Educação Estatística crítica: um olhar sobre os processos educativos

Palavras-chave: Educação Crítica, Competências, Educação Estatística Crítica

Resumo

A tarefa discente para uma Educação Estatística Crítica vai muito além de seguir fórmulas e conceitos estudados ao longo da formação e repetidos ano a ano para os estudantes, ao contrário, o processo de ensino-aprendizagem pode formar um sujeito autônomo, curioso e indagador que produz suas hipóteses, constrói argumentos, sabe expor sua opinião, desenvolve conclusões e aprende que errar faz parte do processo.  Neste trabalho colocamos em tela três competências: literacia estatística, pensamento estatístico e raciocínio estatístico, sob a luz da perspectiva crítica. O estudo nos permite inferir que é possível desenvolver uma Educação Estatística Crítica no ensino médio e indicamos alguns elementos potencializadores para as competências com um olhar voltado para os processos educativos, elencando conceitos como pesquisa geradora, tema gerador, matemacia, cenários para investigação, trabalho em equipe, leitura de mundo, diálogo, educação como ato político, consciência crítica e educação libertadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALRO, Helle; SKOVSMOSE, Ole. Diálogo e aprendizagem em educação matemática. Tradução de Orlando Figueiredo. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

AU, Wayne. Lutando com o texto: contextualizar e recontextualizar a pedagogia crítica de Freire. In: APPLE, Michael W.; AU, Wayne; GANDIN, Luís Armando. Educação Crítica: análise internacional. Tradução de Vinícius Figueira. Porto Alegre: Artmed, 2011.

BERNARDI, Luci T. M. dos Santos. Formação continuada em matemática do professor indígena Kaingang: enfrentamentos na busca de um projeto educativo. 2011. 267 f. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática. Brasília: MEC, 1997, 3 v.

CAMPOS, Celso Ribeiro. A educação estatística: uma investigação acerca dos aspectos relevantes à didática da estatística em cursos de graduação. 2007. 242 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2007.

; WODEWODZKI, Maria Lucia Lorenzetti; JACOBINI, Otávio Roberto. Educação Estatística: teoria e prática em ambientes de modelagem matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

CEOLIM, Amauri Jersi; HERMANN, Wellington. Ole Skovsmose e sua educação matemática crítica. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 1,

n. 1, jul./dez. 2012. Disponível em:

<http://www.fecilcam.br/revista/index.php/rpem/article/viewFile/860/pdf_74>. Acesso em: 25 mar. 2017.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996b. 165 p.

LEITE, Lúcia Helena Alvarez. Escola: espaço e tempos de reprodução e resistências da pobreza. Especialização em Educação, Pobreza e Desigualdade Social. Módulo III. Brasília: MEC, 2015. 85 p. Disponível em:

<http://avea.epds.nute.ufsc.br/course/view.php?id=1001>. Acesso em: 8 out. 2016.

MACHADO, Nílson José. Educação por competências. Produção: Edições SM Brasil, 2012. (20min42s). Disponível em: <http://www.nilsonjosemachado.net/aulas-e-ementas/>. Acesso em: 6 jun. 2016.

SEIFE, Charles. Os números (não) mentem: como a matemática pode ser usada para enganar você. Rio de Janeiro: Zahar, 2015.

SKOVSMOSE, Ole. Cenários para investigação. Bolema, Rio Claro, n. 14, p. 66-91, 2000.

SKOVSMOSE, Ole. Convite para educação matemática crítica: educação matemática, cultura e diversidade. Palestra. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 10,

, Salvador. Anais... Salvador, 7 a 10 jul. 2010.

SKOVSMOSE, Ole. Desafios da reflexão em educação matemática crítica. Campinas: Papirus, 2015a.

SKOVSMOSE, Ole. Educação crítica: incerteza, matemática, responsabilidade. Tradução de Maria Aparecida Viggiani Bicudo. São Paulo: Cortez, 2007a.

SKOVSMOSE, Ole. Prefácio. In: ARAÚJO, Jussara de Loiola (Org.). Educação matemática crítica: reflexões e diálogos. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2007b.

SKOVSMOSE, Ole. Um convite à educação matemática crítica. Campinas: Papirus, 2015b.

Publicado
2018-05-28
Como Citar
HOLLAS, J.; BERNARDI, L. T. M. DOS. Educação Estatística crítica: um olhar sobre os processos educativos. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 2, p. 72-87, 28 maio 2018.
Seção
Artigos Gerais