Percepção dos discentes e docentes quanto ao ensino de Química frente à pandemia da Covid-19

Palavras-chave: Ensino Remoto, Covid-19, Ensino de Química

Resumo

Essa pesquisa teve por objetivo analisar a percepção dos alunos e professores quanto ao ensino de Química frente à pandemia da Covid-19 na Paraíba. Trata-se de um estudo exploratório de abordagem quali-quantitativa. O público alvo foram 121 estudantes e 3 docentes de 2 escolas da rede pública estadual em Arara-PB. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se questionários aplicados através da ferramenta Google Forms. Os resultados mostraram que a maioria dos alunos são do sexo feminino, residem na zona urbana e são beneficiários do Bolsa Família. Além disso, esses classificaram as aulas durante esse período remoto como interessante e a principal dificuldade está relacionada com a velocidade da internet. Já os professores relataram que utilizam diferentes recursos digitais na preparação de suas aulas e apontam a avaliação da aprendizagem como uma dificuldade. A partir da análise dos resultados ficou evidente a preocupação dos alunos e professores com o processo de ensino e aprendizagem de Química.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALJAWARNEH, S. A. Reviewing and exploring innovative ubiquitous learning tools in higher education. Journal of computing in higher education, v. 32, n. 1, p. 57-73, 2020.

BARBOZA, D. A. P. Relato de experiência: o uso da internet como ferramenta pedagógica para o ensino e aprendizagem de Ciências. Ágora Revista Eletrônica, v. 1, n. 21, p. 116–121, 2015.

BARROS, M. C. M. S., BRITO, M. I. M. S., GUEDES, J. S. Educação a distância: A relevância do uso da tecnologia a favor da educação. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES, 10, 2017, Aracajú. Anais eletrônicos... Aracajú: ENFOPE, p. 1-11, 2017

BRASIL. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Diário Oficial da União, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais-PCN+. Ensino médio: ciências da natureza, matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental: MEC/SEMTEC. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC/SEF, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretária de Educação Básica. Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC/SEB, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 188, de 3 de fevereiro de 2020. Declara Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus (2019-nCoV). Coletânea de Legislação e Jurisprudência, Distrito Federal, 2011. 2020a. Brasília: D.O.U., 24a.

BRASIL. Ministérios da Educação e da Saúde. Medida Provisória nº 924, de 01 de abril de 2020. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Brasília: D.O.U, 50b.

BUDEL, G. J. Ensino de Química para educação de jovens e adultos buscando uma abordagem ciência, tecnologia e sociedade. 2016. 88 p. Dissertação (Mestrado em Formação Científica, Educacional e Tecnológica). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba.

CARRATO, M. A. P. Ética na pesquisa científica com seres humanos: a dignidade como meta e como realização do Estado democrático. Ciências Jurídicas e Sociais da UNIPAR, v. 11, n. 1, p. 127-140, 2008.

CASTRO, D., MARANHÃO, L., SOUZA, J. O conceito de internet na pesquisa em comunicação no Brasil. Primera Revista Electrónica em Iberoamerica Especializada em Comunicación, v. 84, n. 1, p. 1-12, 2013.

CAMPOS, A. F., LEÃO, M. B. C., BATINGA, V. T. S., SIMÕES-NETO, J. E., FERNANDES, L. S., CAVALCANTI, C., SILVA, F. C. V., LIMA, A., MENDES, A. D. V., CRUZ, M. E. B., FREITAS, A. P. Divulgação e difusão científica de pesquisas sobre resolução de problemas na formação continuada de professores de Química. Projeto de Pesquisa. Aprovado pela FACEPE/Pernambuco, processo nº APQ-0277-7.08/15, UFRPE, 2015.

CASTELLS, M. A sociedade em rede – A era da informação: economia, sociedade e cultura. 1. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010. 630 p.

CODATA – Companhia de Processamento de Dados da PB Educação. Aplicativo do PBEduca.

CORREA, W. A.; MATOS, H. L. B. V. DE; PEREIRA, A. S. O tratamento de água como tema potencial no ensino de Química e sua contribuição no processo de formação cidadã na educação básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 4, p. 275-292, 2020.

CUNHA, F. D. S., OLIVEIRA, S. K. G., ALVES, J. P. D., RIBEIRO, M. E. N. P. Produção de material didático em ensino de Química no brasil: um estudo a partir da análise das linhas de pesquisa Capes e CNPq. HOLOS, v. 3, n. 31, p. 182-192, 2015.

DOURADO, I. F., SOUZA, K., CARBO, L., MELLO, G. J., AZEVEDO, L. F. Uso das TIC no ensino de ciências na educação básica: uma experiência didática. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, v. 15, n. esp., p. 357- 364, 2014.

DURAZZINI, A.; MACHADO, C.; PEREIRA, A.; LIMA, M.; PEREIRA, A.; PERES, C. Ensino de Química – algumas aulas práticas utilizando materiais alternativos. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 6, p. 330-349, 2020.

