Educação Estatística com formação cidadã em uma pesquisa quanti-ação no Ensino Superior

  • Maria Tereza Serrano Barbosa Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Steven Dutt Ross Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Bruno Francisco Simões Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Luciane de Souza Velasque Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Alexandre Sousa da Silva Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Maria Beatriz Mendes Assunção Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Malvina Tuttman Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Educação Estatística, Pesquisa-Ação, Lei de Cotas, Formação Superior

Resumo

Este artigo visa contribuir com as reflexões a respeito do papel da Educação Estatística no Ensino Superior, a partir da proposição de uma metodologia utilizada em diversas disciplinas da Estatística em uma Universidade Pública. A metodologia descrita inclui uma coleta e análise de dados nos ciclos investigativos de uma Pesquisa-ação, denominada aqui de Pesquisa-quanti- ação. Os resultados obtidos a partir de duas edições, com diferença de três anos, de uma pesquisa realizada pelos estudantes das disciplinas de estatística, com o objetivo de medir o impacto e aceitação da lei de Cotas, propiciam uma instigante discussão a respeito do papel que esta área de conhecimento, transversal a quase todos os cursos, pode vir a ter na formação cidadã. Existe a necessidade de um maior desenvolvimento metodológico da Pesquisa-quanti-ação, mas o caminho parece promissor para ampliar o potencial das disciplinas de Estatística na formação crítica cidadã.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMERICAN STATISTICAL ASSOCIATION. Statistics Education Graduate Programs: Report on a Workshop Funded by an ASA Member Initiative Grant Writing Team. Garfield, J: American Statistical Association, 2009. Disponível em: <http://www.amstat.org/asa/files/pdfs/EDU-StatEdGraduatePrograms.pdf>. Acesso em: 12 jun. 2017.

BARBOSA, M. T. S. VELASQUE, L. S. SILVA, A. S. CUNHA, M. B. M. SIMÕES, B. F. DUTT-ROSS, S. MELLO F. R. R, O Planejamento colaborativo no ensino da estatística: instrumento para formar discentes e docentes, IASE, 2015 Satellite:Advances in Education statistics:developments, experiences and assessments, Rio de Janeiro, 2015.

CAMPOS, C.R.; JACOBINI, O.R.; WODEWOTZKI, M.L.; FERREIRA,D.H.L. Educação Estatística no Contexto da Educação Crítica, BOLEMA, V4.n.39. p.473-494, Rio Claro, 2011.

COLOSSI, N.; CONSENTINO, A.; QUEIROZ, E. G. Mudanças no contexto do ensino superior no Brasil: uma tendência ao ensino colaborativo. Revista da FAE, 4.1, 2001.

ENGEL, J. Statistical literacy for active citizenship: a call for data Science education Statistical Education Research Journal 16 (1), 44-49, 2017

GAL, I. Adults’ statistical literacy: meanings, components, responsibilities. International Statistical Review, v. 70, n. 1, p. 1-50, 2002.

JAIN , A. , DWIEDI , P.K. The Evidence for the Effectiveness of Active Learning Orient. J. Comp. Sci. & Technol., Vol. 7(3), 401-405 , 2014.

HOLLAS, J. ; BERNARDI, L.T.M.S. Educação Estatística Crítica: Um olhar sobre os processos educativos REnCiMa, v.9, n.2, p. 72-87, 2018.

LEITE, C..; RAMOS, K. Formação para a docência universitária: Uma reflexão sobre o desafio de humanizar a cultura científica. Revista Portuguesa de Educação, 25(1), 7- 27, 2012.

MORIN, E. Complexidade e transdisciplinaridade: reforma da universidade e do ensino fundamental. Natal: EDUFRN, 1999.

SANTOS, B. S. A Universidade no Século XXI-Para uma reforma democrática e emancipatória da Universidade, Cortez Editora, 2004.

SILVA, A. S. BARBOSA, M. T. S. VELASQUE, L. S. CUNHA, M. B. M. SIMÕES, B. F. DUTT-ROSS S. MELLO F. R. R, Método ativo de aprendizagem de Estatística: uma experiência nos cursos da UNIRIO, IASE Satellite: Advances in Education statistics: developments, experiences and assessments, Rio de Janeiro, 2015.

THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-ação,18. ed., São Paulo, Cortez Editora, 2011.

TUTTMAN, M. T. Compromisso social da Universidade: os olhares da extensão, Tese de doutorado, Universidade Federal Fluminense, Rio de Janiero, 2004.

TRIPP, Davi. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica, Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 443-466, set./dez. 2005.

VERGARA, S. C. Métodos de pesquisa em administração, Editora atlas, 2005.

VERTUAN, R.E.; SILVA, K.A. P. Pensamento Estatístico em uma atividade de Modelagem Matemática: Ressignificando o lançamento de aviões de papel, REnCiMa, v.9, n.2, p. 320-334, 2018.

Publicado
2019-12-10
Como Citar
BARBOSA, M. T. S.; ROSS, S. D.; SIMÕES, B. F.; VELASQUE, L. DE S.; SILVA, A. S. DA; ASSUNÇÃO, M. B. M.; TUTTMAN, M. Educação Estatística com formação cidadã em uma pesquisa quanti-ação no Ensino Superior. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n. 6, p. 114-125, 10 dez. 2019.
Seção
Artigos Gerais

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)