Aprendizagem adaptativa online: uma experiência usando trilhas e chatbot para desenvolver competências básicas em língua portuguesa e matemática para o ensino superior

Palavras-chave: Sistemas Adaptativos, Personalização da Aprendizagem Trilhas de Aprendizagem, Educação a Distância, Educação Superior

Resumo

Este trabalho apresenta uma proposta de sistema de aprendizagem adaptativa online piloto, estruturado por meio trilhas de aprendizagem e integração de chatbot para subsidiar o desenvolvimento de competências básicas dos estudantes ingressantes em cursos superiores. O sistema online adaptativo foi utilizado para o desenvolvimento de dois cursos online com o objetivo de promover as competências básicas de aprendizagem em Matemática Básica e Língua Portuguesa.  O estudo recorreu à metodologia de pesquisa design-based research que se caracteriza, entre outros aspectos, por ciclos de iterações e contínuas melhorias dos artefatos ou sistemas desenvolvidos. Neste artigo apresentamos a fundamentação da literatura e o compartilhamento das etapas de desenvolvimento do sistema proposto e de sua aplicação em 02 cursos de extensão online em uma instituição de ensino superior brasileira. Um total de 10 mil estudantes foram impactados com a formação. Dos resultados obtidos até aqui, destaca-se que com a importância da metodologia de design-based research para o desenvolvimento do sistema adaptativo piloto e suas sucessivas melhorias e que a integração de um assistente virtual, amplia-se a possibilidade de personalização do ensino. Relativamente aos resultados, pode-se dizer que o sucesso obtido com o projeto piloto se deve muito às possibilidades advindas da nova geração de ambientes virtuais, como por exemplo, a combinação e integração de tecnologias digitais que possam se aproximar das necessidades específicas dos estudantes; formas de avaliar e dar feedbacks durante o processo da aprendizagem. De modo geral, as estratégias adaptativas adotadas representam uma contribuição para o ensino, na melhoria dos indicadores de permanência do estudante, além de potencializar a experiência do usuário e permitir a recomendação de conteúdos.

Palavras-chave: Sistemas Adaptativos, Personalização da Aprendizagem Trilhas de Aprendizagem; Educação a Distância; Educação Superior;

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, T., e SHATTUCK, J. Design-based research: A decade of progress in education research?. Educational researcher, 41(1), 16-25, 2012.

FONTE, F. A., RIAL, J. C. B., NISTAL, M. L.. Tq-bot: an aiml-based tutor and evaluator bot.

Journal of Universal Computer Science, 15(7), 1486-1495, 2009.

GARRISON, R; ANDERSON,T. E-Learning in the 21st century. London: Routledge Falmer, 2003.

GEMIGNANI, E. Y. M. Y. Formação de professores e metodologias ativas de ensino- aprendizagem: ensinar para a compreensão. (Vol.1) Recife: Fronteiras da Educação, 2013.

GRAF, S., LIN, F., KINSHUK, A., e MCGREAL, R. Intelligent and Adaptive Learning Systems: Technology Enhanced Support for Learners and Teachers.IGI Global, 2012.

KATSIFLI, D. Reasons to care about Adaptive online learning. Disponível em: http://blog.blackboard.com/adaptive-online-learning/?lang=uk. Acesso 20.05.2019.

KEEFE, James W. Learning style: An overview. Student learning styles: Diagnosing and prescribing programs, v. 1, p. 1-17, 1979.

NICOLETE, P.C. Integração de tecnologia na educação: grupo de trabalho em experimentação remota móvel. (Dissertação de Mestrado não publicada). Universidade Federal de Santa Catarina, Araranguá, 2016.

OLIVEIRA; T.S. e NAUROSKI, E. Novas modalidades de ensino como forma de mudança social – análise do impacto do EAD no desenvolvimento regional. In XI Jornadas Latino- Americanas de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (s.p.) Curitiba: ESOCITE 2016, 2016.

OLIVER, R. Exploring strategies for online teaching and learning. Distance Education Journal. 20:2, 1999. 240-254.

OTA, M.A. Adaptatividade em ambientes virtuais: uma proposta para personalizar a aprendizagem em cursos híbridos de ensino superior. (Tese de Doutorado não publicada). Universidade do Cruzeiro do Sul, São Paulo, 2018.

PRIMO, Alex et al. O uso de chatterbots na educação à distância. LEC/UFRGS Projeto: Rede Telemática para Formação de Educadores MEC/OEA. Porto Alegre, 2000.

RAMOS, D., Oliveira, E., MONTEVERDE, I., e OLIVEIRA, K. Trilhas de Aprendizagem em Ambientes Virtuais de Ensino-aprendizagem: Uma Revisão Sistemática da Literatura. In Anais do XXVI Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE 2015), 2015. pp. 338-347.

REEVES, T.C. Design research from a technology perspective. In J. van den Akker, K. Gravemeijer, S. McKenney, & N. Nieveen (Eds.), Educational design research (pp. 52- 66). London: Routledge, 2006.

REATEGUI, Eliseo; LORENZATTI, Alexandre. Um assistente virtual para resolução de dúvidas e recomendação de conteúdo. Encontro Nacional de Inteligência Artificial, 2005

RIST, Thomas et al. Adding animated presentation agents to the interface. In: Proceedings of the 2nd international conference on Intelligent user interfaces. ACM, 1997. p. 79-86.

SANTOS, Leila Maria Araújo. A inserção de um agente conversacional animado em um ambiente virtual de aprendizagem a partir da teoria da carga cognitiva. 2009.

SGANDERLA, Rachele Bianchi et al. BonoBOT: Um chatterbot para interação com usuários em um sistema tutor inteligente. In: Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE). 2003. p. 435-444.

TAFNER, E. P et al. Trilhas de aprendizagem: uma nova concepção nos ambientes virtuais de aprendizagem–AVA. In Congresso Internacional de Educação a Distância (Vol. 18), 2012.

TIBOLA, L. et al. Virtual laboratory for promoting engagement and complex learning. In E- Learn: World Conference on E-Learning in Corporate, Government, Healthcare, and Higher Education. Association for the Advancement of Computing in Education (AACE), 2014.

TRUONG, Huong May. Integrating learning styles and adaptive e-learning system: Current developments, problems and opportunities. Computers in human behavior, v. 55, p. 1185-1193, 2016.

U.S. Department of Education, Office of Educational Technology (2017). Reimagining the role of technology in education: 2017 national education technology plan update. Available at: https://tech.ed.gov/files/2017/01/NETP17.pdf (Accessed: 14 April 2018).

XIE, Haoran et al. Trends and development in technology-enhanced adaptive/personalized learning: A systematic review of journal publications from 2007 to 2017. Computers & Education, p. 103599, 2019.

Publicado
2019-07-18
Como Citar
OTA, M. A.; TRINDADE, S. D.; ARAÚJO JÚNIOR, C. F.; SOUZA, A. M. DA C. Aprendizagem adaptativa online: uma experiência usando trilhas e chatbot para desenvolver competências básicas em língua portuguesa e matemática para o ensino superior. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 4, p. 56-69, 18 jul. 2019.
Seção
Artigos Gerais