Identificando potencialidades e limitações da perspectiva curricular “situação de estudo”: um estudo de caso em dois contextos escolares

  • Luciana Resende Allain Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Geraldo Wellington Rocha Fernandes Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri https://orcid.org/0000-0002-1337-1236
  • Samuel Cunha Oliveira Giordani Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
  • Isabella Gama Santos Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Brenda Martins Cotta Salomé Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Patrícia de Souza Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Gabriela Ribeiro Mourão Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Matheus Moreira Chaves Pinto Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Palavras-chave: Situação de Estudo, Currículo, Interdisciplinaridade, Limites e Potencialidades

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de apresentar os limites e possibilidades da perspectiva curricular Situação de Estudo (SE) em duas escolas públicas, durante as feiras de Ciências que ocorreram na Semana da Educação para a Vida em 2017 na cidade de Diamantina-MG. Para compreender as potencialidades e limitações das SEs, participaram da pesquisa os licenciandos envolvidos no PIBID Biologia da UFVJM e dois professores supervisores do PIBID (um em cada escola). A coleta de dados consistiu na análise dos diários de campo da coordenadora de área e dos pibidianos e na realização de um grupo focal com os sujeitos participantes, cujas falas foram transcritas e analisadas pela Análise Textual Discursiva (ATD). Por meio do processo de categorização da ATD, os resultados foram evidenciados em cinco categorias pré-estabelecidas: 1) Surgimento dos temas; 2) Interdisciplinaridade; 3) Diálogo/Interação; 4) Organização da feira; e 5) Limites e possibilidades da SE. Os resultados indicam que a categoria “interação/diálogo”, entre os sujeitos envolvidos na preparação da feira, teve papel central no sucesso da SE. Ela parece ser um eixo fundamental sobre o qual se articulam as demais categorias. Por outro lado, uma limitação evidenciada foi a falta de diálogo entre os sujeitos, dificultando a concretização de uma SE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Resende Allain, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Geraldo Wellington Rocha Fernandes, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Ensino de Física e Ciências.
Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. (38) 3532-1200 Ramal 8914

Samuel Cunha Oliveira Giordani, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Isabella Gama Santos, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Brenda Martins Cotta Salomé, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Patrícia de Souza, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Gabriela Ribeiro Mourão, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Matheus Moreira Chaves Pinto, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Departamento de Ciências Biológicas - DCBIO/FCBS. Ensino de Ciências e Biologia.

Referências

ANDRÉ, M. O que é um estudo de caso qualitativo em educação? Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade. Salvador, v. 22, n. 40, p. 95-103, jul./dez. 2013.

BARBOUR, R. Grupos focais. Tradução: Marcelo Figueiredo Duarte. Porto Alegre: Artmed, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação, 2002.

BRASIL. Lei nº 11.988, de 27 de julho de 2009. Cria a Semana de Educação para a Vida, nas escolas públicas de ensino fundamental e médio de todo o País, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Atos do Poder Executivo, Brasília, DF, 27 jul. 2009.

BREMM, D., GÜLLICH, R. I. da C. Processos de investigação-formação-ação decorrentes de narrativas em Ciências de professores em formação inicial: com a palavra o PIBID. Revista de Ensino de Ciências e Matemática. São Paulo, v. 9, n. 4, p. 139-152, 2018.

COSTA, D. K. da., CURY, H. N. Mapeamento de pesquisas interdisciplinares no Rio Grande do Sul: contribuição ao diálogo entre disciplinas. Revista de Ensino de Ciências e Matemática. São Paulo, v. 7, n. 1, p. 59-73, 2016.

DAYRELL, J. A. A escola como espaço sociocultural. In: DAYRELL, J. (Org.). Múltiplos olhares sobre educação e cultura. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

HALMENSCHLAGER, K. R.; SOUZA, C. A. Abordagem temática: uma análise dos aspectos que orientam a escolha de temas na situação de estudo. Investigações em Ensino de Ciências. Porto Alegre, v. 17, n. 2, p. 367-384, 2012.

