O Cálculo Diferencial e Integral na Universidade de Brasília: estratégia metodológica em estudo

  • Luciana Avila Rodrigues Universidade de Brasília
  • Regina Silva Pina Neves Universidade de Brasília
Palavras-chave: Aprendizagem, Ensino Superior, Cálculo Diferencial e Integral

Resumo

As dificuldades de aprendizagem, os índices de reprovação e a evasão na disciplina de Cálculo Diferencial e Integral (CDI), no Brasil ou no exterior, têm se constituído, cada vez mais, em objeto de investigação em Educação Matemática. Assim, ampliam-se os estudos em busca de compreensão e de metodologias de enfrentamento para este cenário.  Nesse sentido, o presente estudo tem como objetivo compreender os procedimentos de resolução de problemas de otimização por estudantes de CDI, observando as possibilidades de construí-los por meio de conceitos e procedimentos do Ensino Médio e CDI. Participaram do estudo 56 estudantes, ingressantes no primeiro e no segundo semestre de 2018, do curso de Matemática, da Universidade de Brasília. Os resultados mostram que os estudantes, em sua maioria, apresentaram dificuldades conceituais em tópicos curriculares do Ensino Médio, entre eles, equações algébricas e funções; alguns perceberam o quanto os conceitos e procedimentos de Ensino Médio podem auxiliar na compreensão de conceitos de CDI. Ademais, os achados da pesquisa explicitam a importância do estudo para a compreensão da conceituação em Matemática dos estudantes ingressantes do curso de modo a possibilitar a reconstrução de alternativas metodológicas para a disciplina de CDI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVARENGA, K. B.; DÖRR, R. C.; VIEIRA, V. D. O ensino e a aprendizagem de cálculo diferencial e integral: características e interseções no centro-oeste brasileiro. REBES - Rev. Brasileira de Ensino Superior, v.2, n. 4, p. 46-57, Out.- Dez., 2016 - ISSN 2447- 3944.

BARUFI, M. C. B. A construção/negociação de significados no curso universitário inicial de Cálculo Diferencial e Integral. 1999. 185f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, USP, São Paulo, 1999.

DÖRR. R. C. Análises de aprendizagens em cálculo diferencial e integral: um estudo de caso de desenvolvimento de conceitos e procedimentos algébricos em uma universidade pública brasileira. 2017. 237f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação do Doutorado Acadêmico da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, 2017.

DÖRR, R. C.; MUNIZ, C. A.; PINA NEVES, R. S. Operações algébricas e funções como obstáculos à aprendizagem no cálculo. In: 1º Simpósio Latino-Americano de Didática da Matemática, 2016, Bonito, MS. Anais do 1º LADIMA, Bonito, MS, 2016.

DÖRR, R. C.; PINA NEVES, R. S. O ensino e a aprendizagem do Cálculo Diferencial e Integral na Universidade de Brasília. Relatório de pesquisa – Primeira Parte, Brasília, 2017.

ESCHER, Marco Antônio. Dimensões Teórico-Metodológicas do Cálculo Diferencial e Integral: perspectivas históricas e de ensino e aprendizagem. 2011. 222 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática). Universidade Est. Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro. 2011.

GARCIA, B.R.Z.; BOHN, L.R.D.; ARAÚJO, M.I.S. Universidade e extensão: uma relação dialógica entre formação profissional e compromisso social. In: SÍVERES, L. (org.). A Extensão Universitária como um princípio de aprendizagem. Brasília: Liber Livro, 2013.

GUIDORIZZI, H. L. Um curso de Cálculo, v.1, Livros Técnicos e Científicos Ed. Ltda, 5 Edição (2001).

LIMA, G. L. O ensino do cálculo no Brasil: breve retrospectiva e perspectivas atuais. In: XI Encontro Nacional de Educação Matemática, 11, 2013, Curitiba. Anais... Curitiba: SBEM, 2013. p. 01-15.

LIRA, A. F. O processo da construção do conceito matemático de limite pelo aprendiz com a utilização de objetos digitais. 2008. 119 f. Tese de (Doutorado)-. Programa de Pós-graduação em Informática na Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008.

MALTA, I. Linguagens, Leitura e Matemática, In: CURY, H. N. Disciplinas Matemáticas em cursos Superiores: reflexões, relatos, propostas. Porto Alegre, EDIPUCRS, p. 41- 62, 2004.

NASSER, L. Uma pesquisa sobre o desempenho de alunos de Cálculo no traçado de gráficos. In: FROTA, M. C. R.; NASSER, L. (Orgs.) Educação Matemática no Ensino Superior: Pesquisas e Debates. Recife: SBEM, p. 43-58, 2009.

NASSER, L. Transição do Ensino Médio para o Superior: como minimizar as dificuldades em Cálculo In: V Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática. Petrópolis, 2012, Anais... Petrópolis, 2012.

OLIVEIRA, M. C. A.; RAAD, M. R. A existência de uma cultura escolar de reprovação no ensino de Cálculo. Boletim Gepem, nº 61, p. 125-137, jul./dez 2012.

PAVANELO, E.; LIMA, R. Sala de Aula Invertida: a análise de uma experiência na disciplina de Cálculo I. Bolema, Rio Claro (SP), v. 31, n. 58, p. 739-759, ago. 2017.

RASMUSSEN, C.; MARRONGELLE, K.; BORBA, M. Research on calculus: what do we know and where do we need to go? ZDM Mathematics Education, v. 46, p. 507–515, 2014.

REIS, F.S. A tensão entre rigor e intuição no ensino de Cálculo e Análise: a visão de professores-pesquisadores e autores de livros didáticos. 2001. 302f. Tese de (Doutorado)- Programa de Pós-Graduação em Educação. Faculdade de Educação. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2001.

SANTOS, E. R. Análise da produção escrita em matemática: de estratégia de avaliação a estratégia de ensino. 2014. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

SOUSA, G. C. Impacto de programas auxiliares na disciplina de cálculo diferencial e integral I. In: VI Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática - SIPEM, 2015, Pirenópolis. Anais... Pirenópolis, 2015.

THOMAS, G, B. Cálculo. Volume 1. São Paulo: Addison Wesley, 2009.

ZUIN, E. S. L. Cálculo, uma abordagem histórica. In: LACHINI, J.; LAUDARES J. B. (Orgs.). Educação Matemática: A prática educativa sob o olhar de professores de Cálculo. Belo Horizonte: Fumarc, p. 13-38, 2001.

Publicado
2019-06-03
Como Citar
RODRIGUES, L. A.; NEVES, R. S. P. O Cálculo Diferencial e Integral na Universidade de Brasília: estratégia metodológica em estudo. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 2, p. 97-111, 3 jun. 2019.
Seção
Artigos Gerais