Análise das atividades de aprendizagem dos livros didáticos de ciências e o enfoque CTS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v11i3.2669

Palavras-chave:

Ensino de Ciências, Enfoque CTS, Questões Sociocientíficas, Meio Ambiente, Saúde

Resumo

Este trabalho apresenta resultados parciais de uma pesquisa documental relativas à Livros Didáticos de Ciências; realizada na cidade de Ouro Branco - MG. A coleção analisada é aprovada pelo PNLD no triênio 2017-2019 e utilizada nas escolas públicas do município mineiro. O objetivo deste trabalho é analisar os LDC dos Anos Finais identificando as possibilidades do enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS), nas atividades de aprendizagem apresentadas nas obras. Consistiu-se em uma pesquisa qualitativa de cunho documental. Analisou-se os quatros volumes da Coleção Teláris de Ciências utilizada nos Anos Finas do Ensino Fundamental. Os resultados demonstram que na coleção analisada há muitas possibilidades de trabalho com a temáticas Saúde e Meio Ambiente, no enfoque CTS e o educador poderá relacionar o conteúdo com fatos de relevância social local. Entretanto a limitação encontrada foi que em os quatros volumes analisados não apresentam a proposta de desenvolvimento de projetos (Categoria C); estratégia que possibilitar relacionar o conteúdo com a realidade do educando.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Xavier da Penha, IFMG - Campus Ouro Branco UNICSUL - Campus Liberdade - SP

Professor do Instituto Federal de Minas Gerais - Campus Ouro Branco. Administrador. Licenciado em Matemática. Especialista em Gestão Organizacional, Pós-graduado em Tecnologia Educacional: ênfase em comunicação e educação multimídia; Psicopedagogo Clinico e Institucional e Mestre em Administração. Doutorando em Ensino de Ciências e Matemática pela Unicsul - São Paulo 

Maria Delourdes Maciel, Universidade Cruzeiro do Sul

Maria Delourdes Maciel Graduada em História Natural/Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1976); Mestrado em Educação (Supervisão e Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995); Doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001); Pós-doutorado em Educação: formação de professores pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Professora Titular III - Quadro Permanente da Universidade Cruzeiro do Sul, onde atua como docente e pesquisadora na graduação e pós-graduação. 

Referências

AIKENHEAD, G. S. The social contract of science: implications for teaching science. New York: Teachers College Press, 1994.

AULER, D. Enfoque ciência-tecnologia-sociedade: pressupostos para o contexto brasileiro. Ciência & Ensino, v. 1, número especial, novembro de 2007.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa. Edições 70, 2011.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica; Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.

CHASSOT, A. Alfabetização científica: questões e desafios para a educação. 5. ed., rev. Ijuí (RS): Unijuí, 2011.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências:

fundamentos e métodos. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

FRISON et al. Livro didático como instrumento de apoio para construção de propostas de ensino de Ciências Naturais. Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Florianópolis, nov. 2009.

GARCIA, P. S.; BIZZO, N. A pesquisa em livros didáticos de ciências e as inovações no ensino. Revista Educação em Foco, Belo Horizonte, v. 15, p. 13-35, 2010.

MINAYO, M. C. S.; DESLANDES, S. F.; GOMES, R. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Ed. Vozes, 2011.

Ratcliffe, M., & Grace, M. Science Education for Citizenship: Teaching Socio-Scientific Issues. New York: McGraw-Hill Education, 2003.

SANTOS, W. L. P. DOS; MORTIMER, E. F. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S (Ciência-Tecnologia-Sociedade) no contexto da educação brasileira. Ensaio: pesquisa em educação em ciências, v. 2, n. 2, p. 133-162, 2002.

SANTOS, W. L. P. dos. Contextualização no ensino de ciências por meio de temas CTS em uma perspectiva crítica. Revista Ciência & Ensino, vol. 1, número especial, nov. 2007. Disponível em: http://www.cienciamao.usp.br/tudo/exibir.php?midia=rcen&cod=_contextualizacaonoensin

o. Acesso em: 26 nov. 2018.

SANTOS, W. L. P. dos; MORTIMER, E. F. Abordagem de aspectos sociocientíficos em aulas de ciências: possibilidades e limitações. Investigações em ensino de Ciências, v. 14, n. 2, p. 191-218, 2009.

SANTOS, M. S.; AMARAL, C. L. C.; MACIEL, M. D. Temas Sociocientíficos “Cachaça” Em Aulas Práticas de Química na Educação Profissional: Uma Abordagem CTS. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 1, p. 227, 2012.

VON LINSINGEN, I. Perspectiva educacional CTS: aspectos de um campo em consolidação na América Latina. Ciência & Ensino, Campinas, v. 1, p. 1-16, 2007. Disponível em: http://prc.ifsp.edu.br:8081/ojs/index.php/cienciaeensino/article/view/150. Acesso em: 17 dez. 2018.

Downloads

Publicado

2020-05-05

Como Citar

PENHA, P. X. da; MACIEL, M. D. Análise das atividades de aprendizagem dos livros didáticos de ciências e o enfoque CTS. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 3, p. 69-84, 2020. DOI: 10.26843/rencima.v11i3.2669. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2669. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>