O conceito e a Resolução de Problemas de fração: análise da aprendizagem de atitudes positivas de estudantes concluintes de curso de Pedagogia

  • Marcelo Carlos de Proença Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: Atitudes, Fração, Resolução de Problemas, Pedagogia

Resumo

O objetivo foi analisar se aulas ministradas sobre o conceito de fração e a resolução de problemas de fração favorecem a aprendizagem de atitudes positivas desses assuntos. Participaram do estudo 25 estudantes do quarto ano de um curso de pedagogia, durante uma disciplina de Metodologia de Ensino de Matemática. Antes de aulas sobre o conteúdo de frações, aplicamos uma escala de atitudes e um questionário. Os dados mostraram que 28% apresentaram atitudes positivas e 64%, atitudes negativas, além da falta de domínio sobre o conceito de fração como parte-todo. Após as aulas, os dados mostraram médias de 6,0 e 3,4 pontos na resolução de dois problemas de matemática: adição e divisão, respectivamente. Reaplicada a escala de atitudes, a análise mostrou que 52% apresentaram atitudes positivas e 40%, atitudes negativas. Identificamos que sete participantes passaram a apresentar atitudes positivas e que um participante que tinha essa atitude passou a não tê-la. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Carlos de Proença, Universidade Estadual de Maringá

Professor do Departamento de Matemática da Universidade Estadual de Maringá e professor do Programa de Pós-graduação em Educação para a Ciência e a Matemática.

Referências

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Trad. Maria João Alvarez; Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, Coleção Ciências da Educação. 1994, 335p.

BRASIL. Secretaria de Ensino Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática, 1º e 2º Ciclos. Brasília: SEF/MEC, 1997.

BRITO, M. R. F. Alguns aspectos teóricos e conceituais da solução de problemas matemáticos. In: BRITO, M. R. F. (Org.). Solução de problemas e a Matemática escolar. Campinas, Alínea, p. 13-53, 2006.

. Um estudo sobre as atitudes em relação à Matemática em estudantes de 1º e 2º graus. 1996. 383 f. Tese (Livre Docência) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1996.

CAMPOS, T. M. M.; MAGINA, S.; NUNES, T. O professor polivalente e a fração: conceitos e estratégias de ensino. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 125- 136, 2006.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

COSTA, N. M. L; POLONI, M. Y. Percepções de concluintes de pedagogia sobre a formação inicial do professor para a docência de Matemática, Bolema, Rio Claro - SP, v. 26, n. 44, p. 1289-1314, dez. 2012.

ECHEVERRÍA, M. P. P. A solução de problemas em Matemática. In: POZO, J. I. (Org.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Porto Alegre: ArtMed, p. 43-65, 1998.

GONÇALEZ, M. H. C. C.; BRITO, M. R. F. A aprendizagem de atitudes positivas em relação à matemática. In: BRITO, M. R. F (Org.). Psicologia da Educação Matemática: teoria e pesquisa. Florianópolis: Insular, p. 221-234, 2001.

JUSTULIN, A. M.; PIROLA, N. A. Adaptação e validação de uma escala de atitudes em relação a frações. Boletim GEPEM, n. 64, p. 71–87, 2014.

KLAUSMEIER, H. J. Manual de Psicologia Educacional: Aprendizagem e capacidades humanas. Tradução de Maria Cecília Teixeira Azevedo Abreu. São Paulo: Harbra, 1977.

LIMA, R. C. P.; UTSUMI, M. C. Um estudo sobre as atitudes de alunas de pedagogia em relação à matemática. Educação Matemática em Revista, São Paulo, n. 24, ano 13, p. 46-54, 2008.

NUNES, C. B. Resolução de Problemas: uma proposta didática na formação de professores. REnCiMa, Unicsul, v. 5, n. 2, p. 1-17, 2014.

OLIVEIRA, R. G. Aprendizagem de frações: uma análise comparativa de dois processos diferentes de ensino na 5a série do 1º grau. 1996. 176f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1996.

PROENÇA, M. C. O ensino de frações via resolução de problemas na formação de futuras professoras de pedagogia. Bolema, Rio Claro, v. 29, n. 52, p. 729-755, 2015.

SANDER, G. P. Pró-Letramento: Um estudo sobre a resolução de problemas e as atitudes em relação à Matemática apresentadas por professores do primeiro ciclo do Ensino Fundamental. 2014. 208 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2014.

YANEZ, J. C. Resolução e proposição de problemas. REnCiMa, Unicsul, v. 9, n. 1, p. 158- 169, 2018.

Publicado
2018-12-18
Como Citar
PROENÇA, M. C. DE. O conceito e a Resolução de Problemas de fração: análise da aprendizagem de atitudes positivas de estudantes concluintes de curso de Pedagogia. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 5, p. 153 - 168, 18 dez. 2018.
Seção
Artigos Gerais