Formação do professor em Modelagem Matemática: um olhar sobre o conhecimento pedagógico do conteúdo

Palavras-chave: Educação Matemática, Formação de Professores, Dimensão de Tarefa, Dimensão Teórica

Resumo

Neste artigo dirigimos nossa atenção para a formação de professores em Modelagem Matemática considerando o conhecimento pedagógico do conteúdo requerido para o professor. Investigamos a contribuição para duas dimensões desse conhecimento relativo à Modelagem Matemática, a dimensão teórica e a dimensão da tarefa, a partir do desenvolvimento de atividades de modelagem por alunos-professores de uma disciplina de Modelagem Matemática em um programa de pós-graduação em Educação Matemática. As análises são subsidiadas por dados coletados a partir de registros escritos relativos ao desenvolvimento das atividades, da gravação da apresentação da atividade pelos grupos bem como da resposta a um questionário respondido ao término da disciplina. Resultados indicam que o conhecimento pedagógico do conteúdo se fortalece quando: os alunos-professores articulam teoria sobre Modelagem Matemática com a situação-problema que investigam; a dinamicidade do fazer Modelagem Matemática é associada às etapas de um ciclo de modelagem; múltiplas soluções são vislumbradas, seja para propor um problema, seja para encontrar soluções para ele. E, reconhecer que atividades de Modelagem Matemática podem ter diferentes objetivos educacionais e a associação entre as atividades e a prática docente também é indício das dimensões do conhecimento pedagógico do conteúdo, especialmente as dimensões teóricas da tarefa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, L. M. W.; DIAS, M. R. Modelagem Matemática em cursos de Formação de Professores. In: BARBOSA, J. C; CALDEIRA, A. D.; ARAÚJO, J. L. (Orgs.). Modelagem Matemática na Educação Matemática Brasileira: pesquisas e práticas educacionais. Recife: SBEM, 2007. p. 253-268.

ALMEIDA, L. W.; SILVA. K. P.; VERTUAN, R. E. A Modelagem Matemática na educação básica. São Paulo: Contexto, 2012.

BALL, D. L.; HILL, H. C.; BASS, H. Knowing mathematics for teaching. American Educator, v. 29, n. 3, 2005, p. 14–46.

BALL, D. L.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content Knowledge for Teaching: what makes it special? Journal of Teacher Education. v. 59, n. 5, 2008, p. 389-407.

BARBOSA, J. C. Modelagem na Educação Matemática: Contribuições para o detabe teórico. In: Reunião Anual da ANPED, 24, 2001. Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED, 2001.

BARBOSA, J. C. Uma abordagem discursiva para a matemática para o ensino. Núcleo temático: IV – Formación del professorado en Matemáticas Modalidad: CP/CR. Actas, 2017, p. 59-67.

BARQUERO, B., BOSCH, M., ROMO, A. Mathematical modelling in teacher education: dealing with institutional constraints. ZDM, v. 50, 2018, p. 31–43.

BASSANEZI, R. C. Ensino-aprendizagem com Modelagem Matemática. São Paulo: Contexto, 2002.

BAUMERT, J.; KUNTER, M.; BLUM, W.; BRUNNER, M.; VOSS, T.; JORDAN, A.; KLUSMANN, U.; KRAUSS, S.; NEUBRAND, M.; TSAI, Y. Teachers’ Mathematical Knowledge, Cognitive Activation in the Classroom, and Student Progress. American Educational Research Journal, v. 47, n. 1, 2010, p. 133–180.

BISOGNIN, V.; BISOGNIN, E. Compreensão do conceito de taxa de variação por professores em formação continuada. REBECEM. v. 2, n. 1, abr. 2018, p. 27-40.

BISOGNIN, E.; BISOGNIN, V. Modelagem Matemática em Cursos de Formação de Professores: Uma Contribuição para a Construção do Conhecimento Pedagógico do Conteúdo. Educação Matemática em Revista. n. 46, set., 2015, p. 35-43.

