Grupos sanguíneos a partir da aprendizagem baseada em problemas: elaboração e avaliação de uma proposta didática investigativa

Palavras-chave: Aprendizagem baseada em problemas, Grupos sanguíneos, Ensino de genética, Metodologias ativas

Resumo

Os benefícios alcançados por meio de metodologias de ensino-aprendizagem centradas no educando parecem ser consenso entre os estudiosos da Educação Básica. Assim, observa-se uma crescente preocupação no desenvolvimento de estratégias pedagógicas que viabilizem a implementação de metodologias ativas. Em consonância com essa tendência, desenvolvemos uma atividade de Aprendizagem Baseada em Problemas do tipo Estudo de Caso, no âmbito da Genética, com a finalidade de proporcionar o aprendizado de conteúdos conceituais e atitudinais relacionados ao tema Grupos Sanguíneos. A atividade contou com quatro casos diferentes que tiveram início durante uma aula prática simulada de tipagem sanguínea – sistemas ABO e Rh. A adequação da atividade foi avaliada de modo quali-quantitativo e indicou que os estudantes conseguiram aplicar conhecimentos prévios e desenvolver novos saberes pautados em discussões acerca dos temas geradores, à medida que se envolviam na resolução dos casos. Além disso, a sequência didática adotada permitiu introduzir o conteúdo de Epistasia a partir de um dos casos. Grupos Sanguíneos foi um tema estrategicamente escolhido por estar intimamente relacionado ao cotidiano dos estudantes, com potencial para fomentar discussões contextualizadas com tecnologias, sociedade e ética.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARNOLD, Savittree Rochanasmita; KRUATONG, Tussatrin; DAHSAH, Chanyah; SUWANJINDA, Duongdearn. The classroom-friendly ABO blood types kit: Blood agglutination simulation. Journal of Biological Education, v. 46, n. 1, p. 45–51, 2012.

BARROWS, Howard S.; TAMBLYN, Robyn M. Problem-based learning: an approach to medical education. New York: Springer, p. 1, 1980.

BATISTETI, Caroline Belotto; CALUZI, João José; ARAÚJO, Elaine Sandra Nabuco de; LIMA, Sérgio Guardiano. O sistema de grupo sanguíneo Rh. Filosofia e História da Biologia, v. 2, n. 2, p. 85–101, 2007a.

BATISTETI, Caroline Belotto; CALUZI, João José; ARAÚJO, Elaine Sandra Nabuco de; LIMA, Sérgio Guardiano. A Abordagem Histórica do Sistema de Grupo Sanguíneo ABO nos Livros Didáticos de Ciências e Biologia. In: VI ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 2007, Anais do VI ENPEC. Florianópolis/BR: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2007b.

BERBEL, Neusi Aparecida Navas. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, v. 32, n. 1, p. 25–40, 2011.

BORGES, Marcos C; CHACHÁ, Silvana G. F.; QUINTANA, Silvana M.; FREITAS, Luiz Carlos C.; RODRIGUES, Maria Lourdes V. Aprendizado baseado em problemas. Medicina (Brazil), v. 47, n. 3, p. 301–307, 2014.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Nota Técnica no 015/2016/GSTCO/GGMED/DIARE/ANVISA. Critérios de inaptidão temporária de doadores de sangue e hemocomponentes homens que fazem sexo com outros homens.

DE CAMPOS-JÚNIOR, E. O.; PEREIRA, B. B.; LUIZ, D. P.; MOREIRA-NETO, J. F.; BONETTI, A. M.; KERR, W. E. Sistema sanguíneo sem mistério: uma proposta alternativa. Genética na Escola, v. 4, n. 1, p. 7-9, 2009.

DE FARIAS, Cleiton Sampaio. Aprendizagem significativa no ensino de geografia: os benefícios da Aprendizagem Baseada em Problemas por meio de um estudo de caso. Revista Brasileira de Educação em Geografia, v. 7, n. 14, p. 224-241, 2017.

ESQUISSATO, Giovana Natiele Machado; ARRUDA, Gisele; SOARES, Maria Amélia Menck. Modelo didático para o fator Rh. In: V ENCONTRO INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ, 2007, Anais do V EPCC. Maringá/BR: CESUMAR, 2007.

FONSECA, Angelita Leal de Castro; TARTAROTTI, Ester. Análise Praxeológica de Atividades sobre Polialelia e Grupos Sanguíneos no Livro Didático de Biologia. 2017, Florianópolis/SC: [s.n.], 2017. p. 1–10.

FREI, Fernando. Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) aplicada ao ensino de estatística inferencial não paramétrica no ensino superior. REnCiMa, v. 11, n.1, p. 13-26, 2020.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LOPES, Renato Matos; SILVA FILHO, Moacelio Veranio; MARSDEN, Melissa; ALVES, Neila Guimarães. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma Experiência no Ensino de Química Toxicológica. Química Nova, v. 34, n. 7, p. 1275-1280, 2011.

