2016, vol.30, n.56, pp.1165-1187. ISSN 0103-636X.

WILD, C.J.; PFANNKUCH, M. Statistical Thinking in Empirical Enquiry. International Statistical Review, v. 67, n. 3, p. 223-265, 1999.

Publicado
2021-09-30
Como Citar
PONTES, M.; SOUZA, M. S. M.; CASTRO, J. Estatística nos anos iniciais do Ensino Fundamental: as experiências de duas professoras após um processo de formação colaborativa. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 4, p. 1-19, 30 set. 2021.
Seção
Artigos Gerais