BISOGNIN, E.; BISOGNIN, V. Percepções de Professores sobre o Uso da Modelagem Matemática em Sala de Aula. Bolema, v. 26, n. 43, 2012, p. 1049-1079.

BLOMHØJ, M.; KJELDSEN, T. H. Analyses Teaching Mathematical Modeling through project work: experiences from an in-service course for upper secondary teachers. ZDM, v. 38, n. 2, 2006, p. 163-177.

BLUM, W. Quality Teaching of Mathematical Modelling: What Do We Know, What Can We Do? S.J. Cho (ed.), Proceedings of the 12th International Congress on Mathematical Education: Intellectual and Attitudinal Changes, p. 73–96, New York: Springer, 2015.

BORROMEO FERRI, R. Learning How to Teach Mathematical Modeling in School and Teacher Education. Springer International Publishing, 2018.

BORROMEO FERRI, R.; BLUM, W. Mathematical Modelling in Teacher Education - Experiences from a Modelling Seminar. In: DURAND-GUERRIER, V.; SOURY-LAVERGNE, S.; ARZARELLO, F. (Eds), CERME-6 – Proceedings of the Sixth Congress of the European Society for Research in Mathematics Education. p. 2046–2055. INRP, Lyon, 2010.

BRAZ, B. C.; KATO, L. A. Desenvolvimento profissional no contexto da formação inicial: uma discussão sobre as aprendizagens concernentes à Modelagem Matemática. REPPE Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino, Cornélio Procópio, v. 1, n. 1, 2017, p. 119-140.

CEOLIM, A. J.; CALDEIRA, A. D. Obstáculos e Dificuldades Apresentados por Professores de Matemática Recém-Formados ao Utilizarem Modelagem Matemática em suas Aulas na Educação Básica. Bolema, Rio Claro, v. 31, 2017, p. 760-776.

DOERR, H. What knowledge do teachers need for teaching mathematics through applications and modelling? In: BLUM, W.; GALBRAITH, P. L.; HENN, H.; NISS, M. (Eds), Modelling and Applications in Mathematics Education. p. 69–78. New York: Springer, 2007.

FERNANDES, V. M.; CURI, E. Algumas reflexões sobre a formação inicial de professores para ensinar matemática nos anos iniciais do ensino fundamental. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 3, n. 1, 2012, p. 44-53.

FREJD, P.; BERGSTEN, C. Professional modellers’ conceptions of the notion of mathematical modelling: ideas for education. ZDM, v. 50, 2018, p. 117–127.

GALBRAITH, P. Models of Modelling: genres, purposes or perspectives. Journal of Mathematical Modelling and Applications, Blumenau, v. 1, n. 5, 2012, p. 3-16.

GREEFRATH, G.; VORHÖLTER, K. Teaching and Learning Mathematical Modelling: Approaches and Developments from German Speaking Countries. Teaching and Learning Mathematical Modelling, ICME-13 - Topical Surveys, 2016, p. 1-42.

KAISER, G. Modelling and modelling competencies in school. In: Haines, C. et al. (Eds), Mathematical Modelling: Education, Engineering and Economics. p. 110– 119, Chichester: Horwood, 2007.

KAISER, G.; SCHWARZ, B.; TIEDEMANN, S. Future Teachers' Professional Knowledge on Modeling. In: LESH, R.; GALBRAITH, P. L.; HAINES, C. R.; HURFORD, A. (Eds): Modeling Students’ Mathematical Modeling Competencies. ICTMA 13. p. 433–444. New York: Springer, 2010.

KAISER, G.; SRIRAMAN, B. A global survey of international perspectives on modelling in mathematics education. ZDM. v. 38, n. 3, 2006, p. 302-310.

