Olhares de docentes sobre as possibilidades da Modelagem nas aulas de Matemática

Palavras-chave: Educação Matemática, Modelagem Matemática, Formação Continuada, Educação Básica

Resumo

Este artigo apresenta uma compreensão acerca de olhares de professores da Educação Básica da rede pública estadual paulista, participantes de um curso de formação continuada, sobre as possibilidades da Modelagem nas aulas de Matemática. A pesquisa realizada foi pautada no paradigma qualitativo e os dados apresentados são oriundos de um questionário, respondido pelos docentes ao final desse curso. Nossa análise indica que os professores se mostram interessados pelas potencialidades da Modelagem, a partir das vivências realizadas no curso, ancoradas na práxis, em uma perspectiva freireana, mas que é preciso que ações mais próximas às escolas, e mais duradouras, sejam realizadas, para que os docentes se sintam mais seguros em levar atividades de Modelagem para suas aulas. Também revela que é preciso que toda a comunidade escolar se envolva para que práticas de Modelagem possam acontecer nas escolas. Sendo assim, entendemos que tais resultados podem contribuir para refletirmos sobre caminhos para que a Modelagem se faça presente nas aulas de Matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, L. M. W.; SILVA, K. A. P.; VERTUAN, R. E. Modelagem Matemática na Educação Básica. São Paulo: Contexto, 2013.

ALMEIDA, L. M. W.; VERTUAN, R. E. Modelagem Matemática na Educação Matemática. In: ALMEIDA, L. M. W.; SILVA, K. A. P. (Org.). Modelagem Matemática em Foco. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda, 2014. v. 1, p. 1-20.

ALVES-MAZZOTTI, A. O Método nas Ciências Sociais. In: ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWAMDSZNADJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. 2ª Reimpressão da 2ª Edição. São Paulo: Pioneira, 2001. p.107-188.

ARAÚJO, J. L.; BORBA, M. C. Construindo Pesquisas Coletivamente em Educação Matemática. In: BORBA, M. C.; ARAUJO, J. L. (org.). Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2004. p. 25-45.

BARBOSA, J. C. As relações dos professores com a Modelagem Matemática. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 8., 2004, Recife. Anais... Recife: SBEM, 2004.

BLUM, W. Applications and Modeling in mathematics teaching and mathematics education – some important aspects of practice and of research. In: SLOYER, C. et al (Ed.). Advances and perspectives in the teaching of Mathematical modeling and Applications. Yorklyn, DE: Water Street Mathematics,1995, p. 1-20.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Tradução Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018.

BURAK, D; MARTINS, M. A. Modelagem Matemática nos anos iniciais da Educação Básica: uma discussão necessária. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 8, n. 1, 2015.

CALDEIRA, A. D. Modelagem Matemática, Currículo e Formação de Professores: obstáculos e apontamentos. Educação Matemática em Revista. N. 46. Set. 2015.

CAMPOS, D. G. O Desenvolvimento de Posturas Críticas nos Estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental por meio da Modelagem Matemática. 2015. 127 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática). Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.

CEOLIM, A. J. Modelagem Matemática na Educação Básica: obstáculos e dificuldades apontadas por professores. 2015. 151f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.

CEOLIM, A. J.; CALDEIRA, A. D. Modelagem Matemática na Educação Matemática: Obstáculos Segundo Professores da Educação Básica. Educação Matemática em Revista, v. 1, p. 25-34, 2015.

CEOLIM, A. J.; CALDEIRA, A. D. Obstáculos e Dificuldades Apresentados por Professores de Matemática Recém-Formados ao Utilizarem Modelagem Matemática em suas Aulas na Educação Básica. Bolema, v. 31, p. 760-776, 2017.

CUNHA, M. I. Professor (Ser). In: STRECK, D. R.; REDIN, E.; ZITOSKI, J. J. (org.). Dicionário Paulo Freire. 3ª Edição. 1ª Reimpressão. Belo Horizonte: Autêntica, 2017. p. 330 - 331.

DEWEY, J. Vida e Educação. São Paulo: Melhoramentos; [Rio de Janeiro]: Fundação Nacional de Material Escolar. Tradução de TEIXEIRA, A. 1978.

FILLOS, L. M. Modelagem Matemática nos anos 1980: narrativas e itinerários de cursos de especialização. 2019. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas. Universidade Estadual Paulista. Rio Claro.

FORNER, R. Modelagem Matemática e o Legado de Paulo Freire: relações que se estabelecem com o currículo. 2018. 200 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2018.

FORNER, R. Paulo Freire e Educação Matemática: reflexões sobre a formação do professor. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Ciências Sociais e Aplicadas, Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Campinas.

FORNER, R.; MALHEIROS, A. P. S. Constituição da Práxis Docente no contexto da Modelagem Matemática. Bolema. Rio Claro, SP. v. 34, n. 67, p. 501-521, ago. 2020.

FREIRE, P. Conscientização: teoria e prática da libertação. Uma Introdução ao Pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Centauro, 2001.

FREIRE, P. Direitos Humanos e Educação Libertadora: gestão democrática da educação pública na cidade de São Paulo. São Paulo: Paz e Terra, 2019b.

FREIRE, P. Educação como Prática da Liberdade. São Paulo: Paz e Terra, 2011b.

