Educação Financeira Crítica: uma formação para formadores

Palavras-chave: Educação Financeira, Formação Continuada, Analfabetismo Financeiro, Autonomia

Resumo

Este artigo socializa resultados da temática Educação Financeira Crítica proposta na formação continuada dos Profissionais de uma escola pública. A relevância deste tema se justifica pelas reclamações de uma parte dos servidores com problemas financeiros, que influenciam diretamente no seu trabalho como docente. A pesquisa, de abordagem qualitativa, utilizou características de estudo de caso. A coleta de dados ocorreu por meio da gravação dos áudios da formação, que posteriormente foram transcritos. Também foram utilizados questionários semi-abertos que apresentavam situações problemas do cotidiano. A intervenção pedagógica desenvolvida proporcionou diversos momentos de reflexão sobre as práticas financeiras que são adotadas no decorrer do cotidiano. Quanto ao uso do cartão de crédito e de outras linhas de crédito, percebeu-se uma concepção simplista do uso e da função do cartão de crédito, bem como o desconhecimento de valores de taxas ou encargos financeiros. Observou-se a necessidade de implementar conceitos matemáticos, nas mais diversas situações, pois os profissionais que não detêm formação na área das Exatas, solicitaram ajuda para resolver problemas matemáticos do cotidiano. Pode-se inferir que essa intervenção pedagógica com os profissionais da educação contribuiu para subsidiar aspectos relevantes a serem abordados nas atividades propostas aos alunos do Ensino Médio.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABDALA , Vitor. Percentual de endividados fecha 2016 em menor patamar desde maio de 2012. 2016, Rio de Janeiro.

ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

BARBOSA, Glaucia Sabadini. Educação Financeira Escolar: Planejamento Financeiro. Dissertação UFJF, 2015.

BBC Mundo, Pesquisa mede 'analfabetismo financeiro' no mundo; 2015.

BRASIL, MEC. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº 9394/96. Brasília, MEC/SEMTEC.

CAMPOS, T. e NUNES, T. Tendências atuais do ensino aprendizagem da Matemática. Em Aberto, Brasília, ano 14, n.62, 1994, p.7.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica. São Paulo: Person Prentice Hall, 2002.

DAMIANI, A. Verdade Financeira: Como utilizar os juros da vida a seu favor. 1.ed. São Paulo : DSOP Educação Financeira, 2013.

D'AQUINO. C. Como falar de dinheiro com seu filho. 1.ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

GIAMBIAGI, F.; MOREIRA,M.M. (org). A Economia Brasileira nos Anos 90. Rio de Janeiro, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e social. 1ª ed. 1999.

GODOY, A. S. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de empresas, v. 35, n. 3, p. 20-29, 1995.

HALLES, C. R.; SOKOLOWSKI, R; HILGEMBERG, E. M. O Planejamento Financeiro como Instrumento de Qualidade de Vida. 2007.

MARTINS. J. P. Educação financeira ao alcance de todos: adquirindo conhecimentos financeiros em linguagem simples.1.ed. São Paulo: Editora Fundamento Educacional, 2004.

MIRAGEM, B. N. B.; LIMA, C. C. Patrimônio, contrato e a proteção constitucional da família: estudo sobre as repercussões do superendividamento nas relações familiares. Revista de Direito do Consumidor, São Paulo, v. 22, n. 90, nov./dez. 2013.

MUNDY, S. Financial Education Programmes in school: Analysis of selected current programmes and literature draft Recommendations for best practices. OCDE journal: General papers, volume 2008/3. OCDE, 2008.

NÓVOA, A. Formação de Professores e Trabalho Pedagógico. Educa, 2002. Universidade de Lisboa, Portugal.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, J. Desenvolvimento profissional dos professores. In: Formosinho, J. (Coord.). Formação de professores. Aprendizagem profissional e acção docente. Porto: Porto Editora, 2009, p. 221-284.

SKOVSMOSE, O. Educação matemática crítica: a questão da democracia. Campinas: Papirus, 2001.

THEODORO, F. R. F.; DE ALMEIDA, V. L. M. C. O uso da matemática para a educação financeira a partir do ensino fundamental. 2010.

VAZ, P. C. Analfabetismo financeiro: como acabar com esse mal?.2014.

YIN, R. K. Estudo de caso – Planejamento e Métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005. 19-21p.

Publicado
2018-06-28
Como Citar
SCHNEIDER, T.; ROSSETTO, J. C.; QUARTIERI, M. T.; OLIVEIRA, E. C. Educação Financeira Crítica: uma formação para formadores. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 3, p. 123-142, 28 jun. 2018.
Seção
Artigos Gerais