Discussões entre professora e alunos em um ambiente de modelagem geométrica

  • Alvino Alves Sant'Ana Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Marilaine de Fraga Sant'Ana Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Paula Beatriz da Silva Serpa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: modelagem matemática, pedagogia da pergunta, perspectiva educacional

Resumo

Neste trabalho, tecemos reflexões a partir de uma experiência de modelagem geométrica de logotipos de marcas, classificada como intermediária entre o segundo e o terceiro casos, ao considerar-se a relação entre Modelagem Matemática e currículo segundo Barbosa (2001), que se desenvolve dentro da perspectiva educacional de acordo com Kaiser e Sriraman (2006). Observamos a dinâmica em uma sala de aula do Ensino Médio com foco nas atuações da professora e dos estudantes durante as discussões realizados neste ambiente de aprendizagem. Registramos evidências de que: as discussões foram matemática ou técnicas, com prioridades para a primeira categoria. A atuação da professora, em consonância com a Pedagogia da Pergunta, favoreceu a autonomia do grupo, que desenvolveu a tarefa com algum grau de independência, conectando conhecimentos prévios e novas experiências e, apesar de algumas dificuldades, saiu da zona de conforto de atividades fechadas e bem determinadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, J. C. Modelagem na Educação Matemática: Contribuições para o Debate Teórico. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED,24.; 2001, Anais... Rio de Janeiro: ANPED, 2001. P. 1-15. 1 CD-ROM.

BARBOSA, J. C. Mathematical modelling in classroom: a socio-critical and discursive perspective. ZDM The International Journal on Mathematics Education, Eggenstein, Leopoldshafen, v. 38, n. 3, p. 293-301, June. 2006.

BARBOSA, J. C. A prática dos alunos no ambiente de modelagem matemática: o esboço de um framework. In: BARBOSA, J., CALDEIRA, A. D., ARAÚJO, J. L. (Org.) Modelagem Matemática na Educação Matemática Brasileira: pesquisas e práticas educacionais. Recife: SBEM, 2007. p. 161-174.

BARBOSA, J. C. As discussões paralelas no ambiente de aprendizagem modelagem matemática. In: Acta Scientiae, Canoas, v.10, n.1,p.47-58, 2008.

BASSANEZI, R. C. Ensino-Aprendizagem com Modelagem Matemática. São Paulo: Contexto, 2002.

BERNSTEIN, B. Pedagogía, control simbólico e identidad. Madrid: Fundacion Paidea Morata, 1998.

BORBA, M.C; PENTEADO, M.G. Informática na Educação Matemática. 5ª. Ed. Belo Horizonte: Editora Autêntica, 104 p.,2016

BURAK, D. Modelagem matemática: ações e interações no processo de ensino- aprendizagem. 1992. Tese. (Programa de Pós-Graduação em Educação) - Unicamp, Campinas, 1992.

ESCOREL, A. L. O efeito multiplicador do design. São Paulo: Editora SENAC, 117 p., 2000, ISBN 8573591080.

FREIRE, P.; FAUNDEZ, A. Por uma pedagogia da pergunta. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 158 p.,1985, ISBN 978-85-7753-078-7.

KAISER, G.; SRIRAMAN, B. A global survey of international perspectives on modeling in mathematics education. In: ZDM, Hamburg, Germany, v.38, n.3. p.302-310, 2006.

SANT'ANA, A. A.; SANT'ANA, M. F. Uma experiência com a elaboração de perguntas em Modelagem Matemática. In: CONFERÊNCIA NACIONAL SOBRE MODELAGEM MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 6., 2009, Londrina. Anais... Londrina: SBEM, 2009. p. 1-13. 1 CD-ROM.

SANT'ANA, M. F.; SANTANA, A. A.; Modelagem Matemática: Relação entre Formulação de Perguntas e Elaboração de Tarefas. In: VI Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, 2015, Pirenópolis/GO. Anais do VI Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática. Brasília: SBEM, 2015. v. 1. p. 1-13.

SANT'ANA, A. A.; SANT'ANA, M. F; SERPA, P. B. S. Uma experiência de modelagem geométrica orientada por uma professora questionadora. In: CONFERÊNCIA NACIONAL SOBRE MODELAGEM MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 9., 2015, São

Carlos. Anais... São Carlos: SBEM, 2015. p. 1-11. 1 CD-ROM.

SANT'ANA, M. F.; SANTANA, A. A. Planejamento de tarefas de Modelagem Matemática a partir de perguntas. VIDYA, v.37, p.75-89, 2017.

SERPA, P. B. S. Gráficos no design de marcas – uma proposta utilizando o Grafeq. 2014.

f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Matemática) – Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

SILVA, L. A.; OLIVEIRA, A. M. P. A tensão da elaboração da situação-problema no planejamento do ambiente de modelagem matemática. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 5, 2012, Petrópolis, Anais...Petrópolis: 2012a, p. 1-21.

SILVA, L. A.; OLIVEIRA, A. M. P. As discussões entre formador e professores no planejamento do ambiente de modelagem matemática. Bolema, Rio Claro, v. 26, n. 43, p. 1071 – 1101, 2012b.

SKOVSMOSE, O. Cenários para investigação. Bolema, Rio Claro, n. 14, p. 66 – 91, 2000.

SOUZA, E. S. R.; ESPÍRITO SANTO, A. O. A teoria da modelagem de David Hestenes no ensino de ciências e matemática. REnCiMa, v. 8, n.3, p. 21-40, 2017.

VIANA, O. A.; BOIAGO, C. E. P. Modelagem Matemática no GeoGebra: uma análise a partir dos registros de representação semiótica. REnCiMa, v. 6, n.3, p. 23-37, 2015.

Publicado
2020-01-01
Como Citar
SANT’ANA, A. A.; SANT’ANA, M. DE F.; SERPA, P. B. DA S. Discussões entre professora e alunos em um ambiente de modelagem geométrica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 1, p. 79-90, 1 jan. 2020.
Seção
Artigos Gerais