FREIRE, P. Paulo Freire: entrevista. [1995]. Entrevistadores: D’AMBROSIO, U.; MENDONÇA, M. C. D. [S.l]: [s.n], 1995. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=o8OUA7jE2UQ&t=112s>. Acesso em: 29 ago. 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011a.

FREIRE, P. Pedagogia da Esperança: um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2019c.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 69ª Edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2019a.

FREIRE, P. Professora, sim; Tia, não: cartas a quem ousa ensinar. 27ª Edição. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2017.

FREIRE, P.; SHOR, I. Medo e Ousadia: o cotidiano do professor. 13ª Edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em ciências sociais. 14ª Edição. Rio de Janeiro: Record, 2015.

GRIMALDI, F. C. A Modelagem Matemática na Merenda Escolar Nos Anos Finais do Ensino Fundamental. 2015 110 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino das Ciências). Universidade do Grande Rio - Prof Jose de Souza Herdy, Duque de Caxias.

HERMÍNIO, M. H. G. H.; BORBA, M. C. A Noção de Interesse em Projetos de Modelagem Matemática. Educação Matemática Pesquisa. São Paulo, SP. v.12, n. 1, p.111-127, 2010.

HONORATO, A. H. Modelagem matemática e o material didático do Estado de São Paulo: diálogos em um trabalho com licenciandos. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas. Universidade Estadual Paulista. Rio Claro.

MALHEIROS, A. P. S. A Produção Matemática dos Alunos em Ambiente de Modelagem Matemática. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas. Universidade Estadual Paulista. Rio Claro.

MALHEIROS, A. P. S. Contribuições de Paulo Freire para uma compreensão do trabalho com a Modelagem na Formação Inicial de Professores de Matemática. Boletim GEPEM, v. 64, p. 1, 2014.

MALHEIROS, A. P. S. Delineando convergências entre investigação temática e Modelagem Matemática. In: Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, 5, 2012, Petrópolis. Anais... Petrópolis: SBEM, 2012.

MALHEIROS, A. P. S. Modelagem em Aulas de Matemática: reflexos da formação inicial na Educação Básica. Perspectivas da Educação Matemática. Campo Grande, MS. v. 9, p. 1151-1167, 2016.

MALHEIROS, A. P. S.; FORNER, R. Um Olhar Freireano Para a Base Nacional Comum Curricular De Matemática. Revista Olhar de Professor. No prelo.

MALHEIROS, A. P. S.; FORNER, R.; BRAGA, L. Formação De Professores em Modelagem e a Escola: Que Caminhos Perseguir? ReBECEM. Cascavel, (PR), v. 4, n. 1, p. 01-22, abr. 2020.

MEYER, J. F. C. A.; CALDEIRA, A. D.; MALHEIROS, A. P. S. Modelagem em Educação Matemática. 3a Edição. Belo Horizonte, MG: Autêntica Editora, 2013.

NUNES, A. S.; NASCIMENTO, W. J.; SOUSA, B. N. P. A. Modelagem Matemática: um panorama da pesquisa brasileira na educação básica. REnCiMa. v. 11, n. 4, p. 232-253, 2020.

PEREIRA, F. F.; DALTO, J. O.; SILVA, K. A. P. Modelagem Matemática em Sala de Aula: uma primeira experiência nos anos finais do Ensino Fundamental. Educação Matemática em Revista. Brasília, v. 25, n. 67, p. 57-75, abr./jun. 2020.

PORTO, R. C. C.; LIMA, T. S. O legado de Paulo Freire para a formação permanente: uma leitura crítica das dissertações e teses sobre a formação de professores. Revista e-Curriculum. São Paulo, v. 14, n.1, p. 180-210, jan./mar. 2016.

REHFELDT, M. J. H.; NEIDE, I. G.; BÖCKEL, W. J.; BROILO, A. P.; PISCHING, I.; HEINEN, C. A.; KÖNIG, R. I. Modelagem Matemática no Ensino Médio: uma possibilidade de aprendizagem a partir de contas de água. REnCiMa. v. 9, n. 1, p. 103-121, 2018.

SCHELLER, M.; SANT’ANA, M. F. Uma experiência de Modelagem Matemática em iniciação científica no ensino médio técnico. In: ALMEIDA; L. M. W. ARAÚJO, J. L.; BISOGNIN, E. Práticas de Modelagem Matemática na Educação Matemática. Londrina: Eduel, 2011.

SCHUTZ, A. Bases da fenomenologia. In: WAGNER, H. (Org). Fenomenologia e relações sociais: textos escolhidos de Alfred Schutz. Rio de janeiro: Zahar, 1979.

SILVEIRA, E.; CALDEIRA, A. D. Modelagem na sala de aula: resistências e obstáculos. Bolema. Rio Claro, SP. v. 26, n. 43, p. 1021-1047. Ago. 2012.

SKOVSMOSE, O. Cenários para Investigação. Bolema, Rio Claro, n. 14, p. 66-91, 2000.

TORTOLA, E.; ALMEIDA, L. M. W. de. Reflexões a respeito do uso da modelagem matemática em aulas nos anos iniciais do ensino fundamental Rev. Bras. Estud. Pedagog., v. 94, n. 237, p. 619-642, 2013.

Publicado
2021-03-01
Como Citar
MALHEIROS, A.; SOUZA, L.; FORNER, R. Olhares de docentes sobre as possibilidades da Modelagem nas aulas de Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 2, p. 1-22, 1 mar. 2021.
Seção
Artigos Gerais

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)