Estudo dos conceitos estatísticos na formação de professores em um contexto de pandemia da Covid-19

Palavras-chave: Educação Básica, Professor, Formação, Conceitos Estatísticos

Resumo

A Estatística tornou-se mais evidente no ano de 2020 na situação da Pandemia da Covid-19, com informações apresentadas nas mídias, usando tabelas e gráficos estatísticos. Com isso, é possível perceber o quanto os conceitos estatísticos se mostram um conhecimento necessário, entretanto, o seu ensino ainda é um desafio. Assim, este artigo objetiva analisar o que se revela nas respostas de professores e futuros professores sobre o conhecimento de tabelas e gráficos estatísticos em tarefas, no contexto da pandemia da COVID-19. Os dados foram coletados por meio de videogravação das tarefas realizadas durante o curso intitulado Matemática #ComVIDa, organizado em três módulos: o primeiro trabalhou os conceitos estatísticos, o segundo apresentou o ciclo investigativo PPDAC e no terceiro foram elaboradas sequências de ensino. Os participantes eram docentes da Educação Básica e estudantes da graduação. Os resultados revelaram que os professores e futuros professores ainda apresentam dificuldades na construção de tabelas e gráficos, não utilizando título e fonte, bem como a construção de quadros quando são solicitadas tabelas. Esperamos que os resultados auxiliem com reflexões para uma possível mudança nos cursos de formação de professores sobre o ensino de conceitos estatísticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Ensino Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BUSSAB, W. O.; MORETTIN, P. A. Estatística básica. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

CAMPOS, S. G. V. B.; WODEWOTZKI, M. L. L. Educação estatística e desenvolvimento do sentido de número: uma inter-relação possível. REnCiMa, v. 9, n.2, p. 88-106, 2018.

CASTRO, J. B. de; CASTRO FILHO, A. de. Desempenho de estudantes do 5° ano na construção de gráficos de setores: dificuldades e possibilidades pedagógicas. REnCiMa, v. 9, n. 2, p. 12-31, 2018.

CAZORLA, I. M.; UTSUMI, M. C.; SANTANA, E. Desempenho em estatística de estudantes do ensino fundamental, no contexto do D-Estat. Zetetiké (UNICAMP), v. 28, p. 01, 2020.

CAZORLA, I.; MAGINA, S.; GITIRANA, V.; GUIMARÃES, G. (Org.). Estatística para os anos iniciais do ensino fundamental. Sociedade Brasileira de Educação Matemática, Biblioteca do Educador. Brasília: 2017. (Coleção SBEM, 9)

CAZORLA, I.; SANTANA, E. (Org.). Do tratamento da informação ao letramento estatístico. Itabuna (BA): Via Litterarum, 2010.

GAL, I. Conocimientos básicos de estadística en adultos: significados, componentes, responsabilidades. Revista Internacional de Estatística, p. 1-25, 2002.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Centro de Documentação e Disseminação de Informações. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 1993.

KATAOKA, V. Y.; HERNANDEZ, H. Sequência de ensino 1: perfil da turma. In: CAZORLA, I.; SANTANA, E. (Org.). Do tratamento da informação ao letramento estatístico. Itabuna, BA: Via Litterarum, 2010. p. 23-44.

LUNA C. de L.; J. I. F. de CARVALHO. “Oi, quem está olhando minhas estatísticas?” – Uma discussão do desempenho de estudantes da educação básica sobre média aritmética. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemática, v. 15, n. 33, p.151-166, jan./jun. 2019.

SAMÁ S.; SILVA, R. C. S. da. Probabilidade e estatística nos anos iniciais do ensino fundamental a partir da Base Nacional Comum Curricular. Zetetiké, Campinas, SP, v. 28, p. 1-21, 2020.

SANTANA E.; LÔBO W.; ALMEIDA L. Texto base: curso de extensão matemática #COmVIDa. 2020. (material didático).

SANTOS, R. M. dos; BRANCHES, M. V. Problemas identificados em gráficos estatísticos publicados nos meios de comunicação. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, v. 15, n.33, p. 201-218, 2019.

SARTORI, Alice Stephanie Tapia. reflexões sobre o saber estatístico: uma problematização para aulas de matemática a partir do tema “Mudanças climáticas”. Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 22, n. 55, p.94-109, jul./set. 2017.

SILVA JUNIOR, A. V. da. Efeitos do ciclo investigativo PPDAC e das transformações de representações semióticas no desenvolvimento de conceitos estatísticos no ensino fundamental. 2018. 208f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas. Universidade Estadual de Santa Cruz. Ilhéus, BA, 2018.

WILD, C. J.; PFANNKUCH, M. Statistical thinking in empirical enquiry. International Statistical Review, v. 67, n. 3, p. 223-248, dec. 1999.

Publicado
2021-09-01
Como Citar
SILVA, A.; COUTO, M. E.; SANTANA, E.; CORREIA, D. Estudo dos conceitos estatísticos na formação de professores em um contexto de pandemia da Covid-19. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 4, p. 1-24, 1 set. 2021.
Seção
Artigos Gerais