Afetividade no ensino de métodos quantitativos em curso de especialização de Gestão Pública Municipal, na modalidade a distância, do Instituto Federal do Espírito Santo

Autores

  • Octavio Cavalari Júnior Universidade Cruzeiro do Sul
  • Juliano Schimiguel Universidade Cruzeiro do Sul

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v9i6.2065

Palavras-chave:

Afetividade, Métodos Quantitativos, Aprendizado, Educação a Distância

Resumo

A educação a distância é uma realidade no que tange aos métodos de ensino. O presente estudo faz o levantamento histórico da evolução do ensino nessa modalidade no panorama mundial e brasileiro e analisa as interações entre a afetividade e o aprendizado em disciplinas que envolvam métodos quantitativos. O objetivo geral do trabalho é compreender em que medida a afetividade, envolvida na relação professor/tutor e estudante, contribui para uma aprendizagem efetiva em ambiente virtual no curso de especialização em Gestão. O estudo foi norteado identificando a forma como o professor trabalha com o conteúdo da disciplina, oferecida em ambiente virtual, e como se estabelecem os vínculos afetivos com os estudantes, além disso, avaliando a compreensão dos estudantes acerca do conteúdo trabalhado e o seu envolvimento afetivo com a forma de trabalho do professor. A proposta foi compreender os ganhos com afetividade ligada à modalidade EaD, quanto a disciplinas que envolvam métodos quantitativos e, por fim, propor uma metodologia para se trabalhar essas em cursos de gestão na modalidade EaD. A pesquisa de campo foi realizada no período de maio de 2010 a dezembro de 2011, tomando por base a disciplina de Gestão Logística e, de forma qualitativa e quantitativa, através de levantamento bibliográfico, análise documental e entrevistas coletivas, via web conferência, com os alunos das 25 (vinte e cinco) turmas de diferentes cidades do Estado do Espírito Santo, do curso de Gestão Pública Municipal, um projeto do PNAP/CAPES, em parceria com o Instituto Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo, para entender as relações de afetividade presentes na metodologia EaD e o aprendizado no curso ofertado. O resultado do estudo nos inclina a entender que, apesar de empregar tecnologias atuais que visavam ao aprendizado nessa modalidade, os dados obtidos ressaltam a importância do diálogo e da afetividade nas relações entre instituição e alunos. A pesquisa apresentada traz indicadores que podem ser utilizados para facilitar a aprendizagem através da afetividade em disciplinas que envolvam métodos quantitativos na modalidade a distância

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-19

Como Citar

JÚNIOR, O. C.; SCHIMIGUEL, J. Afetividade no ensino de métodos quantitativos em curso de especialização de Gestão Pública Municipal, na modalidade a distância, do Instituto Federal do Espírito Santo. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 6, p. 38, 2018. DOI: 10.26843/rencima.v9i6.2065. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2065. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>