O raciocínio proporcional nas atividades de proporcionalidade do sétimo ano no Caderno da Cidade Saberes e Aprendizagens

Palavras-chave: Currículo Apresentado, Raciocínio Proporcional, Proporcionalidade

Resumo

O objetivo da pesquisa relatada nesse artigo foi analisar no documento curricular produzido pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, Caderno da Cidade Saberes e Aprendizagens do sétimo ano, as atividades de proporcionalidade que apresentam (implícita ou explicitamente) em seus enunciados características fundamentais para estimular o desenvolvimento do raciocínio proporcional. A metodologia desta pesquisa é qualitativa e de caráter documental. As categorias de análise emergiram do referencial teórico acerca do raciocínio proporcional, de Lesh, Post e Behr (1988). Concluímos que de oito unidades que o material apresenta, sete possuem atividades de proporcionalidade que apresentam em seus enunciados características que estimulam o desenvolvimento do raciocínio proporcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Resolução CNE/ CEB nº 4, de 13 de julho de 2010. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Diário Oficial da União, 9 jul. 2010.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Fundamental. Brasília: MEC/ Secretaria de Educação Básica, 2017.

COSTA, S.; PONTE, J. P. O raciocínio proporcional dos alunos do 2º ciclo do ensino básico. Revista da Educação, v. XVI, n. 2, p. 65-100, 2008.

EUCLIDES. Elementos de Geometria. São Paulo, SP: Edições Cultura, 1944.

FARIA, R. W. S. C. Raciocínio proporcional: integrando aritmética, geometria e álgebra com o GeoGebra. 2016. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro - SP, 2016.

LESH, R.; POST. T.; BEHR, M. Proportional Reasoning. In J. Hiebert & M. Behr (Eds.) Number concept and operations in the middle grades. Reston, VA: Lawrence Erlbaum & National Council of Teachers of Mathematics, p. 93-118, 1988.

LIMA, E. L. et al. Temas e problemas elementares. Coleção do Professor de Matemática. 3. ed. Rio de Janeiro: IMPA, 2012.

LIMA, E. L. et al. A matemática do ensino médio. 11. ed. Rio de Janeiro: SBM, v. 1, 2016.

MINAYO, M. C. S. (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.

SACRISTÁN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Tradução: Ernani F. da Fonseca Rosa. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Educação. Coordenadoria Pedagógica. Currículo da cidade: Ensino Fundamental: Matemática. São Paulo: SME/ COPED, 2017.

SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Educação. Coordenadoria Pedagógica. Caderno da cidade: saberes e aprendizagens: Matemática – livro do(a) professor(a) - 7º ano. – São Paulo: SME/ COPED, 2019.

SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Educação. Coordenadoria Pedagógica. O ensino de matemática em questão: apontamentos para discussão e implementação do Currículo da Cidade – São Paulo: SME/ COPED, 2019.

SILVA, T. M.; PALANCH, W. B. L. A Faculdade de Predizer que Emerge do Raciocínio Proporcional. (Uma Proposta de Enfoque no Estudo de Proporcionalidade). In: ENCONTRO BRASILEIRO DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 23, 2019, São Paulo, SP. Anais .... São Paulo: Universidade Cruzeiro do Sul, Campus Anália Franco, 2019.

Publicado
2021-03-18
Como Citar
SILVA, T.; PALANCH, W. O raciocínio proporcional nas atividades de proporcionalidade do sétimo ano no Caderno da Cidade Saberes e Aprendizagens. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 1, p. 1-22, 18 mar. 2021.
Seção
Artigos Gerais