O desenvolvimento do letramento estatístico pelos livros didáticos e a Base Nacional Comum Curricular

  • Wagner Dias Santos Instituto Benjamin Constant (IBC)
  • Jorge dos Santos Júnior Secretaria Municipal de Educação
  • Luciane de Souza Velasque Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro https://orcid.org/0000-0002-4269-4755
Palavras-chave: Letramento Estatístico, Livro Didático, Organização Praxeológica, BNCC

Resumo

Este artigo explicita como a abordagem desenvolvida pelos livros didáticos, em relação aos conteúdos de Estatística e Probabilidade, proporciona aos estudantes o desenvolvimento do Letramento Estatístico. Foram analisadas seis coleções – três dos anos finais do ensino fundamental e três do ensino médio, aprovadas pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) – com maior distribuição no país, segundo informações obtidas no site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Utilizou-se como metodologia para as análises das questões presentes nos livros didáticos a Organização Praxeológica de Yves Chevallard (1999). Foram estabelecidos os níveis de compreensão gráfica, tabular e Letramento Estatístico e, por fim, foi indicada como ocorre a transnumeração nas obras, de acordo com nosso referencial teórico. Os resultados apontam que as coleções analisadas não possibilitam um pleno desenvolvimento do Letramento Estatístico. Além disso, ficaram evidenciadas algumas características que as obras precisam atender para que possam se adequar às propostas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Fundação Nacional do Desenvolvimento da Educação. Guia de Livros Didáticos PNLD 2015. Brasília: FNDE, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundação Nacional do Desenvolvimento da Educação. Guia de Livros Didáticos PNLD 2017. Brasília: FNDE, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2ª versão. Brasília: MEC, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 3ª versão. Brasília: MEC, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

CHEVALLARD, Yves. L'analyse dês pratiques enseignantes em théorie anthropologique du didactique. Recherches en didactique des mathématiques, v. 19, n. 2, p. 221-265, 1999

COUTINHO, Cileda de Queiroz Silva. Educação estatística e os livros didáticos para ensino médio. Educação Matemática em Foco. EDUEPB, Campina Grande, v. 2, n. 1, p. 69-86, jan-jun 2013.

COUTINHO, Cileda de Queiroz Silva. O Livro Didático e a Abordagem da Estatística: O Olhar do Professor. VIDYA, v. 36, n. 2, p. 257-274, 2016.

COUTINHO, Cileda de Queiroz Silva; SPINA, Gabriela. A Estatística nos Livros Didáticos de Ensino Médio - Estatistics in Brazilian's High School Books. Ensino da Matemática em Debate. ISSN 2358-4122, v. 2, n. 2, 2016.

CURCIO, Frances R. Developing Graph Comprehension. Elementary and Middle School Activities. National Council of Teachers of Mathematics, Inc., 1906 Association Drive, Reston, VA 22091, 1989.

DANTE, Luiz Roberto. Livro didático de matemática: uso ou abuso? Em Aberto, v. 16, n. 69, 2008.

FRIOLANI, Luis Cesar. O pensamento estocástico nos livros didáticos do Ensino Fundamental. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática). São Paulo: PUC/SP, 2007.

GAL, Iddo. Adults' statistical literacy: Meanings, components, responsibilities. International Statistical Review, v. 70, n. 1, p. 1-25, 2002.

GOULART, Amari; COUTINHO, Cileda de Queiroz e Silva. Letramento Estatístico e o exame Nacional do Ensino Médio. In: SAMÁ, S. P.; PORCIÚNCULA, M. M. S. (Org.). Educação Estatística: ações e estratégias pedagógicas no Ensino Básico e Superior. Curitiba. Editora CRV, p. 145-153, 2015.

LAJOLO, Marisa. Livro didático: um (quase) manual de usuário. Em aberto, v. 16, n. 69, p. 03-09, 1996.

MORAIS, Tula Maria Rocha. Um estudo sobre o pensamento estatístico: componentes e habilidades. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática). São Paulo: PUC/SP, 2006.

SANTOS, Wagner Dias. Letramento Estatístico nos Livros de Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática). Rio de Janeiro: PROFMAT/UNIRIO, 2017.

SANTOS JUNIOR, Jorge dos. Letramento Estatístico nos Livros dos Anos Finais do Ensino Fundamental e a Base Nacional Comum Curricular. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática). Rio de Janeiro: PROFMAT/UNIRIO, 2017.

SIMONE NETO, Fernando. Análise do letramento estatístico nos livros didáticos do ensino médio. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino da Matemática). São Paulo: PUC/SP, 2008.

WAINER, Howard. A study of display methods for NAEP results: I. Tables. ETS Research Report Series, v. 1995, n. 1, 1995.

WATSON, Jane; CALLINGHAM, Rosemary. Statistical literacy: A complex hierarchical construct. Statistics Education Research Journal, v. 2, n. 2, p. 3-46, 2003.

WILD, Chris J.; PFANNKUCH, Maxine. Statistical thinking in empirical enquiry. International Statistical Review, v. 67, n. 3, p. 223-248, 1999.

Publicado
2018-05-28
Como Citar
SANTOS, W. D.; SANTOS JÚNIOR, J. DOS; VELASQUE, L. DE S. O desenvolvimento do letramento estatístico pelos livros didáticos e a Base Nacional Comum Curricular. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 2, p. 210-229, 28 maio 2018.
Seção
Artigos Gerais

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)