Curto-Circuito: uma proposta de jogo para o ensino de circuitos elétricos

Palavras-chave: Jogos Educacionais, Circuitos Elétricos, Ensino de Física, Inteligências Múltiplas

Resumo

Neste artigo, faz-se um relato de experiência apresentando um jogo de cartas envolvendo os conceitos de circuitos elétricos. O relato visa a compartilhar o jogo com outros professores e analisar seu potencial pedagógico na motivação e no estímulo às múltiplas inteligências dos estudantes. As atividades foram realizadas com aproximadamente 30 estudantes do 3º ano do Ensino Médio de uma escola pública de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. O caso apresentado fez parte de um estudo maior sobre pluralismo metodológico e inteligências múltiplas no ensino de circuitos elétricos. A pesquisa na qual a experiência se insere possui natureza qualitativa e os dados foram obtidos por meio de observações e registro em áudio das aulas. Os registros foram transcritos e analisados por meio da Análise Textual Discursiva. O texto descreve as regras e os elementos constituintes do jogo e discute alguns exemplos de circuitos elétricos que podem ser elaborados. Por fim, relata-se a experiência ao utilizá-lo em sala de aula e analisa-se os dados coletados à luz da teoria das inteligências múltiplas. Por sua natureza social e desafiadora, o jogo se mostrou uma interessante ferramenta para estimular diferentes inteligências e aumentar a motivação e a participação dos estudantes no processo educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, L.; BIANCHIN, M. A. O jogo como recurso de aprendizagem. Rev. Psicopedagogia, v. 27, n. 83, p. 282-287, 2010.

ANTUNES, C. Jogos para a estimulação das múltiplas inteligências. Petrópolis: Vozes, 1998.

ARMSTRONG, T. J. Inteligências múltiplas na sala de aula. Porto Alegre: Artmed, 2001.

BENEDETTI FILHO, E.; SILVA, A. O. D.; FAVARETTO, D. V. Um jogo de tabuleiro utilizando tópicos contextualizados em Física. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 42, 2020.

CARBO, L.; TORRES, F. S.; ZAQUEO, K. D.; BERTON, A. Atividades práticas e jogos didáticos nos conteúdos de química como ferramenta auxiliar no ensino de ciências. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 5, p. 53-69, 2019.

DAMINELLI, L. M.; SILVA, L. S. Z.; ALVES, M. F. S. Circuitando: um jogo como recurso de aprendizagem para o ensino de circuitos elétricos. Atas do XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Florianópolis, 2017.

DEMO, P. Aula não é necessariamente aprendizagem. Revista Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 12, n. 43, p. 669-695, 2015.

FERRAZ, O. L. O Esporte, a Criança e o Adolescente: consensos e divergências. In: DE ROSE JR, D. (Org.). Esporte e Atividade Física na Infância e na Adolescência: uma abordagem multidisciplinar. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2009. p. 45-60.

GARDNER, H. Inteligência Um Conceito Reformulado: O Criador Da Teoria De Inteligências Múltiplas Explica e Expande Suas Ideias Com Enfoque No Século XXI. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

GARDNER, H. Inteligências Múltiplas: A Teoria Na Prática. Porto Alegre: Artmed, 1995.

GARDNER, H. Frames of Mind: The Theory Of Multiple Intelligences. 2 ed. Nova Iorque: Basic, 1993.

KISHIMOTO, T. M. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. Cortez editora, 2017.

LABURÚ, C. E.; ARRUDA, S. M.; NARDI, R. Pluralismo Metodológico No Ensino De Ciências. Ciência & Educação, Bauru, p. 247-260, 2003.

MENEZES, J. E. Conhecimento, Interdisciplinaridade e Atividades de Ensino com Jogos Matemáticos: uma proposta metodológica. Recife: UFRPE, 2008.

MESSEDER NETO, H. S.; MORADILLO, E. F. O jogo no ensino de química e a mobilização da atenção e da emoção na apropriação do conteúdo científico: aportes da psicologia histórico-cultural. Ciência & Educação, v. 23, n. 2, p. 523-540, 2017.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise Textual Discursiva. Ijuí: Unijuí, 2016.

SANTOS, B. C.; FARIA, G. P.; PAIVA, E. H. S.; GUIMARÃES, S. S. M.; FARIA, F. P. Na trilha da radiação: a produção de um jogo pedagógico a partir da prática como componente curricular. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 5, p. 132-145, 2020.

SILVA, J. D. S.; MONTEIRO, N. S.; GERMANO, A. P. P.; PEREIRA, A. J. S.; VASCONCELOS, F. C. G. C. Jogada química: construção do conhecimento científico a partir de situações do cotidiano à luz da teoria da atividade. Experiências em Ensino de Ciências, v. 14, n. 2, p. 593-610, 2019.

SMOLE, K. S.; DINIZ, M. I.; MILANI, E. Cadernos do Mathema: Ensino Fundamental: Jogos de Matemática de 6º a 9º ano. Porto Alegre: Artmed, 2007.

TORRES, P. L.; ALCANTARA, P.; IRALA, E. A. F. Grupos de consenso: uma proposta de aprendizagem colaborativa para o processo de ensino-aprendizagem. Revista diálogo educacional, v. 4, n. 13, p. 129-145, 2004.

Publicado
2021-06-06
Como Citar
ORTIZ, G.; OLIVEIRA, L. Curto-Circuito: uma proposta de jogo para o ensino de circuitos elétricos. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 3, p. 1-27, 6 jun. 2021.
Seção
Artigos Gerais