Abordagem temática freireana do tema-dobradiça “crianças com microcefalia por Zika vírus”: a análise textual discursiva de um fórum online com estudantes do curso de Terapia Ocupacional

Palavras-chave: Tema-dobradiça, Fóruns online, Ensino híbrido

Resumo

Esse estudo emergiu de um incômodo epistemológico gestado numa experiência de ensino híbrido no 1º período do curso de Terapia Ocupacional da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL). A experiência se deu na disciplina de Histologia (2019.1), ofertada na última unidade de ensino na modalidade híbrida, na qual foi explorado o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Moodle. Dentre as interfaces online utilizadas nessa experiência, destacou-se o fórum de discussão, cujo desenho didático foi estruturado a partir do conceito de tema dobradiça. Em face da forma como o fórum foi construído e dos diálogos estabelecidos, surgiu a seguinte questão de pesquisa que nos mobilizou a essa investigação: Quais as potencialidades dos temas dobradiça para o desenvolvimento de diálogos em fóruns online? Os objetivos pretendidos com essa pesquisa de cunho qualitativo foram: analisar os diálogos dos estudantes no fórum online; descrever as relações das ideias dos educandos com o tema-dobradiça proposto; e, principalmente, avaliar as contribuições do tema-dobradiça na formação profissional do terapeuta ocupacional. Para isso, utilizamos a metodologia da Análise Textual Discursiva (ATD). A partir desta, constatamos que a maior potencialidade do tema dobradiça proposto foi instigar o protagonismo dos estudantes no seu processo de aprendizagem. Ao procurar conectar dialogicamente os educandos e os conteúdos programáticos da última unidade de ensino de Histologia, propiciamos a eles/elas assumirem-se como seres autônomos, ou seja, seres pensantes, comunicantes e potenciais transformadores da realidade que lhes cercam e/ou que lhes cercarão um dia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, M. G. Importância da mediação pedagógica nos textos didáticos escritos para a educação a distância. In: MERCADO, L. P. (Org.). Fundamentos e práticas na educação a distância. Maceió: Edufal, 2009, p. 97-112.

BELIZÁRIO, Aluízio. O material didático na educação a distância e a constituição de propostas interativas. In: SILVA, Marco (org.). Educação online. São Paulo: LOYOLA. 2ª ed.: jun/2006, p. 137-148.

COSTA, C. J; MOTTA FILHO, L. G. Um modelo para a gestão da qualidade do material didático na educação a distância. In: MERCADO, L. P. (org.). Fundamentos e práticas na educação a distância. Maceió: Edufal, 2009, p. 67-82.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Bookman, 2009.

FOLHA, Débora Ribeiro da Silva Campos; et al. Terapia Ocupacional e a atenção a crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus na perspectiva da Intervenção Precoce. Revista Argentina de Terapia Ocupacional, ano 4, n. 1, 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro/ São Paulo: Paz e Terra, 2018.

GONÇALVES, Maria Ilse Rodrigues. Avaliação no contexto educacional online: fundamentos. In: SILVA, Marco; SANTOS, Edméa Santos (Orgs). Avaliação da aprendizagem em educação online. São Paulo: LOYOLA, 2ª ed.: jun/2006, p. 171-181

GUIMARÃES, Ligia. As crianças da zika esquecidas em Alagoas, entre o futuro incerto e o medo da pneumonia. BBC News Brasil, junho de 2019. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/brasil-48504182>. Acesso em: 26 jun. 2019.

LEITE, Ana. Como cuidar da criança com a Síndrome Congênita do Zika Vírus: o trabalho do terapeuta ocupacional. REAB, 15 de agosto de 2018.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. 3º ed. São Paulo: Editora 34, 2010.

MILLI, Júlio César Lemos; SOLINO, Ana Paula; GEHLEN, Simoni Tormӧhlen. A análise textual discursiva na investigação do tema gerador: por onde e como começar? Investigações em Ensino de Ciências, v. 21, n. 1, p. 200-229, abr. 2018.

MORAN, José. Contribuições para uma pedagogia da educação on-line. In: SILVA, Marco. Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. São Paulo: Loyola, 2003. p. 39-50

PITA, Marina. Apenas uma em cada 4 crianças afetadas pela síndrome congênita do Zika conseguiu o BPC. Agência Patrícia Galvão, 23 de junho de 2016. Disponível em:< https://agenciapatriciagalvao.org.br/mulheres-de-olho/dsr/apenas-uma-em-cada-4-criancas-afetadas-pela-sindrome-congenita-do-zika-conseguiu-o-bpc/ >. Acesso em: 04 set 2019.

Projetos concedem pensão vitalícia para crianças com microcefalia causada pelo vírus Zika. Agência Senado, 17 de julho de 2018. Disponível em: <https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/07/17/projetos-concedem-pensao-vitalicia-para-criancas-com-microcefalia-causada-pelo-virus-zika>. Acesso em: 26 jun. 2019.

RAMAL, Andrea Cecília. Educação com tecnologias digitais: uma revolução epistemológica em mãos do desenho instrucional. In: SILVA, Marco (Org.). Educação online. São Paulo: LOYOLA. 2ª ed.: jun/2006, p. 185-200.

ROCHA, Eva Louise Lucena Rocha. A terapia ocupacional na atenção ao bebê com microcefalia: um relato de experiência. 33f. 2016. Monografia (Graduação em Terapia Ocupacional) – Curso de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.

SANTOS, Edméa; CARVALHO, Felipe da Silva Ponte de; SANTOS, Rosemary dos. Composições híbridas na pesquisa-formação multirreferencial. Tempos e Espaços em Educação, v. 7, n. 14, set/dez, 2014, p. 53-61.

SANTOS, Edméa; SILVA, Marco. O desenho didático interativo na educação online. Revista Iberoamericana de Educación, v. 49, p. 267-287, 2009.

SILVA, Ivanderson Pereira da; NUNES, Emanuelly Torres; MERCADO, Luis Paulo Leopoldo. Experimentos virtuais no estágio supervisionado de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 33, n. 3, p. 1115-1144, dez. 2016.

SILVA, Marco. Criar e professorar um curso online: relato de experiência. In: SILVA, M. (Org.). Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. 4. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2012, p. 53-76.

SOUSA et al, Polliane Santos de. Investigação temática no contexto do ensino de ciências: relações entre a abordagem temática freireana e a práxis curricular via tema gerador. Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Alexandria, v. 7, n.2, p. 155-177, novembro 2014.

SOUSA, Robson Simplicio de; GALIAZZI, Maria do Carmo; SCHMIDT, Elisabeth Brandão. Interpretações fenomenológicas e hermenêuticas a partir da análise textual discursiva: a compreensão em pesquisas na educação em ciências. Revista Pesquisa Qualitativa. São Paulo (SP), v. 4, n. 6, p. 311-333, dez. 2016.

UNCISAL. Uncisal cria espaço para crianças com a síndrome congênita do Zika vírus. Texto: Eduardo Almeida / Fotos: João Paulo Alves, outubro 18, 2018. Disponível em: <https://www.uncisal.edu.br/uncisal-cria-espaco-para-criancas-portadoras-da-sindrome-congenita-do-zika-virus/> Acesso em: 04 set. 2019.

Publicado
2020-01-01
Como Citar
FÉLIX, V. P.; SILVA, I. Abordagem temática freireana do tema-dobradiça “crianças com microcefalia por Zika vírus”: a análise textual discursiva de um fórum online com estudantes do curso de Terapia Ocupacional. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 1, p. 442-458, 1 jan. 2020.
Seção
Artigos Gerais