KRAUSS, S.; BRUCKMAIER, G.; LINDL, A.; HILBERT, S.; BINDER, K.; STEIB, N.; BLUM, W. Competence as a continuum in the COACTIV study: the “cascade model”. ZDM Mathematics Education, v. 52, 2020, p. 311–327.

LINGEFJARD, 2013.

MAAß, K.; ENGELN, K. Impact of professional development involving modelling on teachers and their teaching. ZDM, v. 50, p. 273–285, 2018.

MALHEIROS, A. P. S.; FORNER, R.; SOUZA, L. B. S. Formação de professores em modelagem e a escola: que caminhos perseguir? ReBECEM, Cascavel, (PR), v.4, n.1, abr. 2020, p. 01-22.

MUTTI, G. S. L.; KLÜBER, T. E. Aspectos que constituem práticas pedagógicas e a formação de professores em Modelagem Matemática. ALEXANDRIA, v. 11, 2018, p. 85-107.

NISS, M., HØJGAARD, T. J. Competencies and Mathematical Learning. Roskilde University, 2011.

NUNES, A.; NASCIMENTO, W.; SOUSA, B. N. P. A. Modelagem Matemática: um panorama da pesquisa brasileira na educação básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 4, jul. 2020, p. 232-253.

OLIVEIRA, W. P. Prática de Modelagem Matemática na formação inicial de professores de matemática: relato e reflexões. Rev. bras. Estud. pedagog., Brasília, v. 98, n. 249, maio/ago. 2017, p. 503-521.

PEREIRA, R. S. G. A educação a distância e a formação continuada de professores de matemática: contribuições de um contexto formativo para a base de conhecimento docente. Tese (Doutorado). UNESP- Presidente Prudente: 219 f, 2015.

POLLAK, H. The Place of Mathematical Modelling in the System of Mathematics Education: Perspective and Prospect. In: STILLMAN, G.; BLUM, W.; BIEMBENGUT, M. S. (Eds.) Mathematical Modelling in Education Research and Practice: cultural, social and cognitive influences. New York: Springer, 2015, p. 265-276.

RIBEIRO, R. M.; POWELL, A. B. Mathematical Modeling and teachers’ formation: a discussion on mathematical knowledge for teaching. Revista de Educação Matemática, São Paulo, v. 16, n. 21, jan. /abr. 2019, p. 5-17.

SHULMAN, L. S. Knowledge and teaching: foundation of the new reform. Harvard Educational Review, v. 57 , n. 1, 1987, p. 1-22.

SHULMAN, L. S. Those Who Understand: Knowledge Growth in Teaching. Educational Researcher, v. 15, n. 2, 1986, p. 4–14.

SILVA, J. N. D.; BARBOSA, J. C. Modelagem Matemática: as discussões técnicas e as experiências prévias de um grupo de alunos. Bolema, Rio Claro (SP), v. 24, n. 38, abr. 2011, p. 197-218.

SILVERMAN, J.; THOMPSON, P. W. Toward a framework for the development of mathematical knowledge for teaching. Journal of Mathematics Teacher Education, v. 11, 2008, p. 499-511.

TAMBARUSSI, C. M.; KLÜBER, T. E. A pesquisa em Modelagem matemática na Educação Matemática: sobre as atividades de formação continuada em teses e dissertações. Revemat, Florianópolis, SC, v. 9, 2014, p. 38-56.

TAMBARUSSI, C. M.; KLÜBER, T. E. Formação de professores e a Modelagem Matemática na Educação Básica. In: BRANDT, C. F.; BURAK, D.; KLÜBER, T. E. (Orgs). Modelagem matemática: perspectivas, experiências, reflexões e teorizações. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2016, p. 131-145.

Publicado
2021-03-01
Como Citar
SOUSA, B.; ALMEIDA, L. Formação do professor em Modelagem Matemática: um olhar sobre o conhecimento pedagógico do conteúdo. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 2, p. 1-28, 1 mar. 2021.
Seção
Artigos Gerais