FIGUEIRÊDO, A. M. T. A.; VASCONCELOS, B. S.; SALES, F. R. P. S.; CUSTÓDIO, L. C. O.; MEZA, L. U. Ensino de Química: Aulas expositivas dialogadas com uso de experimentos. International Journal Education and Teaching (PDVL), v. 1, n. 1, p. 1-19, 2018.

FIOCRUZ – Portal Fiocruz. COVID-19: perguntas e respostas. 17 mar. 2020.

FIORI, R., GOI, M. E. J. O Ensino de Química na plataforma digital em tempos de Coronavírus. Revista Thema. v. 18, n. especial COVID-19, p. 218-242, 2020.

FLICK, U. Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. Penso Editora, 2013, 255 p.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 19. Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967. 150 p.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. 107 p.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2019. 248 p.

GITAHY, R. R. C.; SILVA, J. P. DA; TERÇARIOL, A. A. DE L. O uso das tecnologias de informação e comunicação aplicadas como tecnologia assistiva na construção do conhecimento dos alunos com deficiência visual que frequentam as salas de recursos multifuncionais. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 11, n. 7, p. 111–130, 2016.

GOMES, A. L., BILESSIMO, S. M. S., SILVA, J. B. S. Aplicação de sequência didática investigativa com uso de laboratórios on-line do ensino de Química em turmas do ensino médio em uma escola pública: Uma pesquisa-ação. Experiências em Ensino de Ciências, v. 15, n. 1, p. 499-519, 2020.

GOMES, I. M., CARBO, L., QUEIROZ, E. M. G. Ensino de Química associado à indústria sucroalcooleira na escola estadual Antônio Ferreira Sobrinho, na cidade de Jaciara, Mato Grosso. South American Journal Of Basic Education, Technical And Technological, v. 2, n. 2, p. 120-133, 2015.

GOOGLE. Aplicativos no play store e versão web do Google Classroom. 2020.

KRISTIAWAN, M.; MUHAIMIN, M. Obstáculos dos professores na utilização da tecnologia da informação e comunicação. International Journal of Educational Review, v. 1, n. 2, p. 56-61, 2019.

LEVY, P. Cibercultura. (Trad. Carlos Irineu da Costa). São Paulo: Editora 34, 1999. 264p.

LIBÂNEO, J. C. Didática. 1. ed. São Paulo: Cortez, 1994. 263 p.

LIMA, F. C. S., MOURA, M. G. C. A formação continuada de professores como instrumento de ressignificação da prática pedagógica. Linguagens, Educação e Sociedade, v. 1, n. 1, p. 242-259, 2018.

LIMA, J. O. G. O ensino de Química na escola básica: o que se tem na prática, o que se quer na teoria. Ensino de Ciências e tecnologia em Revista, v. 6, n. 2, p. 23-38, 2016.

LIMA, M. F. Formação dos professores para a inserção das mídias em sala de aula: uma proposta de ação, reflexão e transformação. Holos, v. 3, n. 29, p. 100–110, 2013.

MACHADO, S. C. Análise sobre o uso das tecnologias digitais da informação e comunicação (TDICs) no processo educacional da geração internet. Novas Tecnologias na Educação, v. 14, n. 2, p. 1-10, 2016.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003, 311 p.

MARTINS, J. G. B. A. Formação e profissionalização docente. Caderno Intersaberes, v.9, n. 17, p. 253- 256, 2020.

MARTINS, S. O., SERRÃO, C. R. G., SILVA, M. D. B. O Uso de simuladores virtuais na Educação Básica: Uma estratégia para facilitar a aprendizagem nas aulas de Química. Revista Ciências & Ideias. v. 11, n. 1, p. 216-233, 2020.

NASCIMENTO, F. G., ALCIOLI DA ROSA, J. V. Princípio da sala de aula invertida: uma ferramenta para o ensino de química em tempos de pandemia. Brazilian Journal of Development. v. 6, n. 6, p. 38513-38525, 2020.

OLIVEIRA, W. K., DUARTE, E., FRANÇA, G. V. A., GARCIA, L. P. Como o Brasil pode deter a COVID-19. Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde. v. 29, n. 2, p. 1-8, 2020.

PARAÍBA. Portaria nº 418, de 17 de abril de 2020. Dispõe sobre a adoção, no âmbito da rede pública estadual de ensino da Paraíba, do regime especial de ensino, como medida preventiva à disseminação do COVID-19, e dá outras providências. 2020a.

PARAÍBA. Conselho Estadual de Educação da Paraíba. Resolução nº 120/2020 de 7 de abril de 2020. Orienta o regime especial de ensino no que tange à reorganização das atividades curriculares assim como dos calendários escolares das instituições do sistema estadual de educação da paraíba, em caráter de excepcionalidade e temporalidade, enquanto permanecerem as medidas de prevenção ao covid-19. 2020c.

PARAÍBA. Portaria nº 418 do dia 17 de abril. Dispõe sobre a adoção, no âmbito da rede pública estadual de ensino da Paraíba, do regime especial de ensino, como medida preventiva à disseminação do COVID-19, e dá outras providências. 2020d.

PRENSKY, M. Digital Native, digital immmigrants. On the horizon, MCB University Press, v. 9, n. 5, p. 1-6, 2001.

