As contribuições de uma oficina pedagógica com jornais impressos na aquisição da aprendizagem a partir da teoria Ator-Rede (tar): a tragédia de Mariana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v11i2.2246

Palavras-chave:

Aprendizagem, Desastre ambiental, Teoria Ator-Rede

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar as contribuições de uma oficina pedagógica com reportagens de jornais sobre o desastre da Samarco em 2015 no processo de ensino e aprendizagem de alunos do 3° ano do ensino médio. O referencial teórico-analítico adotado nesta pesquisa se pautou na Teoria Ator-Rede (TAR). Segundo a TAR humanos e não-humanos possuem a mesma importância ontológica e que quando se analisa uma prática sociomaterial como um processo de ensino deve-se investigar a aprendizagem como um “efeito” das associações e fluxos das redes performadas. Nossos resultados indicam que a oficina contribuiu para a aprendizagem dos alunos, uma vez que esses sujeitos se envolveram em novas alianças formadas durante o desenvolvimento da oficina. Entendemos que a oficina com jornais deve ser difundida e desenvolvida nas escolas, bem como os objetos, como os jornais, ser tomados para análise com a mesma relevância que as entidades humanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-30

Como Citar

DOS REIS, A. L.; SILVA, F. A. R. e. As contribuições de uma oficina pedagógica com jornais impressos na aquisição da aprendizagem a partir da teoria Ator-Rede (tar): a tragédia de Mariana. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 107–126, 2020. DOI: 10.26843/rencima.v11i2.2246. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2246. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos