O Ensino de Ciências por investigação e os desafios da implementação na práxis dos professores

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v9i3.1427

Palavras-chave:

Educação em Ciências, Atividades Investigativas, Dificuldades

Resumo

Diversos pesquisadores e documentos oficiais que regem o ensino de Ciências têm recomendado a utilização de uma abordagem didática denominada de ensino de Ciências por investigação. Portanto, o objetivo da presente pesquisa é investigar os desafios enfrentados na práxis de professores, dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, em suas tentativas de implementação de atividades investigativas no ensino de Ciências. Para isso, foi realizada uma pesquisa colaborativa predominantemente qualitativa com 20 docentes atuantes nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A pesquisa foi feita a partir da análise de conteúdo de dados provenientes de um formulário de concepções prévias preenchido por professoras, registros de um curso de formação continuada e dados de um estudo de casos múltiplos envolvendo três das participantes. Foram evidenciados alguns desafios na implementação, como: repertório de ideias escasso; auxílio de outras pessoas e quantidade de alunos em sala de aula; insegurança; entre outros. Espera-se que os resultados desta pesquisa possam contribuir com o corpus de trabalhos já existentes, para a elaboração de políticas públicas educacionais, para o aperfeiçoamento da abordagem didática, para que se amplie a compreensão do fenômeno de implementação do ensino de Ciências por investigação e para sua valoração diante de professores e pesquisadores da área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABD-EL-KHALICK, F.; BOUJAOUDE, S.; DUSCHL, R.; LEDERMAN, N. G.; MAMLOK- NAAMAN, R.; HOFSTEIN, A.; NIAZ, M.; TREAGUST, D.; TUAN, H. L. Inquiry in Science Education: International Perspectives. Science Education, v. 88, n. 3, p. 397-419, 2004.

ALAKE-TUENTER, E.; BIEMANS, H. J. A.; TOBI, H.; WALS, A. E. J.; OOSTERHEERT, I.; MULDER, M. Inquiry-Based Science Education Competencies of Primary School Teachers: A literature study and critical review of the American National Science Education Standards. International Journal of Science Education, v. 34, n. 17, p. 2609- 2640, 2012.

AZEVEDO, M. N. Mediação discursiva em aulas de Ciências, motivos e sentidos no desenvolvimento profissional docente. 2013. 270f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, 2013.

AZEVEDO, M. N. Pesquisa-ação e atividades investigativas na aprendizagem da docência em Ciências. 2008. 224f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, 2008.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

BARROW, L. H. A Brief History of Inquiry: From Dewey to Standards. Journal of Science Teacher Education, v. 17, n. 3, p. 265–278, 2006.

BENETTI, B.; RAMOS, E. M. Atividades experimentais no Ensino de Ciências no nível Fundamental: perspectivas de professoras dos Anos Iniciais. In: Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 9, 2013, São Paulo. Anais do IX ENPEC. Águas de Lindóia, SP, 2013.

BIZZO, N. M. V. Ciências: fácil ou difícil? São Paulo: Editora Ática, 2007.

BORGES, A. T. Novos Rumos para o Laboratório Escolar de Ciências. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 19, n. 3, p. 291-313, 2002.

BRITO, L. O. Ensino de ciências por investigação: uma estratégia pedagógica para promoção da alfabetização científica nos primeiros anos do ensino fundamental. 2014. 159f. Dissertação (Mestrado em ensino de Ciências e matemática) - Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Alagoas, 2014.

BRITO, L. O.; FIREMAN, E. C. Ensino de ciências por investigação: uma estratégia pedagógica para promoção da alfabetização científica nos primeiros anos do ensino fundamental. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 1, p. 123-146, 2016.

CAMPOS, M. C. C.; NIGRO, R. G. Teoria e prática em Ciências na escola: o ensino- aprendizagem como investigação. São Paulo: FTD, 2010.

CARVALHO, A. M. P. (Org.). Ensino de Ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

CARVALHO, A. M. P. As práticas experimentais no ensino de Física. In: CARVALHO,

A.M.P. et al. Ensino de Física. São Paulo, Cengage Learning, 2010.

CARVALHO, A. M. P. O ensino de Ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, CARVALHO, A.M.P. (Org.). Ensino de Ciências por investigação – Condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

CHASSOT, A. I. Alfabetização científica: uma possibilidade para a inclusão social. Revista Brasileira de Educação, v. 23, n. 22, p. 89-100, 2003.

