Investigação sobre o desenvolvimento do processo dedutivo nos cursos de Licenciatura em Matemática

Autores

  • Lilian Nasser Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • João Caldato Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v10i2.2333

Palavras-chave:

processo dedutivo, formação de futuros professores, ENADE

Resumo

Este artigo relata parte de uma pesquisa que visa investigar se os cursos de Licenciatura em Matemática preparam os futuros professores para explorar, em suas aulas, atividades que promovam o desenvolvimento do pensamento dedutivo. O trabalho foi motivado pela observação de que, em geral, os professores de Matemática não se preocupam em desenvolver a habilidade de argumentação de seus alunos e não valorizam as justificativas informais apresentadas. Esse comportamento pode ser justificado pela formação prévia desses professores. Se o licenciando não teve oportunidade de vivenciar atividades que demandam argumentação ou provas na Escola Básica, é necessário que ele tenha essa experiência durante o curso de formação de professores. No entanto, os resultados de questões discursivas do ENADE que requerem raciocínio dedutivo evidenciam um desempenho preocupante dos licenciandos nesse quesito, pois as médias das notas são, em geral, muito baixas, sendo que a maioria das respostas ficou em branco. Em algumas questões, as respostas apresentadas se baseavam em argumento de natureza empírica, apenas experimentando a validade da afirmativa para poucos exemplos. Os relatórios indicam que os estudantes não encontram nos cursos de graduação em Matemática oportunidades para superarem tais dificuldades. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-06-03

Como Citar

NASSER, L.; CALDATO, J. Investigação sobre o desenvolvimento do processo dedutivo nos cursos de Licenciatura em Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 80–96, 2019. DOI: 10.26843/rencima.v10i2.2333. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2333. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos