Reconfiguração curricular em química por meio de uma situação de estudo: a negociação coletiva de saberes

  • Ademar Antonio Lauxen Universidade de Passo Fundo https://orcid.org/0000-0002-3952-4317
  • Camila Segalin Universidade de Passo Fundo
  • Alana Neto Zoch Universidade de Passo Fundo
  • Ana Paula Härter Vaniel Universidade de Passo Fundo
  • Janaína Chaves Ortiz Universidade de Passo Fundo
  • Lairton Tres Universidade de Passo Fundo
Palavras-chave: Contextualização, Formação inicial, Formação contínua, Situação de Estudo

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar os resultados da construção coletiva desenvolvida num projeto de extensão. O projeto é realizado no curso de Química licenciatura, da Universidade NOME. Neste texto, apresentam-se os resultados decorrentes da elaboração e da aplicação de uma Situação de Estudo (SE) em seis escolas de educação básica, com participação de 176 estudantes do primeiro ano do ensino médio. O tema proposto para a SE foi combustão, especialmente por sua ligação com a vivência dos estudantes. Essa SE possibilitou maior contextualização e aperfeiçoamento do processo de ensino e aprendizagem, bem como contribuiu para a formação continuada dos professores por meio da reflexão acerca da própria prática pedagógica, contribuindo, também para a formação inicial dos acadêmicos-bolsistas, integrantes do projeto e professores-formadores que puderam conhecer e refletir sobre a realidade da sala de aula e da escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AUTH, M. A.; MALDANER, O. L.; WUNDER, D.A.; FIUZA, G.S.; PRADO, M. C. Situação de estudo na área de ciências do ensino médio: rompendo fronteiras disciplinares. In: MORAES, R.; MANCUSO, R. (Org.). Educação em Ciências: produção de currículos e formação de professores. Ijuí: Ed. Unijui, 2004, p. 253-276.

BOFF, E. T. O.; ROSIN, C. K.; DEL PINO, J. C. Situação de Estudo: aproximações com as Orientações Curriculares Nacionais e o Livro Didático. In: Revista Contexto & Educação, Editora Unijuí, Ano 27, n. 87, p. 166-185, jan-jun, 2012.

BRAATHEN, P. C. Desfazendo o mito da combustão da vela para medir o teor de oxigênio no ar. In: Química Nova na Escola. SBQ: São Paulo, n. 12, p. 43-45. nov. 2000.

GALIAZZI, M. do C.; GONÇALVES, F. P.; SEYFFERT, B. H.; HENNIG, E. L.; HERNANDES, J. C. Uma sugestão de atividade experimental: a velha vela em questão. In: Química Nova na Escola. SBQ, São Paulo, n. 21, p. 25-28, maio 2005.

GALIAZZI, M. C; AUTH, M.; MORAES, R.; MANCUSO, R. (Org.). Aprender em rede na educação em ciências. Ijuí: Ed. Unijuí, 2008.

GIORDAN, M. O papel da experimentação no ensino de ciências. In: Química Nova na Escola. SBQ, São Paulo, n. 10, p. 43-49, nov. 1999.

GONÇALVES, F. P.; GALIAZZI, M. C. A natureza das atividades experimentais no ensino de ciências: um programa de pesquisa educativa nos cursos de Licenciatura. In: MORAES, R.; MANCUSO, R. (Org.). Educação em Ciências: produção de currículos e formação de professores. Ijuí: Ed. Unijui, 2004, p. 237-252.

GONDIM, M. S. da C.; MÓL, G. de S. Experimentos investigativos em laboratório de química fundamental. In: VI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UFRJ, 2007.

LAUXEN, A. A.; VANIEL, A. P. H.; LINCK, M. R. Trabalhando com situações de estudo para a construção dos conceitos de Ciências Naturais no ensino fundamental. In: STURM, L. (Org.). Qualidade do ensino na educação básica: Contribuições das ciências da natureza, da matemática e de suas tecnologias. Passo Fundo: Ed. UPF, 2015, p. 21-34.