CHINN, C. A.; MALHOTRA, B. A. Epistemologically authentic inquiry in schools: A theoretical framework for evaluating inquiry tasks. Science Education, v. 86, n. 2, p. 175- 218, 2002.

COLETO, A. P. D. A atuação de professores nas séries iniciais do Ensino Fundamental como facilitadores das interações sociais nas atividades de conhecimento físico. 2007. 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

COLOMBO JUNIOR, P. D.; LOURENÇO, A. B.; SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Ensino de Física nos Anos Iniciais: Análise da argumentação na resolução de uma “atividade de conhecimento físico”. Investigações em Ensino de Ciências, v. 17, n. 2, p. 489-507, 2012.

CUEVAS, P.; LEE, O.; HART, J; DEAKTOR, R. Improving Science Inquiry with Elementary Students of Diverse Backgrounds. Journal of research in science teaching, v. 42, n. 3, p. 337-357, 2005.

DEBOER, G. E. Scientific literacy: Another look at its historical and contemporary meanings and its relationship to science education reform. Journal of research in science teaching, v. 37, n. 6, p. 582-601, 2000.

DI ROMA, A. F.; CAMARGO, E. P. Ensino de astronomia nos anos iniciais do ensino fundamental: um estudo sobre a aquisição de conceitos científicos para alunos com surdez. Crítica Educativa, v. 1, n. 2, p. 142-160, 2015.

GABINI, W. S.; DINIZ, R. E. S. Formação docente e o ensino de Ciências nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: O foco na escola. In: Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, 16, 2012, São Paulo, Anais do XVI ENDIPE, Campinas: UNICAMP, 2012.

GATTI, B. A. Formação continuada de professores: a questão psicossocial. Cadernos de Pesquisa, v. 1, n. 119, p. 191-204, 2003.

GODOY, A. V.; SEGRRA, C. I.; MAURO, M. F. Una experiencia de formación docente en el área de Ciencias Naturales basada en la indagación escolar. Revista Eureka Sobre Enseñanza y Divulgación de Las Ciencias, v. 11, n. 3, p. 381-397, 2014.

GÓMEZ-MARTÍNEZ, Y.; CARVALHO, A. M. P.; SASSERON, L. H. Catalizar la Alfabetización Científica. Una vía desde la articulación entre Enseñanza por Investigación y Argumentación Científica. Revista de Enseñanza de La Física, v. 27, n. 2, p. 19-27, 2015.

GOUW, A. M. S.; FRANZOLIN, F.; FEJES, M. E. Desafios enfrentados por professores na implementação de atividades investigativas nas aulas de Ciências. Ciência & Educação, v. 19, n. 2, p. 439-454, 2013.

HODSON, D. Hacia un enfoque más critico del trabajo de laboratorio. Ensenãnza de las Ciências, v. 12, n. 3, p. 299-313, 1994.

HOFSTEIN, A.; LUNETTA, V. N. The laboratory in science education: foundations for the twenty-first century. Science Education, v. 88, n. 1, p. 28–54, 2004.

HOFSTEIN, A.; LUNETTA, V. N. The Role of the Laboratory in Science Teaching: Neglected Aspects of Research. Review of Educational Research, v. 52, n. 2, p. 201- 217, 1982.

LEÓN, P. C. Investigación escolar y estrategias de enseñanza por investigación. Investigación en la escuela, n. 38, p. 15-36, 1999.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, Editora Pedagógica e Universitária, 1986.

MALHEIRO, J. M. S. FERNANDES, P. O recurso ao trabalho experimental e investigativo: percepções de professores de Ciências. Investigações em Ensino de Ciências, v. 20, n. 1, p. 79-96, 2015.

MARSHALL. C.; ROSSMAN, G. B.; Designing Qualitative Research. Thousand Oaks: Sage Publications, 2006.

MATOS, M. G. M.; VALADARES, J. O efeito da actividade experimental na aprendizagem da Ciência pelas crianças do primeiro ciclo do ensino básico. Investigações em ensino de Ciências, v. 6, n. 2, 2001.

MONTEIRO, M. A. A.; SANTOS, D. A.; TEIXEIRA, O. P. B. Caracterizando a autoria no discurso em sala de aula. Investigações em ensino de Ciências, v. 12, n. 2, p. 205-225, 2007.

MONTEIRO, M. A. A.; TEIXEIRA, O. P. B. O ensino de Física nas séries iniciais do Ensino Fundamental: Um estudo das influências das experiências docentes em sua prática em sala de aula. Investigações em Ensino de Ciências, v. 9, n. 1, p. 7-25, 2004.

