Concepções de estudantes do curso de licenciatura em Ciências Biológicas acerca do ensino por investigação

Palavras-chave: Ensino por Investigação, Formação de Professores, Alfabetização Científica

Resumo

Os documentos norteadores da educação nacional e a literatura especializada têm indicado o trabalho com atividades investigativas, com o intuito de contribuir para a Alfabetização Científica dos estudantes da Educação Básica. Este estudo teve como um de seus objetivos: analisar as concepções apresentadas por licenciandos em fase de conclusão de graduação em Ciências Biológicas acerca de aspectos que exploram a abordagem didática do Ensino de Ciências por Investigação. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa com discentes em uma universidade pública federal. Neste artigo serão apresentados os resultados obtidos a partir dos dados oriundos de uma Oficina de Discussão. Para essa análise, optou-se pela interpretação analítica processada pelo pesquisador, além das contribuições possibilitadas pela Análise Argumentativa. Verificou-se que os sujeitos compreendem o Ensino por Investigação como um importante caminho para a superação do modelo dogmático-transmissivo. Além disso, consideram como pertinente e promissora a implementação de ações voltadas ao Ensino por Investigação no âmbito da Educação Básica. Sugere-se, portanto, que futuros estudos trilhem caminhos que contribuam para o fortalecimento das discussões em torno do Ensino por Investigação no âmbito da formação inicial de professores de biologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANASTASIOU, L. G. C.; ALVES, L. P. (Org.). Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 6. ed. Joinville, SC: UNIVILLE, 2006.

BASTOS, A. P. S. Problemas potenciais significadores em aulas investigativas: contribuições da perspectiva histórico-cultural. 2017. 220f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo. São Paulo.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica/Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: ciências naturais/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.

CANDAU, V. M. Educação em Direitos Humanos: uma proposta de trabalho. In: CANDAU, V. M., ZENAIDE, M. N. T. Oficinas Aprendendo e Ensinando Direitos Humanos, João Pessoa: Programa Nacional de Direitos Humanos; Secretaria da Segurança Pública do estado da Paraíba; Conselho Estadual da Defesa dos Direitos do Homem e do Cidadão, 1999.

CARVALHO, A. M. P. Ensino e aprendizagem de ciências: referenciais teóricos e dados empíricos das sequências de ensino investigativo (SEI). In: LONGHIN, M. D. (Org.). O uno e o diverso na educação. Uberlândia, MG: EDUFU, 2011, p 253-266.

CARVALHO, A. M. P. O ensino de ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, A. M. P. (Org.). Ensino de Ciências por Investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

FREIRE, P. Extensão ou Comunicação? 12º ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

LIAKOPOULOS; M. Análise Argumentativa. In: BAUER, M. W.; GASKELL. G. Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Trad. Pedrinho A. Guareschi. 3ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 2ª ed. São Paulo: E.P.U., 2018.

MAUÉS E. R. C.; LIMA, M. E. C. C. Ciências: atividades investigativas nas séries iniciais. Presença Pedagógica, v.12, n.72, p. 34-43, nov./dez. 2006.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. Recife: Bagaço, ed. 2, 2007.

SANTANA, R. S.; FRANZOLIN, F. O Ensino de Ciências por investigação e os desafios da implementação na práxis dos professores. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), v. 9, n. 3, p. 218-237, 2018.

SASSERON, L. H. Alfabetização científica, ensino por investigação e argumentação: relações entre ciências da natureza e escola. Revista Ensaio, v. 17, p. 49-67, nov. 2015.

SASSERON, L. H. Interações discursivas e investigação em sala de aula: o papel do professor. In: CARVALHO, A. M. P. (Org.). Ensino de Ciências por Investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013, p. 41-61.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Uma análise de referenciais teóricos sobre a estrutura do argumento para estudos de argumentação no ensino de ciências. Revista de Ensaio, v. 13, n. 3, p. 243-262, set./dez. 2011.

SILVA, M. B. e; GEROLIN, E. C.; TRIVELATO, S. L. F. A Importância da Autonomia dos Estudantes para a Ocorrência de Práticas Epistêmicas no Ensino por Investigação. Revista Brasileira De Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 3, p. 905-933, dez. 2018.

SILVEIRA JÚNIOR, C. Atividades investigativas com licenciandos de vários cursos: uma experiência formativa para o ensino de Ciências na Educação Básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), v. 11, n. 7, p. 139-158, 2020.

SOLINO, A. P.; FERRAZ, A. T.; SASSERON, L. H. Ensino por investigação como abordagem didática: desenvolvimento de práticas científicas escolares. In: XXI Simpósio Nacional de Ensino de Física, 2015. Atas… Uberlândia/MG: Universidade Federal de Uberlândia: 2015, p. 01-06.

TEIXEIRA, E. A Análise de Dados na pesquisa Científica: importância e desafios em estudos organizacionais. Desenvolvimento em Questão, Editora Unijuí, ano 1, n. 2, p. 177-201, jul./dez. 2003.

VEKIRI, I. What Is the Value of Graphical Displays in Learning? Ed. Psychol. Rev., v. 14, 2002. In: TAVARES, R. Construindo mapas conceituais. Ciências & Cognição, v. 12, p. 72-85, dez. 2007.

Publicado
2021-04-19
Como Citar
COSTA, D.; TENÓRIO SALVADOR, M. Concepções de estudantes do curso de licenciatura em Ciências Biológicas acerca do ensino por investigação. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 3, p. 1-21, 19 abr. 2021.
Seção
Artigos Gerais