Educação Estatística com formação cidadã em uma pesquisa quanti-ação no Ensino Superior

Autores

  • Maria Tereza Serrano Barbosa Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Steven Dutt Ross Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Bruno Francisco Simões Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Luciane de Souza Velasque Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Alexandre Sousa da Silva Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Maria Beatriz Mendes Assunção Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Malvina Tuttman Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v10i6.1463

Palavras-chave:

Educação Estatística, Pesquisa-Ação, Lei de Cotas, Formação Superior

Resumo

Este artigo visa contribuir com as reflexões a respeito do papel da Educação Estatística no Ensino Superior, a partir da proposição de uma metodologia utilizada em diversas disciplinas da Estatística em uma Universidade Pública. A metodologia descrita inclui uma coleta e análise de dados nos ciclos investigativos de uma Pesquisa-ação, denominada aqui de Pesquisa-quanti- ação. Os resultados obtidos a partir de duas edições, com diferença de três anos, de uma pesquisa realizada pelos estudantes das disciplinas de estatística, com o objetivo de medir o impacto e aceitação da lei de Cotas, propiciam uma instigante discussão a respeito do papel que esta área de conhecimento, transversal a quase todos os cursos, pode vir a ter na formação cidadã. Existe a necessidade de um maior desenvolvimento metodológico da Pesquisa-quanti-ação, mas o caminho parece promissor para ampliar o potencial das disciplinas de Estatística na formação crítica cidadã.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-10

Como Citar

BARBOSA, M. T. S.; ROSS, S. D.; SIMÕES, B. F.; VELASQUE, L. de S.; SILVA, A. S. da; ASSUNÇÃO, M. B. M.; TUTTMAN, M. Educação Estatística com formação cidadã em uma pesquisa quanti-ação no Ensino Superior. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 10, n. 6, p. 114–125, 2019. DOI: 10.26843/rencima.v10i6.1463. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1463. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)