LAUXEN, A. A.; DEL PINO, J. C.; TRES, L. A construção do pensamento químico no ensino fundamental e médio: um diálogo entre teoria e prática. In: STURM, L.; SGARI, R. (Org.). Prazer e renovação no trabalho docente. Campinas: Pontes, 2016, p. 169-184.

LAUXEN, A. A.; DEL PINO, J. C. O professor-formador e a formação continuada mediada pelos pares. In: Pedagogia em Foco. Iturama (MG), v. 13, n. 10, p. 63-80, jul./dez. 2018.

LIMA, A. de S. Atividades experimentais como ferramenta metodológica para melhoria do ensino de ciências: anos iniciais do ensino fundamental. Santa Maria, 56 p., 2015. Dissertação PPGECQV– Universidade Federal de Santa Maria.

MALDANER, O. A.; PIEDADE, M. C. T. A formação de equipes de professores/pesquisadores como forma eficaz de mudança da sala de aula de química. In: Química Nova na Escola. SBQ: São Paulo, n. 1, p. 15-19, maio, 1995.

MALDANER, O. A. A formação inicial e continuada de professores de química: professores/pesquisadores. 2. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2003.

MALDANER, O. A.; ZANON, L. B. Situação de Estudo: uma organização do ensino que extrapola a formação disciplinar em Ciências. In: MORAES, R.; MANCUSO, R. (Org.). Educação em Ciências: produção de currículos e formação de professores. Ijuí: Ed. Unijuí, 2004, p. 43-64.

MÜLLER, L. C.; MALDANER, O. A. Dificuldades constatadas na significação conceitual no ensino de química: Situações de Estudo. In: 33º Encontro de Debates sobre o Ensino de Química (33º EDEQ), Ijuí-RS. Anais... Ijuí-RS: Unijuí, 2013.

RIBEIRO, C. T.; MALDANER, O. A. Conhecimento científico-escolar: a combustão como objeto referente para análise do nível de significação de conceitos básicos em Química. In: 33º Encontro de Debates sobre o Ensino de Química (33º EDEQ), Ijuí-RS. Anais... Ijuí- RS: Unijuí, 2013.

RODRIGUES, A. L. L.; PRATA, M.S.; BATALHA, T. B. S.; COSTA, C. L. N.; NETO, I. F. P. Contribuições da extensão universitária na sociedade. In: Cadernos de Graduação - Ciências Humanas e Sociais. Aracaju, v. 1, n. 16, p. 141-148, mar. 2013.

SANTANA, R. S.; FRANZOLIN, F. O ensino de Ciências por investigação e os desafios da implementação na práxis dos professores. In: Revista de Ensino de Ciências de Matemática (REnCiMa). v. 9, n. 3, p. 218-237, 2018.

SANTOS, A. N. dos; QUADROS, A. L. de. Há evolução conceitual sobre transformações químicas a partir da discussão de modelos sobre fenômenos? In: XIV Encontro Nacional de Ensino de Química (XIV ENEQ), Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2008.

SCHNETZLER, R. P. A pesquisa em ensino de Química no Brasil: conquistas e perspectivas. In: Revista Química Nova. São Paulo, v. 25, supl. 1, p. 14-24, 2002.

SILVA, Á. de L.; SERRA, K. C. O AVA Moodle e suas possibilidades no ensino- aprendizagem de Ciências: trabalhando o conteúdo “geração de energia elétrica” no ensino fundamental. In: Revista de Ensino de Ciências de Matemática (REnCiMa). v. 9, n. 1, p. 122-139, 2018.

WAHLBRINCK, I. F.; PACHECO, L. M. D. Extensão universitária: possibilidade de práxis libertadora pela ética do cuidado. In: Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental/UFSM, Santa Maria, v. 19, n. 1, Ed. Especial, p. 61- 69, 2015.

Publicado
2020-01-01
Como Citar
LAUXEN, A. A.; SEGALIN, C.; ZOCH, A. N.; VANIEL, A. P. H.; ORTIZ, J. C.; TRES, L. Reconfiguração curricular em química por meio de uma situação de estudo: a negociação coletiva de saberes. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 1, p. 275-292, 1 jan. 2020.
Seção
Artigos Gerais