Estimulando a formação do sujeito ecológico em alunos de Ensino Fundamental: contribuições dos livros didáticos de Ciências

  • Cadidja Coutinho Universidade Federal do Pampa
  • Raquel Ruppenthal Universidade Federal do Pampa
  • Martha Bohrer Adaime Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Material didático, Análise do livro didático, Educação Ambiental

Resumo

Uma visão mais responsável para a proteção ambiental pode fornecer diretrizes às atividades educativas que visam desenvolver a consciência ambiental entre os jovens. Essas atividades necessitam de planejamento e de embasamento teórico, muitas vezes oriundo do livro didático. Deste modo, o presente trabalho buscou verificar como os aspectos da Educação Ambiental são abordados pelos Livros Didáticos de Ciências, observando se a abordagem contribui para a construção de um perfil de conhecimentos esperados, e também se os livros estão em consonância com o que é desejável para o ensino da temática atrelada à educação científica. A análise contou com uma amostra de livros didáticos disponíveis numa escola pública da região Noroeste Rio-Grandense. Os resultados demonstraram que o número de páginas que apresentam alguma indicação para Educação Ambiental ainda é restrito e que existe uma carência de informações sobre sustentabilidade atreladas ao conteúdo teórico dos livros analisados. Quando presente as informações estão relacionadas a um conteúdo específico, principalmente nos exemplares indicados para o 6º ano do Ensino Fundamental. Sendo assim, pode-se concluir que existe a possibilidade de associar o ensino ao ambientalismo, utilizando-a como facilitador a fim de proporcionar o máximo benefício educacional e potencial exploratório da mesma para aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AYRES, F. M.; AMARAL, C. L. C. A questão da sustentabilidade ambiental no ensino de química. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 7, n. 5, p. 01-11, 2016.

DEREVENSKAIA, O. Active Learning Methods In Environmental Education Of Students. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 131, p. 101-104, 2014.

GUERRETTAZ, A. M.; JOHNSTON, B. Materials in the classroom ecology. The Modern Language Journal, v. 97, n. 3, p. 779-796, 2013.

HARWOOD, N. English language teaching textbooks: content, consumption, production. Springer, 2013.

JEOVANIO-SILVA, V. R. M.; JEOVANIO-SILVA, A. L.; CARDOSO, S. P. Um olhar docente sobre as dificuldades do trabalho da educação ambiental na escola. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 5, p. 256-272, 2018.

LIMÓN, D. Environmental education: Proposals for change for a committed society. Barcelona: PP. 2000.

MARINKOVIĆ, S.; ERIĆ, M. The Problem of Value in a Textbook. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 128, p. 72-76, 2014.

MIGUEL, N. M. Textbook consumption in the classroom: Analyzing a classroom Corpus. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 198, p. 309-319, 2015.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento. 14. ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

PENAGOS, W. M. M. Environmental education and education for sustainable development to the planetary crisis: demands of teacher training processes. Tecné, Episteme y Didaxis, v.26, p. 7-35, 2009.

ROMERO, R. M. Some obstacles and prospects of environmental education. 2014. In: Visions Latin American of the environmental education in Mexico. Memories of the Forum Tbilisi + 31 Shafía Súcar Súccar (coord.). (2011).

SAUVÉ, L.;ORELLANA, I. A formação continuada de professores em educação ambiental: a proposta da EDAMAZ. In: SANTOS, J. E. dos ; SATO, M. contribuições da Educação ambiental à esperança de pandora. São Carlos, SP: Rima, p. 273 -287, 2001.

SHAWER, S. F. Classroom-level curriculum development: EFL teachers as curriculum- developers, curriculum-makers and curriculum-transmitters. Teaching and teacher education, v. 26, n. 2, p. 173-184, 2010.

SILVA, L. S.; HENNING, P. C.; VIEIRA, V. T. Alfabetização, livros didáticos e educação ambiental: produção de sujeitos na contemporaneidade. Educação em Perspectiva, v. 8, n. 1, p. 36-53, 2017.

SLAVOLJUB, J.; ZIVKOVIC, L.; SLADJANA, A.; DRAGICA, G.; ZORICA, P. S. To the environmental responsibility among students through developing their environmental values. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 171, p. 317-322, 2015.

SRBINOVSKI, M.; ISMAILI, M.; ZENKI, V. Didactic preconditions for environmental education in the Macedonian secondary schools. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 116, p. 88-94, 2014.

VALDERRAMA-HERNÁNDEZ, R.; ALCÁNTARA, L.; LIMÓN, D. The Complexity of Environmental Education: Teaching Ideas and Strategies from Teachers. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 237, p. 968-974, 2017.

Publicado
2019-06-21
Como Citar
COUTINHO, C.; RUPPENTHAL, R.; ADAIME, M. B. Estimulando a formação do sujeito ecológico em alunos de Ensino Fundamental: contribuições dos livros didáticos de Ciências. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 3, p. 79-92, 21 jun. 2019.
Seção
Artigos Gerais