O contrato didático na abordagem das propriedades periódicas dos elementos químicos

Autores

  • Larissa Oliveira de Souza Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Flávia Cristiane Vieira da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • José Euzebio Simões Neto Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v10i5.1692

Palavras-chave:

Contrato Didático, Propriedades Periódicas, Ensino de Química

Resumo

Este estudo apresenta a análise do contrato didático estabelecido na abordagem do conteúdo propriedades periódicas dos elementos químicos, na primeira disciplina de química geral oferecida pelo curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal Rural de Pernambuco. De acordo com Brousseau, o contrato didático diz respeito às cláusulas, em parte explícitas, mas na maioria implícitas, que regulam a divisão das responsabilidades e expectativas entre o professor e aluno, na gestão de um saber. Observamos as aulas desde o início da abordagem do tema até a introdução do conteúdo seguinte. Para a obtenção de dados, realizamos gravações em áudio e vídeos e em seguida separamos alguns recortes das aulas que apresentaram ocorrência de rupturas, negociações e efeitos de contrato didático para análise. Os resultados apontam um número expressivo de renegociações e de efeitos de contrato, em especial o efeito Topázio, que é evidenciado a partir de uma postura explicativa da professora na busca de mascarar objetivos não alcançados no processo de ensino e aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Euzebio Simões Neto, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Departamento de Química. Área de Ensino de Química

Downloads

Publicado

07.10.2019

Como Citar

SOUZA, Larissa Oliveira de; SILVA, Flávia Cristiane Vieira da; SIMÕES NETO, José Euzebio. O contrato didático na abordagem das propriedades periódicas dos elementos químicos. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 10, n. 5, p. 237–252, 2019. DOI: 10.26843/rencima.v10i5.1692. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/rencima/article/view/1692. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos