Representações Semióticas: contribuições para o estudo do conceito de Função

  • Vania Bolzan Denardi Universidade Federal de Santa Maria
  • Eleni Bisognin Universidade Franciscana
Palavras-chave: Educação Matemática, Formação Inicial de Professores, Função, Registro de Representação, Trajetória Hipotética de Aprendizagem

Resumo

Neste artigo apresenta-se os resultados de uma investigação que teve como propósito analisar uma trajetória hipotética de aprendizagem, realizada com alunos de um curso de formação inicial de professores de Matemática, para construção do conceito de função. Para tanto, adotou-se os pressupostos teóricos dos Registros de Representação Semiótica de Duval. A pesquisa de cunho qualitativo contou com a participação de dezesseis alunos matriculados na disciplina de Matemática Elementar de uma universidade pública, localizada no interior do estado do Rio Grande do Sul. A análise dos dados, os quais foram coletados por meio das produções dos alunos e das anotações do diário de campo da pesquisadora, foi realizada com base na tripla análise sugerida por Duval. Os resultados apontam para a superação de diversas dificuldades, sendo possível afirmar que ocorreu um avanço significativo na compreensão do conceito de função, ou seja, uma “progressão na aprendizagem” dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, A. A.; SANTOS, C. A. B. Um Cenário das Pesquisas envolvendo a Teoria Dos Registros de Representação Semiótica em edições do SIPEM. REnCiMa, v. 10, n.1, p.228-245, 2019.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação Qualitativa em Educação. Porto: Porto, 1994.

BRUNHEIRA, L. Uma trajetória de aprendizagem para a classificação e definição de quadriláteros. In: Educação e Matemática, Revista da Associação de Professores de Matemática, Lisboa, Edição 145, p. 33-37, 2017.

CLEMENTS, D. H.; SARAMA, J. Learning trajectories in mathematics education. Mathematical thinking and learning 6(2), p. 81-89, 2004.

DUVAL, R. Semiósis e pensamento humano: Registros semióticos e aprendizagens intelectuais. Trad. Lênio Fernandes Levy e Marisa Rosâni Abreu Silveira. São Paulo: Livraria da Física, 2009.

DUVAL, R. Ver e ensinar a matemática de outra forma: entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. São Paulo: PROEM, 2011.

DUVAL, R. Registros de Representações Semióticas e Funcionamento cognitivo da compreensão em Matemática. (2013a). In: MACHADO, S. D. A. Aprendizagem em Matemática: Registros de Representação Semiótica. Campinas, SP: Papirus, 2013.

DUVAL, R. Entrevista: Raymond Duval e a Teoria dos Registros de Representações Semióticas. (2013b). In: Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v.2, nº 3, jul-dez 2013. Entrevista concedida a José Luiz Magalhães de Freitas e Veridiana Rezende.

GRAVINA, M. A. O Potencial Semiótico do Geogebra na Aprendizagem da Geometria: uma experiência ilustrativa. VIDYA, v. 35, n. 2, p. 237-253, 2015.

MELO, E. V.; FIREMAN, E. C. Ensino e Aprendizagem de Funções Trigonométricas por meio do Software GeoGebra aliado à Modelagem Matemática. REnCiMa, v.7, n.5, p. 12- 30, 2016.

OLIMPIO, A. A. Primeiro Ano num Curso de Matemática: a definição de função e a dualidade local/global em conceitos de Cálculo. Revista BOLEMA: Boletim de Educação Matemática, Rio Claro, v. 20, nº 28, p. 39 – 67, 2007. Disponível em: < http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/bolema/issue/view/735 >. Acesso em 28 abr., 2018.

ORTS, A.; LLINARES, S.; BOIGUES, F. Elementos para una Descomposición Genética del concepto de recta tangente. AIEM: Avances de Investigación en Educación Matemática. n. 10, p. 111-134, 2016.

PEDROSO, L. W.; BÚRIGO, E. Z. A construção do conceito de função por estudantes de Cálculo. In: Encontro Nacional de Educação Matemática. Educação Matemática, 2007, Belo Horizonte/MG. Anais... Belo Horizonte, 2007. Disponível em: http://www.sbembrasil.org.br/files/ix_enem/Html/comunicacaoCientifica.html >. Acesso em 30 abr., 2018.

PIRES, R. F. Função: Concepção de Professores e Estudantes dos Ensinos Médio e Superior, 2014. 439 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Programa de Pós- Graduação em Educação Matemática da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 2014.

RASMUSSEN, C., MARRONGELLE, K.; BORBA, M. C. Research on calculus: what do we know and where do we need to go? ZDM Mathematics Education, Berlim (Alemanha), v. 46, p. 507-515, 2014.

SIMON, M, A. Reconstructing mathematics pedagogy from a contrustivist perspective. Journal for Research in Mathematics Education, 26(2), p.114-145, 1995.

Publicado
2019-06-03
Como Citar
DENARDI, V. B.; BISOGNIN, E. Representações Semióticas: contribuições para o estudo do conceito de Função. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 2, p. 142-159, 3 jun. 2019.
Seção
Artigos Gerais