LOVATO, Fabricio Luís; MICHELOTTI, Angela; LORETO, Elgion Lucio da Silva. Metodologias Ativas de Aprendizagem: Uma Breve Revisão. Acta Scientiae, v. 20, n. 2, p. 154–171, 2018.

LUJAN, Heidi L.; DICARLO, Stephen E. Too much teaching, not enough learning: What is the solution? American Journal of Physiology - Advances in Physiology Education, v. 30, n. 1, p. 17–22, 2006.

MIRANDA, Edivan; TORRES, Fernanda Silva. Uso de aulas práticas investigativas na consolidação da aprendizagem e vivência do método científico - uma abordagem sobre grupos sanguíneos do sistema ABO. Experiências em Ensino de Ciências, v. 13, n. 4, p. 323-338, 2018.

MONTANHER, Valter César. Estratégias de ensino ativas: uma experiência com a Aprendizagem Baseada em Casos (ABC). In: ALMEIDA, Maria José P. M. de; ZANCUL, Maria Cristina de Senzi; NETO, Pedro da Cunha Pinto (Org.). . Esc. básica e Univ. parceira e produção conhecimento nas ciências da Nat. Campinas, SP: Librum, 2015. p. 448–508.

MORGADO, Sofia; LEITE, Laurinda; DOURADO, Luís; FERNANDES, Célia; SILVA, Eleutério. Ensino orientado para a Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas e ensino tradicional: um estudo centrado em “transformação de matéria e de energia”. Revista Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 2, p. 73-97, 2016.

Paciente fica “livre” de HIV após transplante de células-tronco. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/geral-47462344>. Acesso em: 6 maio. 2019.

PINHEIRO, Sheila Alves; COSTA, Ivaneide Alves Soares da; SILVA, Marques Francisco da. Aplicação e teste de uma sequência didática sobre sistema sanguíneo ABO no ensino médio de biologia. 2013, [S.l: s.n.], 2013. p. 1–8.

PSCHISKY, Alcionete. Grupos Sangüíneos Humanos nos Livros Didáticos de Biologia – Análise de Conteúdo. 2003. 246 f. Universidade Federal de Santa Catarina, 2003.

PSCHISKY, Alcionete; FERRARI, Sylvia Regina Pedrosa Maestrelli Nadir. O Tema Grupos Sangüíneos nos Livros Didáticos de Biologia no Período de 1960 a 2002. In: IV ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 2002, Anais do IV ENPEC. Bauru/BR: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, p. 1–11, 2002.

RIBAS, Antoni Font. Líneas maestras del Aprendizaje por Problemas. Revista Interuniversitaria de Formación del Profesorado, v. 18, n. 1, p. 86, 2004.

RIBEIRO, Luis Roberto de Camargo. A aprendizagem baseada em problemas (PBL): uma implementação na educação em engenharia na voz dos atores. 2005. 209 f. Universidade Federal de São Carlos, 2005.

Sangue raro presente em apenas 11 famílias brasileiras salva bebê na Colômbia. Disponível em: <https://g1.globo.com/ceara/noticia/sangue-raro-presente-em-apenas-11-familias-brasileiras-salva-bebe-na-colombia.ghtml>. Acesso em: 6 maio. 2019.

SANTANA, Ronaldo Santos; FRANZOLIN, Fernanda. O Ensino de Ciências por investigação e os desafios na práxis dos professores. REnCIMa, v. 9, n. 3, p. 218–237, 2018.

SAVERY, John R. Overview of Problem-based Learning: Definitions and Distinctions. Interdisciplinary Journal of Problem-Based Learning, v. 1, n. 1, 2006.

SOUZA, S. C.; DOURADO, L. Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. HOLOS, v. 5, p. 182–200, 2015.

TORRES, Patrícia Lupion; IRALA, Esrom Adriano F. Aprendizagem colaborativa: teoria e prática. In: TORRES, Patrícia Lupion (Org.). . Complexidade redes e Conex. na produção do conhecimento. Curitiba: Kairós Edições, 2014. p. 412.

VIEIRA, Marcelo da Silva. Material paradidático. In: VIEIRA, Marcelo da Silva. Abordagem genética e imunofisiológica dos Sistemas Sanguíneos ABO e Rh para melhor compreensão e ensino da Eritroblastose Fetal. 2013. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática), Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013. f. 79-107.

Publicado
2020-10-01
Como Citar
CEZAR-DE-MELLO, P.; GONÇALVES, P. Grupos sanguíneos a partir da aprendizagem baseada em problemas: elaboração e avaliação de uma proposta didática investigativa. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 6, p. 918-936, 1 out. 2020.
Seção
Artigos Gerais