PROVDANOV, C. C., FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013. 276 p.

PROSPERI, P. Google Classroom per la scuola digitale: Un nuovo modo di assegnare e correggere i compiti. 2. ed. Kindle: CreateSpace Independent Publishing Platform, 2016. 234 p.

RAHIM, M. N. Pós-pandemia de Covid-19 e a necessidade de transformar a educação 5.0 no ensino superior no Afeganistão. Utamax: Journal of Ultimate Research and Trends in Education, v. 3, n. 1, p. 29-39, 2021.

RAMO, L. B. Investigação e o Ensino de Matemática: uma proposta didática no desenvolvimento do conteúdo de Estatística. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 6, p. 235-254, 2019a.

RAMO, L. B. Metodologias para o Ensino de Química na Modalidade EJA: Uma Revisão Sistemática da Literatura. Revista Debates em Ensino de Química, v. 5, n. 2, p. 109-125, 2019b.

ROCHA, J. S., VASCONCELOS, T. C. Dificuldades de aprendizagem no ensino de Química: algumas reflexões. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, 18, 2016, Florianópolis. Anais eletrônicos... Florianópolis: Universidade Federal de Florianópolis, 2016. p. 1-10.

ROMANOWSKI, J. P. Formação e profissionalização docente. 3. ed. Curitiba: Ibpex, 2007.

SANSSANOVIEZ, A. Tecnologias de informação e comunicação (TICs) e a extensão rural: uma caracterização no contexto da agricultura familiar. 2020. 153 p. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2020.

SANTOS JÚNIOR, A. C. Sequência Didática como uma nova estratégia de ensino nas aulas de ciências do Fundamental II. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 6, p. 698-715, 2020.

SARAIVA, K., TRAVERSINI, C., LOCKMANN, K. educação em tempos de COVID-19: ensino remoto e exaustão docente. Práxis Educativa, v. 15, n. 1, p. 1-24, 2020.

SILVA, B. S. Ambiente de aprendizagem híbrido no Ensino de Química: uma perspectiva de inovação pedagógica na era da aprendizagem móvel. 2018. 135 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.

SILVA, G. M. L., MAGALHÃES NETO, J. F. Um Relato de Experiência Usando Google Sala de Aula para Apoio à Aprendizagem de Química. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 7, 2018, Fortaleza. Anais eletrônicos... Fortaleza: CBIE, 2018, p. 119-128.

SIQUEIRA, S. I. N., LOPES, S. I. A. A educação a distância e a qualidade na formação dos profissionais. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 12, 2015, Curitiba. Anais eletrônicos... Curitiba: EDUCERE, 2015, p. 5580-5593.

TAN, W. J., ZHAO, X., MA, X. WANG, W., NIU, P., XU, W., GAO, G. F., WU, G. A novel coronavirus genome identified in a cluster of pneumonia cases - Wuhan, China 2019-2020. China CCDC Weekly, v. 3, n. 4, p. 61-62, 2020.

THIOLLENT, M. Metodologia de Pesquisa-ação. 17. ed. São Paulo: Saraiva. 2009. 132 p.

VIEIRA, C. A; SILVA, A. F. A história e a Química das especiarias: Experiência de aula interdisciplinar para estudantes do ensino médio. Revista Brasileira de Educação e Cultura, n. 16, p. 57-70, 2017.

VILELA JUNIOR, G. B.; FILENI, C. H. P.; MARTINS, G. C.; CAMARGO, L. B.; LIMA, B. N.; SILIO, L. F.; OLIVEIRA, J. R. L.; PASSOS, R. P. Você está preparado para a educação 5.0? Revista CPAQV – Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida, v. 12, n. 1, p. 1-17, 2020)

WEISS, S. R., LEIBOWITZ, J. L. Coronavirus pathogenesis. In: CARR, J. P., ROOSSINCK, M. J. (org). Advances in Virus Research. 1. ed. Estados Unidos: Academic Press, 2001. p. 85-164.

WHO – World Health Organization. Statement on the second meeting of the International Health Regulations (2005) Emergency Committee regarding the outbreak of novel coronavirus (2019-nCoV). 30 jan. 2020.

XAVIER, A. R., FIALHO, L. M. F., LIMA, V. F. Tecnologias digitais e o ensino de Química: o uso de softwares livres como ferramentas metodológicas. Foro de Educación, v. 17, n. 27, p. 289-308, 2019.

YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e Método. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001. 205p.

ZHU, N., ZHANG, D., WANG, W., LI, X., YANG, B., SONG, J., ZHAO, X., HUANG, B., SHI, W., LU, R., NIU, P., ZHAN, F., MA, X., WANG, D., XU, W., WU, G., GAO, F. G., TAN, W. A Novel Coronavirus from Patients with Pneumonia in China, 2019. The New England Journal of Medicine. v. 382, n. 2, p. 1-7, 2020.

Publicado
2021-09-30
Como Citar
RAMO, L.; SANTOS, S. Percepção dos discentes e docentes quanto ao ensino de Química frente à pandemia da Covid-19. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 4, p. 1-26, 30 set. 2021.
Seção
Artigos Gerais