LAUXEN, M. T. C.; WIRZBICKI, S. M.; ZANON, L. B. O desenvolvimento de currículo de ciências naturais no Ensino Médio numa abordagem contextual e interdisciplinar. In: VI ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 6., 2007. Florianópolis. Anais... Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2007.

LOGUERCIO, R. Q.; ZUCOLOTTO, A. M.; SANTOS, F.; DEL PINO, J. C. Do nome das coisas à disciplina dos termos: o que sabemos? Revista Integração (USJT). São Paulo, v. 39, n. 10, p. 321-332, 2004.

LUIZ, N. O. C; MARTINS, M. J. B. Caderno Temático 1: O diálogo na efetivação da Gestão Escolar Democrática. Ponta Grossa, Paraná, Secretaria do Estado de Educação do Paraná, p. 8, 2008.

MALDANER, O, A. Situações de estudo no ensino médio: nova compreensão de educação básica. In: NARDI, R. (Org). A pesquisa em ensino de Ciências no Brasil: alguns recortes. São Paulo: Escrituras Editora, p. 17-30, 2007.

MALDANER, O. A.; ZANON, L. B. Situação de Estudo: uma organização de ensino que extrapola a formação disciplinar em Ciências. Espaços da Escola, Ijuí, v. 11, n. 41, p. 45- 60, 2001.

MASSENA, E. P. (Org.). Situação de Estudo: processo de significação pela pesquisa em grupos interinstitucionais. Unijuí: Editora Unijuí, 2016.

MINAS GERAIS (Estado). Semana da Educação para a Vida. Secretaria do Estado de Educação Minas Gerais, Belo Horizonte, 14 de novembro de 2018. Notícias 1, p. 1. Disponível em: http://www2.educacao.mg.gov.br/component/gmg/story/9972-semana-da- educacao-para-a-vida-devera-ser-realizada-entre-19-e-24-de-novembro

MORAES, R; GALIAZZI, M. C. Análise Textual Discursiva. Ijuí: Editora Unijuí, 2011.

PEREIRA, J. R.; MALDANER, O. A. Situação de Estudo: Proposta pedagógica que se aproxima de expectativas do novo ENEM. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, 15, 2010, Brasília. Anais... Brasília: Universidade Federal de Brasília, p. 1-11, 2010.

SANTOS, W. L. P.; AULER, D. (Orgs.). CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisa. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2011.

TEIXEIRA, D. M.; FERNANDES, G. W. R.; MASSENA, E. P. Análise das principais tendências em trabalhos no Ensino Ciências sobre a Situação de Estudo. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: Associação Brasileira da Pesquisa em Ensino de Ciências, p. 1-8, 2013.

VIEIRA, L. B. G.; FERNANDES, G. W. R.; MALDANER, O. A.; MASSENA, E. P. Situação de Estudo: o que vem sendo publicado em eventos e periódicos da área de ensino de Ciências? Revista Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 20, e2914, p. 1-29, 2018.

VYGOTSKI, L. S. Formação social da mente. 6. ed., São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ZANON, L. B.; HAMES, C.; SANGIOGO, F. A. Interações em espaços de Formação Docente Inicial na perspectiva da (re)construção do currículo escolar na modalidade de Situação de Estudo. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 21-35, 2012.

Publicado
2019-10-07
Como Citar
ALLAIN, L. R.; FERNANDES, G. W. R.; GIORDANI, S. C. O.; SANTOS, I. G.; SALOMÉ, B. M. C.; DE SOUZA, P.; MOURÃO, G. R.; PINTO, M. M. C. Identificando potencialidades e limitações da perspectiva curricular “situação de estudo”: um estudo de caso em dois contextos escolares. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 5, p. 131-150, 7 out. 2019.
Seção
Artigos Gerais