MUNFORD, D.; LIMA, M. E. C. C. E. Ensinar Ciências por investigação: O que estamos de acordo? Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 9, n. 1, p. 72-89, 2007.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL (NRC). National science education standards. Washington, DC: National Academy, 1996. Disponível em: . Acesso em: 15/06/2018.

OLIVEIRA, C. M. A. Do discurso oral ao texto escrito nas aulas de Ciências. 2009. 233f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, 2009.

OVIGLI, D. F. B.; BERTUCCI, M. C. S. A formação para o ensino de Ciências Naturais nos currículos de Pedagogia das instituições públicas de ensino superior paulistas. Ciências & Cognição, v. 14, n. 2, p. 194-209, 2009.

PIMENTA, S. G.; GARRIDO, E.; MOURA, M. O. Pesquisa colaborativa na escola facilitando o desenvolvimento profissional de professores. In: Anais da 24ª Reunião Anual da ANPEd - Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação, 2001, Caxambu. Anais da 24ª Reunião Anual da ANPEd, 2001.

RAMOS, L. B. C.; ROSA, P. R. S. O ensino de Ciências: fatores intrínsecos e extrínsecos que limitam a realização de atividades experimentais pelo professor nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Investigações em Ensino de Ciências, v. 13, n. 3, p. 299-331, 2008.

RODRIGUES, M. R.; PINHEIRO, N. A. M. Conceitos Básicos de Física para as crianças: Uma proposta para as séries iniciais. Experiências em Ensino de Ciências, v. 7, n. 3, p. 14-35, 2012.

RODRÍGUEZ, J. J. G.; LEÓN, P. C. ¿Cómo enseñar? Hacia una definición de las estrategias de enseñanza por investigación. Investigación En La Escuela, n. 25, p. 5-16, 1995.

ROSA, C. W.; PEREZ, C. A. S.; DRUM, C. Ensino de Física nas séries iniciais: concepções da prática docente. Investigações em Ensino de Ciências, v. 12, n. 3, p. 357-368, 2007.

SASSERON, L. H. Alfabetização Científica, ensino por investigação e argumentação: relações entre Ciências da Natureza e Escola. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 17, n. especial, p. 49-67, 2015.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Almejando a Alfabetização Científica no Ensino Fundamental: A proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências, v. 13, n. 3, p. 333-352, 2008.

TRIVELATO, S. L. F.; TONIDANDEL, S. M. R. Ensino por investigação: eixos organizadores para sequências de ensino de Biologia. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 17, n. especial, p. 97-114, 2015.

VIECHENESKI, J. P.; LORENZETTI, L.; CARLETTO, M. R. Desafios e práticas para o ensino de Ciências e alfabetização científica nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Atos de Pesquisa em Educação, v. 7, n. 3, p. 853-876, 2012.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

ZANON, D. A. V.; FREITAS, D. A aula de Ciências nas séries iniciais do Ensino Fundamental: ações que favorecem a sua aprendizagem. Ciências & Cognição, v. 10, n. 1, p. 93-103, 2007.

ZOMPERO, A. F.; FIGUEIREDO, H. R. S. Aplicação de atividades investigativas na disciplina de Ciências: estudo de caso. Enseñanza de las Ciencias, v. extra, p. 3791- 3795, 2013.

ZÔMPERO, A. F.; PASSOS, A.Q.; CARVALHO. A docência e as atividades de experimentação no ensino de Ciências nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Experiências em Ensino de Ciências, v. 7, n. 1, p. 43-54, 2012.

ZÔMPERO, A.F.; FIGUEIREDO, H.R.S.; MELLO, K.C. Diferenciação e reconciliação de significados produzidos por alunos dos Anos Iniciais em atividades investigativas: uma abordagem ausubeliana. Experiências em ensino de Ciências, v. 8, n. 2, p. 116-125, 2013.

ZÔMPERO, A.F.; LABURÚ, C.E. Atividades investigativas no ensino de Ciências: Aspectos históricos e diferentes abordagens. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 13, n. 3, 2011.

Downloads

Publicado

2018-06-28

Como Citar

SANTANA, R. S.; FRANZOLIN, F. O Ensino de Ciências por investigação e os desafios da implementação na práxis dos professores. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 218–237, 2018. DOI: 10.26843/rencima.v9i3.1427. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1427. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos